Brasil: Vítimas de queda de avião no Bairro Caiçara estão em estado grave - - PressFrom - Brasil

Brasil Vítimas de queda de avião no Bairro Caiçara estão em estado grave

22:07  21 outubro  2019
22:07  21 outubro  2019 Fonte:   em.com.br

Avião cai no Bairro Caiçara, em Belo Horizonte

  Avião cai no Bairro Caiçara, em Belo Horizonte Avião cai no Bairro Caiçara, em Belo HorizonteSegundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu sobre carros no cruzamento das ruas Minerva e Belmiro Braga. O avião e os veículos pegaram fogo.

Às vezes, isso pode acontecer se você tiver problemas de conexão com a Internet ou estiver executando software/plug-ins que afetem o tráfego da Internet.

Aeronave cai no Caiçara e mata três em Belo Horizonte. As três pessoas que ficaram feridas na queda do avião de pequeno porte PT--ETJ na manhã desta segunda-feira (21), na Rua Minerva, no bairro Caiçara , foram levadas para o Hospital João XXIII

Movimentação no Hospital XXIII, em BH © Leandro Couri/EM Movimentação no Hospital XXIII, em BH

Os três sobreviventes da queda de um avião na manhã desta segunda-feira, no Bairro Caiçara, Região Noroeste de Belo Horizonte, estão internados em estado grave no Hospital João XXIII.

De acordo com a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), o piloto da aeronave, Allan Duarte de Jesus Silva, de 29 anos, teve 90% do corpo queimado e o estado de saúde dele é gravíssimo. A outra vítima foi identificada como Thiago Funghi Alberto Torres, de 30 anos. Ele e outro homem, até o momento identificado apenas como Israel, também sofreram queimaduras de 2º e 3º graus.

Ainda segundo a unidade de saúde, dois deles já foram para o Bloco Cirúrgico e um permanece na sala de Politraumatizados.

Três pessoas morreram no acidente: um passageiro do avião, um ocupante de um carro atingido pelo monomotor e a terceira vítima possivelmente um pedestre.

_____________________

Fundo chama tragédia da Chape de 'incidente' e faz exigências para que famílias recebam indenização, diz jornal .
Fundo chama tragédia da Chape de 'incidente' e faz exigências para que famílias recebam indenização, diz jornalSomente 23 famílias aceitaram o acordo até agora. As outras continuam processando a própria Tokio Marine Kiln, além da Bisa, outra resseguradora, e a Aon, corretora da apólice.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 38
Isto é interessante!