Brasil: Baleada, filha de bicheiro havia relatado perseguição - PressFrom - Brasil

Brasil Baleada, filha de bicheiro havia relatado perseguição

15:15  09 outubro  2019
15:15  09 outubro  2019 Fonte:   estadao.com.br

Renan Calheiros celebra inquérito arquivado e ataca Janot: ‘Psicopata confesso’

  Renan Calheiros celebra inquérito arquivado e ataca Janot: ‘Psicopata confesso’ Renan Calheiros celebra inquérito arquivado e ataca Janot: ‘Psicopata confesso’“Foram arquivadas 2/3 das falsas acusações contra mim. Não encontraram nenhuma prova em 12 anos de investigação. O ex-PGR – psicopata confesso – realizou uma perseguição inédita no mundo”, escreveu Calheiros.

Em áudio revelado hoje, Shanna Garcia Lopes, filha do contraventor Maninho, contou a um grupo de mães que homens encapuzados e armados emparelharam com seu carro.

Filha de bicheiro é baleada em frente a shopping na zona oeste do Rio. Filha do contraventor Waldomiro Paes Garcia, o Maninho, assassinado em 2004, e envolvida em um amaranhado de disputas que envolvem jogo Os atiradores estavam em um carro branco que havia seguido Shanna.

  Baleada, filha de bicheiro havia relatado perseguição © Foto: Reprodução/Facebook

Alvo de atiradores nesta terça-feira, 8, no Rio, Shanna Harrouche Garcia Lopes pode ter sido seguida ainda em setembro. No dia 25 daquele mês, ao sair de uma escola, ela percebeu que era observada por homens - ao menos um deles encapuzado - dentro de um carro branco. Shanna fez o alerta em um grupo de mães de alunos, mas não chegou a registrar o caso na polícia.

“Meninas, eu estava saindo da escola agora, e vi que alguém buzinou e saiu também. Vi que eles aceleraram para me passar, e o cara que estava no banco da frente, eles estavam de vidro aberto, estava totalmente encapuzado e armado. Pisei no freio e fechei o vidro rápido. Aí eles aceleraram e passaram. É um carro branco”, afirmou Shanna na mensagem de áudio, divulgada pela TV Globo nesta terça-feira.

Polícia apura se bala desviou antes de atingir Ágatha; PMs não participam de reconstituição

  Polícia apura se bala desviou antes de atingir Ágatha; PMs não participam de reconstituição Polícia apura se bala desviou antes de atingir Ágatha; PMs não participam de reconstituiçãoEssa possibilidade será analisada durante a reconstituição do crime, que será realizada na noite desta terça-feira, 1, no local em que a menina foi morta, uma esquina da rua Antonio Austregésilo. A reconstituição começou às 18h40, sob condições de luminosidade semelhantes ao do momento do crime.

Filho do bicheiro e ex-patrono da Acadêmicos do Salgueiro Waldomiro Paes Garcia, o Maninho, ele teria sido executado na Barra da Tijuca, na Zona Ele e Waldomiro Paes Garcia, o Maninho, haviam acabado de deixar a academia de ginástica Body Planet, na Freguesia, em Jacarepaguá, na Zona

Filha do bicheiro Maninho, Shanna Harrouche Garcia, de 34 anos, contou para amigas que um carro com um homem armado e encapuzado emparelhou A polícia analisa também um vídeo que mostra o momento em que a filha do bicheiro Maninho é baleada nesta terça-feira (8) em um estacionamento

Filha do contraventor Waldomiro Paes Garcia, o Maninho, assassinado em 2004, e envolvida em um amaranhado de disputas que envolvem jogo do bicho e máquinas caça-níqueis, Shanna foi baleada quando saía de seu carro, no estacionamento de um shopping no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste carioca, às 10h20 desta terça. Os atiradores estavam em um carro branco que havia seguido Shanna. A ação durou apenas dois minutos, e eles conseguiram fugir.

Atingida no antebraço e no tórax, ela foi socorrida ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, também na zona oeste, onde recebeu o primeiro atendimento. Depois foi transferida para o Hospital da Unimed, na Barra. Depois que foi submetida a cirurgia, a vítima tinha um quadro de saúde estável na noite desta terça.

____________________

Filha de bicheiro diz que disputa por R$ 25 milhões motivou ataque .
Filha de bicheiro diz que disputa por R$ 25 milhões motivou ataqueEm recente entrevista ao jornal 'Extra', a filha do contraventor disse que uma disputa por R$ 25 milhões pelo espólio de seu pai motivou o ataque. Maninho foi assassinado em 2004, em um crime sem solução até hoje. Em 2017, Mirinho, irmão de Shanna, também morreu.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 242
Isto é interessante!