Brasil Bolsonaro sanciona orçamento de 2020 sem vetos; fundo eleitoral fica em 2 bi

13:41  18 janeiro  2020
13:41  18 janeiro  2020 Fonte:   poder360.com.br

Bolsonaro sanciona lei que institui carteira nacional do autista

  Bolsonaro sanciona lei que institui carteira nacional do autista Bolsonaro sanciona lei que institui carteira nacional do autistaO Projeto de Lei 2.573/2019, que criou a carteira, foi aprovado pelo Congresso Nacional em 11 de dezembro do ano passado. A proposta foi apresentada pela deputada federal Rejane Dias (PT-PI) e alterou dispositivos da lei que instituiu a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista.

Presidente sancionou a proposta orçamentária sem nenhum veto , segundo informou ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência. BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro sancionou integralmente, nesta sexta-feira, 17, o Orçamento de 2020 , que inclui o Fundo Eleitoral .

Congresso aprova fundo eleitoral de R$ 2 bilhões para 2020 . O presidente começou a alegar que corria risco de sofrer um processo de impeachment para preparar o terreno da sanção do fundo eleitoral , algo repudiado fortemente na redes sociais por internautas identificados com o bolsonarismo.

Decreto com o a projeção de gastos e arrecadação da União deve ser publicado pelo presidente Bolsonaro na 2ª feira (20.jan.2020) © Sérgio Lima/Poder360 Decreto com o a projeção de gastos e arrecadação da União deve ser publicado pelo presidente Bolsonaro na 2ª feira (20.jan.2020)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aprovará o orçamento de 2020 sem nenhum –o que inclui o valor de R$ 2 bilhões para o fundo eleitoral. A informação foi divulgada pelo ministro Jorge Oliveira (Secretaria-Geral) via Twitter nessa 6ª feira (17.jan.2020).

De acordo com o portal G1, o decreto será publicado na 2ª (20.jan) no Diário Oficial da União.

  Bolsonaro sanciona orçamento de 2020 sem vetos; fundo eleitoral fica em 2 bi © Reprodução/Twitter @jorgeofco

Fundo eleitoral

Bolsonaro afirmou que iria vetar o financiamento de R$2 bilhões de campanhas eleitorais, mas recuou para evitar “1 processo de impeachment”. O presidente da Câmara dos Deputado, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou a possibilidade de o presidente vetar o texto e afirmou que Bolsonaro manifestava-se desta forma acenando para base eleitoral, mas desgastando o Congresso.

PSL mais ganhou do que perdeu filiados desde saída de Bolsonaro, diz partido

  PSL mais ganhou do que perdeu filiados desde saída de Bolsonaro, diz partido PSL mais ganhou do que perdeu filiados desde saída de Bolsonaro, diz partidoAs solicitações de desfiliação representam 0,21% do total de filiados (353.795), de acordo com a sigla. “No maior colégio eleitoral do Brasil, São Paulo, por exemplo, foram somente 50 desfiliados”, diz a nota. O texto afirma que as informações do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) estão defasadas.

O presidente Jair Bolsonaro sancionou sem vetos o Orçamento de 2020 . "O presidente Jair Bolsonaro sancionou integralmente a LOA- 2020 , que estima a receita e fixa as despesas da Entre outros pontos, o Orçamento prevê R$ 2 bilhões para o fundo eleitoral em 2020 ; o salário mínimo

Presidente sancionou a proposta orçamentária sem nenhum veto , segundo informou ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência. BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro sancionou integralmente, nesta sexta-feira, 17, o Orçamento de 2020 , que inclui o Fundo Eleitoral .

Como funciona o orçamento

Todos os gastos da União devem estar previstos na lei orçamentária, que detalha o montante cabível a cada ministério para o ano. O texto apresenta ainda uma projeção de arrecadação do governo federal. Veja alguns destaques do orçamento para 2020:

  • Ministério da Saúde: R$ 135 bilhões;
  • Ministério da Educação: quase R$ 103 bilhões;
  • Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações: R$ 11,794 bilhões;
  • Ministério da Justiça e Segurança Pública: R$ 13,9 bilhões;
  • Ministério da Defesa: R$ 73 bilhões;
  • Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos: R$ 637 milhões;
  • Ministério do Turismo: R$ 1 bilhão;
  • Bolsa Família: quase R$ 30 bilhões;
  • Previdência: previsão inicial de R$ 677 bilhões, sem considerar o aumento do salário mínimo anunciado tal dia (data), de R$ tanto para R$ tanto.

____________________

Aliança vai trabalhar para acabar com fundão, diz advogada de Bolsonaro .
Aliança vai trabalhar para acabar com fundão, diz advogada de Bolsonaro

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 3
Isto é interessante!