Brasil: Mulher presa por esquema de aborto em hotéis de BH medicava gestantes com remédio de vaca - PressFrom - Brasil

Brasil Mulher presa por esquema de aborto em hotéis de BH medicava gestantes com remédio de vaca

15:16  07 outubro  2019
15:16  07 outubro  2019 Fonte:   em.com.br

Estado no México legaliza o aborto

  Estado no México legaliza o aborto Estado no México legaliza o abortoO estado de Oaxaca, no sul do México, se tornou nesta quarta-feira (26/09) a segunda jurisdição do país a aprovar a legalização do aborto, depois da Cidade do México, que descriminalizou a interrupção da gravidez em 2007.

Aborto .com Uma gravidez indesejada ocorre a mulheres de todas as idades, acontece a mulheres de todas as condições sociais. Actualmente, e na sequência da despenalização do aborto , é possível realizá-lo em Portugal de forma segura, a pedido da mulher .

Por tratar-se de um composto de ervas medicinais, não existem efeitos colaterais relatados. No entanto, gestantes , mulheres que estão amamentando, crianças e pessoas que possuam doenças crônicas precisam consultar o médico antes de tomar tesão de vaca . A formulação do produto não

  Mulher presa por esquema de aborto em hotéis de BH medicava gestantes com remédio de vaca © Ramon Lisboa/EM

Mais de 200 abortos realizados durante três anos, em mulheres grávidas de até sete meses, mediante pagamentos que variavam de R$ 3 mil a R$ 8 mil reais, de acordo com o estágio de gestação. Amplo conhecimento sobre medicamentos - alguns deles de uso veterinário e administração controlada com rigor até mesmo em animais. Uma rotina de trabalho disciplinada, que não ultrapassava o horário comercial, mantida dentro de 24 hotéis confortáveis da capital mineira.

O "currículo" é de Luciane Fernandes Ferreira, de 37 anos, acusada de comandar ume esquema de abortos clandestinos com extensa clientela no Brasil e no exterior. Estudante de jornalismo, ela se passava por enfermeira e foi presa em flagrante em 6 de setembro deste ano na Região Leste de BH, durante o atendimento de duas mulheres. Ambas estavam prestes a tomar remédios abortivos.

Damares defende estender licença maternidade para 1 ano

  Damares defende estender licença maternidade para 1 ano Damares defende estender licença maternidade para 1 anoDamares também afirmou que é a favor da extensão da licença paternidade. Pela legislação brasileira, a mãe atualmente tem direito a 120 dias de licença-maternidade no setor privado, podendo chegar a 180 dias se for funcionária do setor público. O pai tem direito a 5 dias de licença-paternidade.

Pode haver a prisão de quem realizou o aborto , como médicos e enfermeiros, também. Por realizar um aborto por conta própria ou permitir que um médico ou médica o faça, uma mulher pode pegar de Por provocar o aborto sem consentimento da gestante , a pessoa pode ser presa de três a dez anos.

Os remédios que também podem provocar o aborto ou mal formações fetais e por isso não podem ser usados durante a gravidez são Outros medicamentos que são potencialmente abortivos e que só podem ser usados sob indicação médica quando seus benefícios superam o risco de aborto são

Solta após 21 dias de prisão sob alegação de que precisava cuidar do filho de seis anos, ela responde processo em liberdade. Concluídas as investigações, a Polícia Civil de Minas Gerais deu detalhes sobre os crimes - incluindo um caso de aborto malsucedido realizado em uma moça de Formiga, Região Centro-Oeste de Minas, que resultou em hospitalização em estado grave da mãe e do bebê.  As informações são do programa 'Fantástico'.

Segundo revelou o delegado Emerson Moraes à TV Globo, a universitária ministrava nas grávidas uma medicação injetável, frequentemente utilizada no meio veterinário para dilatar as tetas de vacas para ordenha. A substância é usada com restrição até mesmo nos bovinos, considerando seus efeitos colaterais.

Enfermeiras escrevem carta para pais que perderam recém-nascido no 6º mês de gravidez

  Enfermeiras escrevem carta para pais que perderam recém-nascido no 6º mês de gravidez Enfermeiras escrevem carta para pais que perderam recém-nascido no 6º mês de gravidezA equipe escreveu uma carta como se o recém-nascido, que se chamaria Jander Gaell, estivesse se despedindo. "Papai e mamãe, durante 21 semanas e três dias, pude sentir o quanto vocês me amam e eu também já amava vocês. Sei que seriam pais excelentes. Fiquem em paz", começou.

Estudante usava quartos de hotéis e tinha uma tabela de preços de acordo com o tempo de gravidez das clientes. Os crimes foram praticados dentro de 24 hotéis em Belo Horizonte e na Região Metropolitana da capital. Foi num desses hotéis que Luciane foi presa em flagrante mês passado.

Nosso tesão de vaca é o mais potente do mercado. Confiamos tanto em nossa fórmula que podemos fazer essa garantia Entretanto, gestantes , nutrizes, crianças e pessoas enfermas ou que fazem uso contínuo de algum medicamento devem consultar um médico antes de iniciar o consumo.

Obstetras ouvidos pela reportagem ressaltam que os remédios, além de não serem adequados para uso humano, eram administrados em dosagens altíssimas, visando obtenção de rápido resultado.

Conforme publicado pelo Estado de Minas em 7 de setembro, a suspeita da polícia é de que os medicamentos eram obtidos com a ajuda de uma quadrilha ancorada no Paraguai.

