Esportes O futebol antes e depois do coronavírus

18:21  26 março  2020
18:21  26 março  2020 Fonte:   goal.com

Dirigente flamenguista infectado pelo coronavírus recebe alta

  Dirigente flamenguista infectado pelo coronavírus recebe alta O Flamengo recebeu uma boa notícia nesta sexta-feira. O vice-presidente de Embaixadas, Maurício Gomes de Mattos, recebeu alta do hospital em Brasília. O dirigente estava internado após testar positivo para o coronavírus. Maurício Gomes de Mattos não sofreu com os sintomas da doença e foi liberado após receber a última dose do antibiótico. Mesmo assim, […]

Há quatro anos no futebol da Nicarágua, o meia Pedrinho se sente em casa no país da América Central. Casado com uma nicaraguense, o camisa 10 do Walter Ferretti, time da capital Manágua, já criou raízes por lá , e até levou seus pais para viver com a família.

Onde tem Messi, tem Cristiano Ronaldo, e vice-versa. Isso vale para os prêmios individuais no futebol , para lista de maiores artilheiros da atualidade, para qualquer eleição de grandes craques mundiais e até para a relação dos principais doadores do mundo do futebol no combate ao coronavírus .

  O futebol antes e depois do coronavírus © Getty Images

Haverá um antes e um depois do coronavírus. Em nossas vidas e também no futebol. A pandemia, que está provocando uma crise sanitária sem precedentes no mundo todo, está causando um dano tremendo na indústria do futebol. Ela parou os clubes, lhes deixou sem rendas e vem gerando multiplas perdas.

A Goal tentou estabelecer diferentes pontos-chave para entender os efeitos que o coronavírus provocará no futebol mundial. E eles são os seguintes:

  • A maioria dos clubes serão obrigados a apresentar um balanço negativo neste ano.

Todos terão dificuldades de cumprir com o que foi apresentado no início da temporada. Com as competições paradas e sem rendas entrando nos cofres, as perdas afetarão quase todos os clubes da Europa. Em alguns, há um clima de pânico instaurado. Em outros, se apela para um trabalho conjunto para poder seguir em frente em um momento tão delicado.

Rudy Gobert, da NBA, diz que perdeu o olfato por causa do coronavírus

  Rudy Gobert, da NBA, diz que perdeu o olfato por causa do coronavírus Antes de ser diagnosticado com a covid-19, Rudy Gobert foi contra o protocolo de segurança que a NBA havia recomendado SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Primeiro jogador da NBA diagnosticado com a covid-19, Rudy Gobert usou as redes sociais para falar sobre os sintomas da doença causada pelo novo coronavírus. O pivô do Utah Jazz contou que perdeu o olfato enquanto se recupera."Só para atualizar a vocês, a perda de olfato e paladar é definitivamente um dos sintomas, não foi possível sentir o cheiro de nada nos últimos quatro dias. Alguém experimentando a mesma coisa?", escreveu o atleta.

Ontem Internacional Becali compra milhares de máscaras e depois obriga jogadores do Steaua a voltar aos treinos. 16.03.2020 Internacional Espanhóis Ontem Internacional Coronavírus : Jogadores do Hearts convidados a baixar o salário para metade. 17.03.2020 Futebol Nacional Pedro Proença

O Coronavírus , que já atingiu mais de 80 mil pessoas e matou pelo menos 2.700 infectados, está causando impacto no futebol pelo mundo. Romelu Lukaku, da Inter de Milão, que está tendo de jogar com portões fechados por causa do coronavírus Imagem: Getty Images. 00:00.

  • A maioria dos clubes estão adotando medidas preventivas de poupanças e redução temporária de salários.

Com a previsão dos campeonatos só voltarem no final de maio, talvez junho ou até mesmo de serem suspensos, estas medidas estão sendo adotadas por diversos clubes no continente para poder acha uma maneira viável de se manter. O grau de preocupação nos clubes espanhóis é altíssimo. Todos estão improvisando medidas provisórias para contornar a crise.

  • A falta de rendas provocará uma grande mudança no futebol europeu e mundial.

A falta do dinheiro dos direitos de transmissão das televisões, das bilheterias e das vendas de produtos representa uma perca para todos. E isso certamente provocará uma mudança nas políticas adotadas pelos clubes para contratações e renovações de vínculos de jogadores. Além disso, isso obriga os clubes a pensar em medidas criativas para gerar novas rendas.

Atleta de tênis de mesa paralímpico morre depois de contrair coronavírus

  Atleta de tênis de mesa paralímpico morre depois de contrair coronavírus Eliane Corrêa, atleta paralímpica de tênis de mesa, morreu neste domingo por complicações do coronavírus. Depois de sentir falta de ar, foi levada ao hospital pela família, porém não resistiu e faleceu. Os médicos que a atenderam confirmaram que a morte foi em decorrência da covid-19. Eliane era atleta da classe 4, na qual competia […]Eliane era atleta da classe 4, na qual competia com cadeira de rodas e com comprometimento baixo. Defendendo a AACD, disputava competições organizadas pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa. Além disso, era professora e tinha um grande carinho pelo samba, desfilando anualmente pelas Rosas de Ouro.

Os coronavírus são um grupo de vírus de genoma de RNA simples de sentido positivo (serve diretamente para a síntese proteica), conhecidos desde meados dos anos 1960. Pertencem à subfamília taxonómica Orthocoronavirinae da família Coronaviridae, da ordem Nidovirales.

No futebol , as coisas não tem sido diferentes. As últimas partidas que aconteceram ao redor do mundo foram sem torcida. Neste vídeo então, iremos relembrar momentos mágicos e como o futebol estava sendo maravilhoso antes da chegada do coronavírus .

  • Os salários.

Antes do coronavírus, a folha salarial dos grandes clubes europeus havia disparado. Agora, sem fontes de renda, os clubes terão que repensar os salários de suas estrelas. A Bundesliga, com Bayern e Borussia Dortmund na linha de frente, já organiza um movimento para pedir que os jogadores aceitem uma redução salarial de 20%. Na Espanha, a diretoria do Barça também conversará com os atletas neste sentido. E, sem dúvidas, o jogadores devem ceder.

  • A próxima janela de transferências será afetada pelo coronavírus.

Com todo esse cenário financeiro drástico dos clubes, parece inevitável que a próxima janela de transferências será muito parada. O principal motivo, claro, é a falta de dinheiro. Os clubes serão obrigados a reduzir muito o valor que investirão para contratar novos jogadores.

  • Menos compras e mais empréstimos.

Deverá haver um considerável aumento no número de empréstimos de jogadores. Sem dinheiro para realizarem compras em definitivo, os clubes podem apelar para este outro estilo de transferências a fim de motimentar o mercado e renovarem seus elencos.

  • Oportunidades para a base.

Outra maneira de não gastar dinheiro mas ainda assim ter novos jogadores nos elencos é a promoção de jovens jogadores das bases. Sem dúvida, essa crise poderá ser uma grande oportunidade para os clubes mostrarem seus próprios talentos.

MLS e Liga dos Campeões da Concacaf suspendem atividades .
Campeonato norte-americano está paralisado por pelo menos 30 dias, enquanto competição da América Central fica sem jogos por tempo indeterminadoO campeonato norte-americano, é outro que será interrompido pelos próximos 30 dias. A decisão foi tomada em comum acordo com os clubes. Em comunicado, a Liga agradeceu o apoio dos torcedores durante este período desafiador.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 1
Isto é interessante!