Esportes Diniz revela 'fator' que impulsionou melhor rendimento de Pato no São Paulo

18:36  26 março  2020
18:36  26 março  2020 Fonte:   90min.com

Recuperação de Alexandre Pato em 2020 foi alavancada por três 'fatores'

  Recuperação de Alexandre Pato em 2020 foi alavancada por três 'fatores' Ao pensarmos em 'beneficiados' e 'prejudicados' pela paralisação do calendário nacional em virtude da pandemia de coronavírus, o ​São Paulo é um dos primeiros clubes que vem à mente para o segundo grupo. O clube do Morumbi vivia um bom momento na temporada, assim como diversos de seus jogadores referenciados, como Alexandre Pato. Em onze jogos disputados em 2020, o atacante foi às redes em quatro oportunidades, já quase igualando seus números do ano passado inteiro, quando fez cinco gols.

Desde o fim de setembro de 2019 no São Paulo , Fernando Diniz conseguiu melhorar jogadores que viraram peças fundamentais no time titular. Daniel Alves, Antony, Vitor Bueno, Igor Gomes e Alexandre Pato são alguns dos principais exemplos (veja os números mais abaixo).

Na teoria de desenvolvimento intelectual de Vygotsky, sustenta que todo conhecimento é construído socialmente, no âmbito das relações humanas.Essa teoria tem por base o desenvolvimento do Formação continuada. Revista nova escola. São Paulo : Editora Abril. nº: 222.p.89, maio 2009.

FBL-LIBERTADORES-BINACIONAL-SAOPAULO © ERNESTO BENAVIDES/GettyImages FBL-LIBERTADORES-BINACIONAL-SAOPAULO

​De custo-benefício bastante questionado ao longo de 2019, Alexandre Pato aparenta estar muito disposto a deixar esses dias para trás e fazer de 2020 um ano de reconstrução. Até a pausa no calendário nacional em virtude da pandemia de ​coronavírus, o atacante já somava quatro gols e duas assistências, sendo diretamente responsável por 6 dos 18 gols anotados pelo ​São Paulo na temporada.

FBL-LIBERTADORES-BINACIONAL-SAOPAULO © ERNESTO BENAVIDES/GettyImages FBL-LIBERTADORES-BINACIONAL-SAOPAULO

Como destaca o ​UOL Esportes, o salto de rendimento do camisa 7 em 2020 foi assunto em entrevista concedida pelo treinador Fernando Diniz, durante o programa 'Troca de Passes' da SporTV. Perguntado sobre o atacante, o jovem comandante revelou que a 'recuperação' de Pato passava muito mais pelo aspecto mental/psicológico, do que propriamente técnico.

VÍDEO:'Tenho que entrar na história do São Paulo ganhando', diz Alexandre Pato

  VÍDEO:'Tenho que entrar na história do São Paulo ganhando', diz Alexandre Pato Em live com o piloto Felipe Massa, atacante do São Paulo reforça o desejo de ser campeão com a camisa do clube. Ele vinha em boa fase antes da pausa- Tenho muito respeito pelo São Paulo, porque o São Paulo me abraçou no momento que eu precisava e me deu tudo aquilo que eu precisava. Eu busco, e estou buscando cada vez mais, sempre fazer o meu melhor pelo São Paulo. Meu objetivo esse ano é ser campeão, quero ser campeão. Tenho que entrar na história do São Paulo ganhando.

Fernando Diniz vê São Paulo sofrer gol quando era melhor e projeta final com Inter por Libertadores. Fortaleza de Rogério Ceni ajuda, e São Paulo garante vaga na Libertadores. Fernando Diniz recebe terceiro amarelo e está suspenso do São Paulo contra o Internacional.

Boletim do São Paulo : Felipe Diniz e Eduardo Rodrigues trazem as novidades do São Paulo para Após a Copa América, o jogador cresceu de rendimento e se tornou um dos principais nomes do time Goleiro revelado pelas categorias de base do Tricolor estendeu vínculo até junho de 2022.

"O Pato é um cara que saiu de casa com 11 anos de idade, então não estou tentando recuperar o futebol do Pato, eu estou tentando cada vez mais entender o Pato como pessoa, porque ele é um cara generoso, é um cara que você vê nos jogos que ele tem uma gana muito grande de ganhar, ele é um supertalento, ele é um cara que tem coisas que a gente sabe que são muito difíceis de fazer e ele faz com imensa naturalidade. Então eu falei pra ele, que ele nunca conseguiu me enganar que ele era aquilo que ele aparentava ser, alguém desligado, alguém que não tem interesse. É um cara que é apaixonado por futebol e que precisava minimamente ser compreendido", afirmou o treinador.

FBL-LIBERTADORES-SAOPAULO-LIGA © NELSON ALMEIDA/GettyImages FBL-LIBERTADORES-SAOPAULO-LIGA

Túnel do tempo: há 25 anos, Pedro Paulo Diniz estreava na F1 .
O GP Brasil de Fórmula 1 de 1995 foi realizado no dia 26 de março daquele ano. Era a abertura da temporada e a primeira corrida da categoria realizada no país depois da morte de Ayrton Senna no ano anterior. O alemão Michael Schumacher já despontava como virtual campeão muito antes dos motores começarem a […]Roberto Pupo Moreno era o parceiro de Diniz (Foto: Acervo/Gazeta Press)

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!