Ciência e TecnologiaNasa detecta mais metano em Marte, mas não sabe de onde vem

03:06  25 junho  2019
03:06  25 junho  2019 Fonte:   msn.com

NASA: 65 imagens incríveis das estrelas e do espaço

NASA: 65 imagens incríveis das estrelas e do espaço NASA: 65 imagens incríveis das estrelas e do espaço O aglomerado estelar Hodge 301 é um antigo aglomerado. Muitas de suas estrelas já explodiram como supernovas. Os filamentos no canto superior esquerdo foram comprimidos pelas explosões dessas estrelas. Em outra parte da foto, as estrelas estão nascendo. 3/65 SLIDES © Crédito: NASA, ESA, and The Hubble Heritage Team STScI_AURA NASA: 65 imagens incr Esta imagem mostra uma pequena galáxia chamada Galáxia Anã Sagitário, ou "SagDIG”.

Este artigo tem mais de um ano. A história do metano marciano é longa e repleta de obstáculos. Sabe -se que a vida começou num ambiente aquático, possivelmente no Ao contrário da Terra, a inclinação de Marte sofre grandes alterações em períodos de tempo curtos e isso afeta as condições

Em Marte a questão do metano ainda tem o agravante dele ser logo destruído por processos Mas foi em 2013, quando o rover Curiosity detectou pela primeira vez metano na Cratera Gale e E nessa reanálise eles descobriram uma emissão de metano , vinda da cratera Gale, um dia depois da

Nasa detecta mais metano em Marte, mas não sabe de onde vem© Handout Foto do veículo robótico Curiosity da Nasa no planeta Marte, divulgada em 7 de junho de 2018

A Nasa anunciou que seu veículo explorador Curiosity detectou novamente metano em Marte, um gás que pode ser emitido por micróbios mas também pelas interações entre as rochas e a água.

Nasa detecta mais metano em Marte, mas não sabe de onde vem
App Microsoft Notícias
Baixe Agora
Publicidade para Android e iOS
Veja mais no MSN Brasil:
Golpe usa calendário no celular para obter dados (33giga)
Brilho misterioso aquece anéis de Urano (Revista Planeta)
Via Láctea colidiu fortemente com galáxia anã (Exame.com)
Twitter volta a remover contas com imagens da TV (Canaltech)

O minilaboratório químico que o Curiosity possui, denominado SAM, encontrou uma concentração de metano de 21 partes por um bilhão de unidades, disse neste domingo a agência espacial em um comunicado, o que representa um "resultado surpreendente".

NASA escolhe 3 empresas para a construção de bases científicas na Lua

NASA escolhe 3 empresas para a construção de bases científicas na Lua Astrobotic, Intuitive Machines e Orbit Beyond são as três empresas privadas escolhidas pela NASA para construir e enviar cargas úteis da agência espacial à Lua, preparando o terreno para o programa Artemis, que pousará novamente astronautas por lá em 2024

7 BATALHAS DE ANIMAIS GRAVADAS EM VÍDEO 7 - Продолжительность: 10:14 TOP Recommended for you. 5 Fotos Mais Assustadoras e Estranhas Tiradas em Marte - Продолжительность: 5:06 O Inexplicável 690 152 просмотра.

Esse canal detém o selo de qualidade da SAB (Sociedade Astronômica Brasileira). Este canal detém o selo SVBR, Science Vlogs Brasil, que atesta a qualidade da divulgação Contato para palestras: juliana@vesperassessoria.com.br. Chefe da NASA diz que estamos perto de anunciar vida em Marte

"Com as medições atuais, não temos como dizer se o metano é de origem biológica ou geológica, ou antigo ou moderno", afirmou Paul Mahaffy, principal pesquisador da Nasa para o SAM.

A questão do metano fascina os cientistas do espaço porque sua presença pode indicar um sinal de vida.

Curiosity, que se desloca sobre Marte desde 2012, já detectou metano várias vezes. A sonda espacial europeia Mars Express, na órbita marciana desde 2003, foi a primeira a fazer isso. Mas nunca nesse nível, aproximadamente três vezes mais alto do que se havia registrado até agora.

Continua havendo um mistério que os cientistas ainda não conseguiram resolver: a sonda europeia Trace Gas Orbiter, lançada em 2016 com instrumentos mais sofisticados, ainda não detectou nada.

As taxas de metano na atmosfera estão em alta, mas não se sabe por quê

As taxas de metano na atmosfera estão em alta, mas não se sabe por quê O metano só fica na atmosfera por cerca de uma década antes de se transformar em CO2, mas absorve muito mais calor , por isso é mais potente e preocupante ainda

Leia mais A descoberta de metano no Planeta Vermelho veio da sonda europeia Mars Express, mas o robô Curiosity, da Nasa , já havia registrado alguns indícios.

A possibilidade de vida em Marte nos fascina há décadas. As primeiras missões da NASA nos anos O metano , se estiver mesmo no fino ar de Marte , é significativo, porque a luz solar e as reações Os cientistas relataram pela primeira vez detecções de metano em Marte há uma década e meia

"Combinar as observações realizadas na superfície e em órbita pode ajudar os cientistas a localizarem as fontes de gás no planeta e compreender quanto tempo permanece na atmosfera marciana. Isto poderia explicar porque as observações de metano da Trace Gas Orbiter e do Curiosity diferem tanto", conclui a Nasa.

Vídeo: 'Javalis Selvagens' celebram um ano de resgate em caverna (AFP)

Leia Mais

Radiação cósmica põe em risco missão da Nasa a Marte.
Radiação cósmica põe em risco missão da Nasa a Marte

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 3
Isto é interessante!