Em áudios de WhatsApp obtidos pelos investigadores, Luciane explica por que preferia realizar os procedimentos em hotéis. "O meu atendimento é seguro para a paciente justamente por cauda disso também. Em hotel, tem o seu registro de entrada. Qualquer coisa que acontecer comigo ou com você, ou com qualquer pessoa, a família consegue encontrar", diz a gravação exibida pelo Fantástico.

Erro quase fatal

Uma das pacientes de Luciane, porém, não obteve a assistência segura prometida. Após o aborto, a mulher de 22 anos, grávida de oito meses, expeliu o bebê e percebeu que ele ainda estava vivo. Mãe e filha foram levados em estado grave ao atendimento de emergência de um hospital de Formiga. A criança permanece internada, sem previsão de alta, embora o quadro seja estável.

Ministro do Turismo terá que depor no Senado sobre esquema de laranjas do PSL

  Ministro do Turismo terá que depor no Senado sobre esquema de laranjas do PSL Ministro do Turismo terá que depor no Senado sobre esquema de laranjas do PSLQuem protocolou o requerimento (íntegra) solicitando a convocação na comissão foi o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Na última 6ª feira (4.out), Álvaro Antônio foi indiciado pela PF sob suspeita de envolvimento no esquema de laranjas do PSL.

Mulheres possuem a libido acentuada como os homens, porém como são mais sensíveis precisam de mais estímulo para manterem relações. Usar um estimulante oral pode ser uma maneira eficaz de perceber se o problema está apenas na vontade física ou se está preso em algum motivo emocional

Na média de 1 milhão de abortos por ano no País, ela é uma das 33 mulheres que em 2014 foram presas pelo crime, conforme levantamento do Segundo o Código de Ética da Medicina, diante de um abortamento, seja ele natural ou provocado, o médico é proibido de comunicar o fato à polícia ou

Segundo o delegado Emerson Moraes, a atividade ilegal proporcionava a Luciane  uma vida de luxo. "Ela estava ostentando um aparelho celular de última geração. As vestimentas encontradas no guarda-roupa são de marca. Tinha calça de R$ 2 mil reais, R$ 1,5 mil", afirmou o policial ao Fantástico.

Investigação

As apurações sobre o caso começaram em junho deste ano, quando a polícia recebeu denúncias de posts em redes sociais oferecendo o serviço. Depois de identificar a acusada, os investigadores receberam áudios de Whatsapp com as negociações.

“Ela estabelecia o preço dependendo do tempo de gestação. Tudo era feito em hotéis e motéis da capital que, segundo Luciane, seria mais seguro para ela e as gestantes”, contou o delegado Luciano Guimarães do Nascimento. “O caso chamou ainda muita atenção pela amplitude das pessoas que a procuravam: do Sul, do Norte e Nordeste do país e do exterior", completou.

Na sexta-feira em que foi presa, a enfermeira havia reservado dois quartos num hotel. Ela foi presa em flagrante, dentro de um deles. Nos quartos, foram encontradas cinco cartelas de comprimidos abortivos no valor de R$ 500 a R$ 800 cada drágea, remédios para dor, anestésicos, gazes e seringas, além de 11 vidros da medicação injetável de uso veterinário.

‘Briga de marido e mulher’, diz Bolsonaro sobre embates no PSL

  ‘Briga de marido e mulher’, diz Bolsonaro sobre embates no PSL ‘Briga de marido e mulher’, diz Bolsonaro sobre embates no PSL“Por enquanto, tudo bem”, respondeu o presidente ao ser questionado se continuaria ou não na legenda. “Briga de marido e mulher. De vez em quando acontece. Está tudo bem”, disse.

Saiba mais sobre Sintomas de Aborto e descubra se você está abortando ou se seu bebê ainda está bem. Se a gestante notar a presença de líquido ou secreção, mesmo sem sangue ou dor, deve imediatamente procurar um médico .

É um método não cirúrgico de aborto , recomendado pela Organização Mundial da Saúde, por ser eficaz e com risco baixo. O método consiste na administração do remédio Cytotec / Misoprostol que provoca contrações uterinas, expulsão do embrião ou feto e consequente fim da gestação.

As duas gestantes encontradas no momento do flagrante tinham, na época, entre 2 e 3 meses de gravidez. A primeira estava  com R$ 4 mil para o pagamento do serviço. A segunda, com R$ 5,5 mil. Em depoimento, elas informaram que tomariam os remédios para expelir o feto em casa. As mulheres foram levadas ao Hospital Odilon Behrens e, em seguida, ouvidas e liberadas, pois o Código Penal não pune o ato preparatório. Na casa de Luciane, em Justinópolis, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a polícia achou mais 30 vidros do remédio injetável, R$ 12 mil em espécie, além de comprimidos.

Mais de 25 mulheres foram identificadas, qualificadas e intimadas a depor. De acordo com o delegado Emerson Morais, os investigadores tiveram acesso à documentação de que estavam grávidas, como exames de ultrassom e de sangue. Se provado que essas clientes concluíram o procedimento, elas estão sujeitas a pena de 1 a 4 anos de prisão.

Já Luciane, está sujeita a pena bem maior. Ela foi presa por cometimento de aborto com consentimento da gestante, cuja punição prevista é 1 a 4 anos de detenção, e também por depósito de medicação de uso proibido, considerado crime hediondo e com pena prevista de 10 a 15 anos de prisão.

______________________

Mulher dá à luz no meio da rua após ambulância demorar 3 horas no Rio .
Mulher dá à luz no meio da rua após ambulância demorar 3 horas no RioFuncionários do programa, que auxiliam grávidas do pré-natal ao parto, afirmam que estão sem receber. Um deles contou ao G1 que dois dos 12 veículos utilizados ficaram parados por falta de combustível na última semana.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 26
Isto é interessante!