Brasil Supermercados ajudam e vendas varejistas no Brasil têm alta inesperada em novembro

06:34  15 janeiro  2022
06:34  15 janeiro  2022 Fonte:   forbes.com.br

Bolsa fecha em alta após promoção de comida elevar vendas do varejo

  Bolsa fecha em alta após promoção de comida elevar vendas do varejo SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O índice de referência da Bolsa de Valores alcançou uma alta semanal de 4,10%, no primeiro avanço após quatro semanas consecutivas no vermelho. Esse também foi o melhor período desde o ganho de 4,70% na semana encerrada em 5 de março de 2021. Altas seguidas das commodities mais importantes para o mercado acionário doméstico, sobretudo o petróleo, foram decisivas para a recuperação. Na sessão desta sexta-feira (14), o Ibovespa subiu 1,33%, a 106.927 pontos e se descolou dos mercados globais. Para isso contou também com a avaliação positiva de investidores sobre a alta do varejo doméstico. O dólar recuou 0,28%, a R$ 5,5130.

As vendas de supermercados ajudaram o varejo no Brasil a registrar crescimento inesperado em novembro, mesmo com um impacto mais fraco da Black Friday em 2021.

O principal setor das vendas de varejo em novembro no Brasil foram os supermercados © Pilar Olivares/Reuters O principal setor das vendas de varejo em novembro no Brasil foram os supermercados

Em novembro, as vendas varejistas apresentaram ganhos de 0,6% na comparação com o mês anterior, mesmo em um cenário difícil para o comércio, com inflação elevada e desemprego ainda alto.

VEJA TAMBÉM: IPCA sobe 10,06% em 2021 e estoura meta com maior resultado dos últimos seis anos

O dado, divulgado hoje (14) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), surpreendeu a expectativa em pesquisa da Reuters de recuo de 0,2%.

Bolsa recua 0,52% em dia de poucos negócios com feriado nos EUA

  Bolsa recua 0,52% em dia de poucos negócios com feriado nos EUA SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os mercados de ações e de câmbio tiveram movimentações discretas nesta segunda-feira (17), dia em que o volume de negócios ficou reduzido devido ao não funcionamento das Bolsas nos Estados Unidos. O país celebra o feriado de Martin Luther King. Resultados negativos nos setores de mineração e siderurgia contribuíram para que o Ibovespa caísse 0,52%, a 106.373 pontos. Varejistas também devolveram parte dos ganhos da semana passada, colaborando para a queda do índice de referência da Bolsa. O dólar subiu 0,23%, a R$ 5,5260.

Na comparação com o mesmo mês de 2020, as vendas do varejo no Brasil tiveram recuo de 4,2% em novembro, contra expectativa de uma queda de 6,5%.

“O que vimos foi uma Black Friday muito menos intensa, em termos de volume de vendas, do que a de 2020, quando esse período de promoções foi melhor, sobretudo para as maiores cadeias do varejo”, explicou o gerente da pesquisa, Cristiano Santos.

Segundo ele, isso deve à inflação e a uma mudança no perfil de consumo, com algumas compras realizadas em outubro ou até mesmo antes, em meio a uma maior disponibilidade de crédito.

“Isso adiantou de certa forma a Black Friday para algumas cadeias”, disse Santos.

O IBGE ainda revisou o resultado de outubro para uma alta de 0,2% em relação ao mês anterior, depois de ter divulgado anteriormente queda de 0,1%.

Abricó-de-macaco e cambuci: novos conhecimentos sobre cultivo ajudam a preservar árvores da extinção

  Abricó-de-macaco e cambuci: novos conhecimentos sobre cultivo ajudam a preservar árvores da extinção Por Guilherme Gama em Jornal da USP -- Abricó-de-macaco e cambuci são espécies de árvores nativas que apresentam valor econômico e cultural, seja pela extração da madeira para fabricação de utensílios, pela confecção de doces ou pelo uso medicinal das plantas. Entretanto, por se tratarem de vegetais lenhosos, têm uma recuperação baixa e não acompanham o ritmo de consumo humano — o que as coloca em risco de extinção. Para entender sobre seus desenvolvimentos, pesquisadores da USP buscaram métodos de criação in vitro (em laboratório) para favorecer a proliferação de mudas.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Apesar do ganho no mês de novembro, das oito atividades pesquisadas em setembro, cinco tiveram queda. O aumento geral das vendas foi ajudado pelo crescimento de 0,9% em hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo.

Também avançaram artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (1,2%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (2,2%).

Por outro lado, o volume de vendas de móveis e eletrodomésticos recuou 2,3%. Tecidos, vestuário e calçados tiveram queda de 1,9%, enquanto combustíveis e lubrificantes e livros, jornais, revistas e papelaria tiveram perdas de 1,4% cada. As vendas de Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação caíram 0,1%.

O comércio varejista ampliado, que inclui veículos, motos, partes e peças e material de construção, teve crescimento de 0,5% em novembro sobre outubro.

Veículos, motos, partes e peças cresceram 0,7%, enquanto as vendas de material de construção aumentaram 0,8%, depois de resultados negativos do mês anterior.

PIB da China cresce 8,1% em 2021 .
Apesar da alta, economia chinesa perde impulso no 4º trimestreO país iniciou o ano de 2021 com crescimento recorde de 18,3% no 1º trimestre. Depois, a economia desacelerou e registrou altas de 7,9% no 2º trimestre e de 4,9% no 3º.

usr: 2
Isto é interessante!