Brasil Depois de fuga de presos, fronteira com Paraguai tem policiamento reforçado

17:51  20 janeiro  2020
17:51  20 janeiro  2020 Fonte:   poder360.com.br

Depois da fuga de Ghosn, Yamaha pede que não entrem em cases de instrumentos

  Depois da fuga de Ghosn, Yamaha pede que não entrem em cases de instrumentos Depois da fuga de Ghosn, Yamaha pede que não entrem em cases de instrumentos musicais e alertou os riscos para quem estiver disposto a tentar.A inciativa da empresa em se pronunciar veio depois que usuários do Twitter postaram fotos dentro de caixas para transporte de instrumentos em resposta ao jogo de videogame que irá parodiar a fuga do ex-executivo da Nissan-Renault Carlos Ghosn.“Não vamos mencionar as razões, mas existem uma série de tweets sobre entrarem em cases grandes de instrumentos musicais.

A medida foi tomada após a fuga de 75 prisioneiros da Penitenciária de Pedro Juan Caballero, que fica na fronteira com o país vizinho. A pasta esclareceu que a fronteira com o Paraguai não está fechada na região de Mato Grosso do Sul e que brasileiros e paraguaios continuam podendo ir e vir.

© Telefuturo Paraguay /Reprodução Detentos teriam cavado um túnel para escapar. O governo do Mato Grosso do Sul (MS) reforçou neste domingo a segurança na fronteira com o Paraguai e também nas divisas com outros estados após a fuga de 75 presos ligados ao Primeiro Comando da Capital

Buraco encontrado em cela na Penitenciária de Pedro Juan Caballero, no Paraguai © Reprodução/Jornal Hoy Paraguay Buraco encontrado em cela na Penitenciária de Pedro Juan Caballero, no Paraguai

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou que reforçou o policiamento na fronteira com o Paraguai com o uso de helicópteros e barreiras. A medida foi tomada após a fuga de 75 prisioneiros da Penitenciária de Pedro Juan Caballero, que fica na fronteira com o país vizinho. No grupo, há 40 brasileiros e 35 paraguaios. A maioria dos fugitivos é integrante do grupo criminoso PCC (Primeiro Comando da Capital).

A pasta esclareceu que a fronteira com o Paraguai não está fechada na região de Mato Grosso do Sul e que brasileiros e paraguaios continuam podendo ir e vir.

Sem construir muro, Trump usa acordos para afastar imigrantes dos EUA

  Sem construir muro, Trump usa acordos para afastar imigrantes dos EUA Sem construir muro, Trump usa acordos para afastar imigrantes dos EUANos últimos meses de 2019, o governo Trump começou a implementar acordos com países da América Central para ajudar a manter refugiados longe dos Estados Unidos, conforme destacou o site Axios. Por exemplo, alguns hondurenhos estão sendo enviados para a Guatemala –país com maior número de imigrantes que chegaram à fronteira norte-americana no ano passado.

Após fuga do PCC, fronteira com Paraguai tem policiamento reforçado . Newsletter gratuita As notícias mais importantes da manhã no seu e-mail, de segunda a sexta-feira.

Presos fugiram de penitenciária neste domingo (19). PM de São Paulo reforça policiamento no estado após fuga de presos no Paraguai . A polícia ressaltou que o efetivo deverá ser reforçado ainda mais nas próximas horas.

O governo do Paraguai, por meio do Ministério do Interior, anunciou o alerta máximo na Polícia Nacional e o destacamento dos melhores investigadores da instituição em Pedro Juan Caballero e nos arredores.

As autoridades acreditam que os presos usaram 1 túnel para fugir da prisão. Um foi recapturado quando tentava escapar pelo túnel. O ministro do Interior, Euclides Acevedo, não descartou a ajuda de agentes penitenciários na fuga. “Aqui há cumplicidade com as pessoas lá dentro e esse é 1 fenômeno que abrange todas as penitenciárias”, afirmou.

Segundo o ministro, é possível que alguns dos presos já tenham escapado para o Brasil. De acordo com ele, a maioria dos fugitivos é altamente perigosa.

Em publicação no Twitter na tarde de hoje, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, destacou o trabalho do governo brasileiro em parceria com as força de segurança paraguaias para impedir a entrada dos criminosos no Brasil.

Brasil fecha fronteira com Paraguai depois da fuga de integrantes do PCC

  Brasil fecha fronteira com Paraguai depois da fuga de integrantes do PCC 75 foragidos, dos quais 40 brasileiros. Bloqueio no Mato Grosso do SulA maioria dos foragidos pertence à facção criminosa PCC e 40 são brasileiros. “Vamos fechar não só a fronteira, mas também as divisas com os Estados de São Paulo, Paraná e Goiás, pois já temos a informação de que muitos dos fugitivos são brasileiros de fora do nosso Estado”, afirmou o secretário da Justiça e Segurança Pública do MS, Antonio Carlos Videira.

Governo paraguaio suspeita de corrupção de agentes para facilitar a fuga . Na madrugada de hoje, 75 homens presos em Pedro Juan Caballero, no Paraguai , acusados de integrar ou colaborar com o PCC (Primeiro Comando da Capital), fugiram através de um túnel cavado.

Após fuga de presos no Paraguai , divisas de SP com MS têm aumento no policiamento . O condutor e o passageiro que o acompanhava tiveram ferimentos leves e, depois de socorridos pelo Corpo de Bombeiros, foram levados à Santa Casa de Misericórdia de Presidente Venceslau para

“Estamos trabalhando junto com as forças estaduais para impedir a reentrada no Brasil dos criminosos que fugiram de prisão do Paraguai. Se voltarem ao Brasil, ganham passagem só de ida para presídio federal”, escreveu Moro.

  Depois de fuga de presos, fronteira com Paraguai tem policiamento reforçado © Fornecido por Poder360

Em outra postagem, o ministro disse ainda que está à disposição das autoridades paraguaias para ajudar na recaptura dos presos. “Estamos à disposição também para ajudar o Paraguai na recaptura desses criminosos. O Paraguai tem sido 1 grande parceiro na luta contra o crime”, ressaltou.

*Com informações da Agência Brasil

____________________

Justiça suspende fiança de R$ 80 mil a suposto líder do PCC na fronteira com Paraguai .
Edson Barbosa Salinas, de 32 anos, foi preso por porte ilegal de arma após uma briga de trânsito; ele é apontado como sucessor de 'Minotauro'SOROCABA – A justiça suspendeu o alvará de soltura de Edson Barbosa Salinas, de 32 anos, apontado como sucessor do traficante Sérgio de Arruda Quintiliano Neto, o ‘Minotauro’, na liderança da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) na fronteira do Brasil com oParaguai.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 1
Isto é interessante!