Brasil: Polícia investiga morte de dentista em Guarulhos - PressFrom - Brasil

BrasilPolícia investiga morte de dentista em Guarulhos

23:10  15 março  2019
23:10  15 março  2019 Fonte:   estadao.com.br

Dois pichadores são condenados pela morte de dentista em 2016

Dois pichadores são condenados pela morte de dentista em 2016 Dois pichadores são condenados pela morte de dentista em 2016

Filho encontrou o corpo no apartamento da vítima; caso foi registrado como morte suspeita.

Polícia investiga morte de dentista em Guarulhos . Manifestantes pedem prisão de mandantes da morte de Marielle.

SÃO PAULO - A Polícia Civil investiga as condições da morte de uma dentista em Guarulhos, na Grande São Paulo. O corpo de Elaine Aparecida Gomes, de 52 anos, foi encontrado na tarde de quarta-feira, 13, dentro de seu apartamento, na rua Antônio Gomes, na região central da cidade.

Polícia investiga morte de dentista em Guarulhos © Reprodução Google Street View Corpo da dentista foi encontrado em seu apartamento em Guarulhos

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o filho da vítima contou que teria vindo do litoral para visitá-la e quando chegou ao local encontrou a mãe morta.

O caso foi registrado no 1ºDP de Guarulhos como morte suspeita. Se acordo com a polícia, o Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa de Guarulhos foi acionado e assumiu as investigações

Polícia alemã investiga ataques racistas a jogadores da seleção em jogo

Polícia alemã investiga ataques racistas a jogadores da seleção em jogo Três homens foram detidos

A Polícia Civil investiga as condições da morte de uma dentista em Guarulhos , na Grande São Paulo. O corpo de Elaine Aparecida Gomes, de O caso foi registrado no 1ºDP de Guarulhos como morte suspeita. Se acordo com a polícia , o Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa de Guarulhos

Dentista é encontrada morta dentro de apartamento em Guarulhos . A Polícia Militar não informou o que teria ocasionado a morte da vítima. O caso está sendo investigado pelo Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa de Guarulhos e foi registrado como " morte suspeita".

Feminicídio

Reportagem do Estado mostrou que, em média, uma mulher é vítima de feminicídio no Estado de São Paulo a cada 60 horas. Em 2018, 148 assassinatos foram registrados já no boletim de ocorrência como derivados de violência doméstica ou por “menosprezo ou discriminação à condição de mulher”.

O número de mortes é 12,9% maior do que o registrado no ano anterior (131) e mais do que o dobro do que o observado em 2016 (70), embora a quantidade de homicídios dolosos tenha diminuído no Estado. Os dados foram levantados pelo Estadão Dados com base em boletins de ocorrência (BO) da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Polícia procura por explosivos dentro de escola em Suzano.
Polícia procura por explosivos dentro de escola em Suzano

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 57
Isto é interessante!