Esportes Trilogia entre Tyson Fury e Deontay Wilder é adiada por causa do coronavírus

17:48  26 março  2020
17:48  26 março  2020 Fonte:   agfight.com.br

Trilogia entre Tyson Fury e Deontay Wilder é adiada por causa do coronavírus

  Trilogia entre Tyson Fury e Deontay Wilder é adiada por causa do coronavírus Flamengo vai bem, mas 'perde' Cara a Cara para o Benfica de Jorge Jesus; veja os votos

A terceira luta entre os pesos pesados Tyson Fury e Deontay Wilder não vai mais acontecer dia 18 de julho, em Las Vegas, por causa da pandemia de coronavírus . O anúncio foi feito, nesta quarta-feira, pelo empresário Bob Arum, em entrevista à ESPN.

Bolsonaro critica quarentena por coronavírus e pede volta à normalidade. A terceira luta entre o campeão dos pesos pesados do Conselho Mundial de Boxe (WBC), Tyson Fury , da Grã-Bretanha e o ex-detentor do título, o americano Deontay Wilder , foi adiada devido à nova pandemia de

Tyson Fury não tomou conhecimento do então campeão Wilder © Diego Ribas Tyson Fury não tomou conhecimento do então campeão Wilder Tyson Fury é o atual campeão mundial peso-pesado de boxe pelo WBC - Diego Ribas

A pandemia do novo coronavírus afetou o cronograma de mais um evento esportivo. Em entrevista à emissora americana 'ESPN', Bob Arum  - CEO da Top Rank - revelou que o terceiro combate entre os pesos-pesados Tyson Fury e Deontay Wilder, inicialmente marcado para acontecer no dia 18 de julho, no 'MGM Grand' em Las Vegas (EUA), será adiado, provavelmente até o último trimestre do ano.

Após empatarem no primeiro confronto, Fury e Wilder duelaram novamente no dia 22 de fevereiro deste ano, com vitória por nocaute técnico do pugilista inglês, que levou para casa o cinturão do Conselho Mundial de Boxe (WBC). Com uma cláusula no contrato que lhe garantia a revanche imediata, Deontay fez valer seus direitos e a trilogia entre os pesos-pesados foi agendada para o próximo dia 18 de julho. No entanto, a pandemia do novo coronavírus, que colocou grande parte do planeta em isolamento social e interrompeu as atividades não essenciais, como os eventos esportivos, provocou a mudança nos planos dos lutadores.

Maratona do Rio é transferida de junho para outubro por causa do coronavírus

  Maratona do Rio é transferida de junho para outubro por causa do coronavírus Quem já fez inscrição na prova estará automaticamente inscrito para a nova data, próxima ao feriado de Nossa Senhora Aparecida . Uma das principais corridas de rua do Brasil, a Maratona do Rio deve receber cerca de 30 mil participantes, inclusive estrangeiros.

Mulher-Maravilha é mais um filme adiado por causa do coronavírus . Uma das novas apostas da DC Comics, Mulher-Maravilha 1984 se junta a outros filmes adiados do estúdio, como "Em um Bairro de Nova York" e a animação "Scooby-Doo", ambos ainda sem novas datas de exibição nos cinemas.

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) decidiu nesta terça-feira (17) o adiamento da Copa América para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus . A competição continental seguirá com sede na Argentina e na Colômbia e será disputado entre 11 de junho e 11 de julho.

"Claramente não (vai acontecer no dia 18 de julho). Nós não sabemos nem se o MGM vai estar aberto até lá. Você não podia garantir aos lutadores que o evento ia acontecer naquela data. Nós não podíamos convencer a eles ou a nós mesmos. Onde eles treinariam para isso? Não fazia sentido. Você apenas dá um passo para trás. Como você vai vender ingressos? É absolutamente ridículo dizer que a luta vai acontecer quando os britânicos não podem nem ir para lá (Las Vegas). Então, todo mundo tem que dar um passo para trás. Boxe não está isolado. É parte do que está acontecendo no mundo. Então, possivelmente a luta vai ser no início de outubro", declarou Bob Arum.

Invicto em sua carreira, Tyson Fury soma 30 vitórias e um empate. Já Deontay Wilder sofreu sua primeira derrota no boxe profissional ao ser superado pelo rival britânico em fevereiro deste ano. Em seu cartel, o americano acumula 42 triunfos, sendo 41 por nocaute, um empate e um revés.

Pré-olímpico Mundial de pólo aquático é adiado por coronavírus .
Federação Internacional de Natação divulga comunicado nesta quinta-feira. Competição foi adiada para 7 de maio, mas acontecerá nova reunião para avaliar a situação mundial . A Seleção Brasileira masculina está em Barcelona, na Espanha, em fase de preparação justamente para o Pré-Olímpico, e agora avalia as possibilidades de voltar ao Brasil para continuar o processo no país.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!