Brasil Centrais sindicais falam em ‘maldades’ e organizam protestos

09:50  13 novembro  2019
09:50  13 novembro  2019 Fonte:   estadao.com.br

Civis iraquianos mudam as regras e barram a Polícia

  Civis iraquianos mudam as regras e barram a Polícia "Lamento, não posso deixá-los passar sem ordens", diz um civil iraquiano, que vigia um posto de controle improvisado a um policial, incrédulo, que lhe faz sinais em Bagdá. Depois de um mês desafiando os toques de recolher oficiais e o fechamento de rodovias para protestar, os iraquianos mudaram as regras. Uma tarde, dias atrás, policiais ergueram obstáculos de cimento nas ruas, isolando o acesso à praça Tahrir, centro nevrálgico dos protestos na capital.Os manifestantes, um deles em um triciclo motorizado conhecido como 'tuk tuk', entraram em ação, perseguindo a polícia.O 'tuk tuk' de cor vermelha parou em frente ao caminhão e bloqueou sua saída.

O governo chegou a cogitar incluir trabalhadores com mais de 50 anos no programa © Tiago Queiroz/Estadão O governo chegou a cogitar incluir trabalhadores com mais de 50 anos no programa

Oito centrais sindicais, entre elas CUT, Força Sindical e UGT, realizam na manhã de hoje protesto em frente ao Teatro Municipal, na região central de São Paulo, contra o desemprego, o pacote econômico do governo lançado na semana passada e o programa Verde Amarelo, que tem como lema incentivar a contratação de jovens – mas que inclui medidas que estão sendo vistas como uma nova reforma trabalhista. Entre outros pontos, o programa propõe taxar trabalhadores que estão no seguro-desemprego.

“O programa deve gerar empregos, sim, mas empregos que não vão sustentar o crescimento do País, além de retirarem vários direitos dos trabalhadores”, disse João Carlos Gonçalves, o Juruna, secretário-geral da Força Sindical. Para ele, o País precisa de políticas claras para as indústrias e para a infraestrutura para atrair investimentos.

Milhares de separatistas repudiam visita do rei da Espanha a Barcelona

  Milhares de separatistas repudiam visita do rei da Espanha a Barcelona Milhares de manifestantes separatistas catalães repudiaram nesta segunda-feira (4) a presença em Barcelona do rei Felipe VI, que apelou a uma Catalunha sem "violência" ou "intolerância", depois de recentes manifestações contrárias à condenação de líderes do movimento. Revoltados após a condenação de nove líderes catalães à prisão pela tentativa de secessão de 2017, milhares de pessoas protestaram em frente ao Palácio de Congressos da Catalunha, onde o monarca e sua filha, a princesa Leonor, participaram da entrega dos prêmios Princesa Girona a jovens talentos.

Ele cita como “contradição” do governo Bolsonaro propor a abertura dos bancos aos sábados, já que a própria reforma trabalhista estabeleceu a validade do negociado sobre o legislado. “Os bancários acabaram de fazer acordo coletivo com os bancos estabelecendo jornada de 36 horas semanais e agora querem que as agências funcionem aos sábados.”

O ato de hoje, previsto para começar às 9h, vai reunir também as centrais CTB, Nova Central, CSB, Conlutas e Intersindical. “É o primeiro de uma série de protestos que vamos fazer em várias capitais”, afirmou Juruna. “É um ato unitário contra o pacote de maldades que prejudica a classe trabalhadora e os mais pobres.”

O pacote levado ao Senado na semana passada, composto por três PECs e que muda a gestão do gasto público no País, também é alvo do protesto. Na visão das centrais, as medidas podem levar a um “arrocho” nos investimentos em Saúde e Educação e “agravar a precarização dos serviços públicos”.

________________________________

Protestos no Irã deixam mais de 10 mortos .
População se revoltou com alta no preço da gasolinaO balanço foi passado à rede britânica BBC por "fontes oficiais" de Teerã. Grupos de ativistas, no entanto, falam em até 40 vítimas nos protestos. A mobilização começou na última sexta-feira (15), após o governo ter anunciado o fim dos subsídios ao preço da gasolina e um racionamento de combustível.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 6
Isto é interessante!