Brasil Justiça suspende por mais 60 dias ação da Caixa que cobra R$ 536 milhões do Corinthians

23:50  20 fevereiro  2020
23:50  20 fevereiro  2020 Fonte:   estadao.com.br

Banco não faz depósito e Justiça volta a determinar 'desbloqueio' milionário para pagar salário atrasado do Vasco

  Banco não faz depósito e Justiça volta a determinar 'desbloqueio' milionário para pagar salário atrasado do Vasco Caixa oficia no processo que corre no TRT-1 e não cumpre decisão judicial. Nova decisão dá 24 horas para que valor seja liberado para quitação de salários dos funcionários do clubeO processo corre em segredo de justiça desde a última quarta-feira, após pedido das partes. O LANCE! teve acesso aos autos. Na segunda-feira, a Caixa oficiou em juízo com argumentações para não atender a determinação judicial. O banco afirmou que os R$ 5 milhões retidos estão diretamente vinculados a obrigações de impostos, como o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), o qual o Cruz-Maltino não vem efetuando o pagamento.

Caixa Econômica Federal e Arena Itaquera S/A, ligada a Corinthians e Odebrecht, pediram à Justiça Federal de São Paulo a suspensão da ação de execução movida pelo banco por No final de outubro a Justiça já havia atendido ao desejo dos envolvidos de suspender os efeitos da ação por 30 dias .

Na ação de execução, a instituição financeira cobra da Arena Itaquera S/A, ligada ao clube e ao grupo Odebrecht, cerca de R $ 536 milhões . Primeiro, no final de outubro, por 30 dias . No mês passado novo pedido foi feito para prorrogar a suspensão da execução por mais 60 dias .

Corinthians negocia dívida da Arena com a Caixa © Alex Silva|Estadão Corinthians negocia dívida da Arena com a Caixa

Por um pedido conjunto daCaixa Econômica Federal (CEF) e do Corinthians, a Justiça suspendeu por mais 60 dias a ação do banco estatal que cobra R$ 536 milhões decorrente do financiamento da obra de construção da Arena Corinthians. As partes discutem desde o ano passado um acordo amigável.

"Defiro a suspensão dos autos pelo prazo complementar de 60 dias em razão das tratativas com vistas à composição amigável entre as partes”, afirmou o juiz federal Victorio Giuzio Neto, da 24ª Vara Cível Federal de São Paulo, na decisão.

Essa foi a terceira vez que a Justiça atendeu ao pedido das partes para suspender o andamento do processo. Em outubro do ano passado, houve o cancelamento da audiência de conciliação e o processo ficou suspenso por 30 dias. Em dezembro, após um novo pedido, a Justiça acatou a mais um pedido para suspensão do processo por outros dois meses. 

Corinthians fica próximo de acordo, e Paulo André deve receber R$ 600 mil do clube

  Corinthians fica próximo de acordo, e Paulo André deve receber R$ 600 mil do clube Corinthians fica próximo de acordo, e Paulo André deve receber R$ 600 mil do clubeSegundo o jornalista, o zagueiro cobrava até R$ 2,5 milhões, entre salários, direitos de imagem, folgas acumuladas, adicional noturno e verbas rescisórias.

A Caixa Econômica Federal cobra uma multa de R $ 48,7 milhões do Corinthians pelo atraso nos pagamentos das parcelas referentes à dívida da Arena. De acordo com documentos apresentados pela Caixa à Justiça no processo de execução da dívida pelo financiamento do estádio

De acordo com planilha apresentada pela Caixa na ação em que executa dívida da Arena Itaquera S/A, a empresa, vinculada a Corinthians e Agente cobra R $ 183,6 mil do Corinthians por rescisão do lateral Moisés. Caixa e Arena Itaquera pedem suspensão de processo por mais 60 dias .

A Caixa cobra R$ 536 milhões por causa do atraso de seis meses no pagamento das parcelas da arena. Em 23 de setembro, o banco anexou ao processo o pedido de bloqueio das contas da Arena Itaquera até que o valor total seja quitado. A empresa foi criada para obter o financiamento por meio do BNDES.

Os advogados do clube e da empresa conversam para encontrar uma solução para o pagamento da dívida. O Corinthians pretende pagar entre novembro e fevereiro o valor de R$ 2,5 milhões por serem meses com menor número de jogos na temporada. No restante do ano, quer desembolsar algo em torno de R$ 6 milhões. O acordo continuaria com validade até o término de 2028.

_____________________________

FIFA rejeita cobrança de quase R$ 12 milhões do Huachipato contra o Atlético .
Clube chileno pode recorrer da decisão, integralmente favorável aos mineirosDecisão da FIFA formalizada nesta quarta-feira rejeitou integralmente ação do Huachipato-CHI contra o Atlético. O clube chileno cobra 2,5 milhões de euros (quase R$ 11,8 milhões na cotação atual) pela transferência do meia Rómulo Otero ao Al Wehda, da Arábia Saudita, em 2018.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!