Esportes 'Temos que vencer esta La Liga para os fãs', diz Vinícius Júnior

21:57  23 maio  2020
21:57  23 maio  2020 Fonte:   lance.com.br

Joia do Sporting, Nuno Mendes é alvo do Real Madrid

  Joia do Sporting, Nuno Mendes é alvo do Real Madrid Manchester United também deseja contar com a promessa do clube portuguêsMendes é alvo de uma possível lista de reforços do clube merengue. Caso contratado, deve ser emprestado ao Castilla. Com contrato até 2022, ele tem cláusula de rescisão de 45 milhões de euros (cerca de R$ 273 milhões).

Vinícius Jr. tem quatro gols na temporada (Foto: OSCAR DEL POZO / AFP) © Fornecido por LANCE! Vinícius Jr. tem quatro gols na temporada (Foto: OSCAR DEL POZO / AFP)

Vinícius Júnior completa três anos no Real Madrid. Em entrevista ao 'MARCA', o brasileiro revelou que os merengues querem ganhar esta edição da La Liga para dedicar aos torcedores.

- Queremos ganhar esta liga para nossos fãs. As pessoas sofreram muito e queremos alegrar os torcedores do Madri em meio a essa situação. Sabemos que uma vitória na Liga não resolverá grandes tragédias, mas seria um sorriso, alguma felicidade.

O atacante também revelou como está fazendo para permanecer em casa e cumprir a quarentena.

- No começo, tudo era muito estranho, foi um golpe pessoal e para minha família. Não saia de manhã para treinar, reunir-se, viajar ou jogar futebol ... Logo entendemos a seriedade da situação. Felizmente, os serviços médicos do clube foram muito rápidos em nos notificar.

PSG e Inter de Milão já conversam por transferência de Icardi

  PSG e Inter de Milão já conversam por transferência de Icardi Os franceses tem até 31 de maio para decidir se exercerão a opção de compra do atacanteO PSG está satisfeito com o desempenho de Icardi. Leonardo, diretor esportivo do clube parisiense, tenta abaixar o valor do atacante.

Confira a entrevista completa de Vinícius Jr.

Você conseguiu treinar regularmente?- Isto não foi um problema. Estranho, sim, mas não foi um problema. Desde o primeiro momento, o treinador e a equipe técnica estavam muito próximos de nós, tanto individualmente quanto em sessões especiais em grupo. Era algo que não poderei esquecer, embora todos desejemos poder esquecê-lo. Percebemos que estávamos vivendo um momento muito especial da história. Porque o que está acontecendo é realmente incrível. Muitas pessoas sofreram e continuam sofrendo em todo o mundo, e na Espanha, assim como no meu país, há muita tristeza.

O que mais você perdeu?- Você nunca perde as pequenas coisas até perdê-las. Ser capaz de dar um passeio pela rua, sair para o cinema. No meu caso profissional, a vida muda absolutamente você. O caminho para Valdebebas, entre em contato com os colegas, recebendo instruções da equipe técnica, treinamentos diários e recuperações à tarde... E, claro, os jogos e o barulho dos torcedores. Um fica sem tudo isso de uma vez, de um dia para o outro e é muito raro.

Questão salarial pode 'melar' chegada de James ao Atlético de Madrid

  Questão salarial pode 'melar' chegada de James ao Atlético de Madrid Informação que tem repercutido na mídia europeia fala em situação onde os Colchoneros teriam pedido ao colombiano que aceitasse uma redução nos vencimentosO jornal de Madri 'OK Diario' e os ingleses da conhecida revista 'FourFourTwo' falaram sobre o cenário onde o Atlético teria pedido ao meia que aceitasse uma redução no seu atual patamar salarial para que o acerto possa ser concretizado.

Você ficou preocupado com a situação que estamos enfrentando?- Muitíssimo. Porque, além disso, ele ouviu explicações muito diferentes. Alguns disseram que era pouco e outros que era muito sério. Acho que todos nós aprendemos algo com toda essa catástrofe: dar mais valor às pessoas e coisas simples. Nas primeiras semanas, as notícias foram terríveis por causa do número de mortos. Terrível. A verdade é que eu me coloco no lugar de todas as famílias que perderam alguém que amam e isso teve que ser muito difícil, não apenas por causa da perda, mas por causa do caminho que deixaram. Se eu tiver que resumir de alguma forma, meu sentimento é desamparo.

As notícias vindas do Brasil não são positivas...- Eles também são terríveis. No meu país, eles estão passando por um momento muito ruim, como há algumas semanas aqui na Espanha. Sofri muito pela Espanha e agora sofro muito pelo Brasil. As pessoas têm muito medo, é lógico.

Vinicius Júnior comenta sobre sensação de voltar aos treinos após confinamento

  Vinicius Júnior comenta sobre sensação de voltar aos treinos após confinamento Jogador do Real Madrid compara situação de momento com uma volta após lesãoO meia-atacante brasileiro Vinicius Júnior admitiu nesta sexta-feira a dificuldade em voltar aos treinos com o elenco do Real Madrid depois de dois meses de confinamento na Espanha, tendo que respeitar as restrições impostas para evitar a propagação da covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

Você já pensou que a temporada ia acabar?- Houve momentos em que a crise foi enorme e o número de mortos foi tão alto que ele pensou que era impossível recuperar o futebol ou qualquer outra coisa em poucos meses. Mas com o tempo começamos a ver a luz. Eu imagino que foi o que aconteceu com todas as pessoas. Agora estou convencido de que seremos capazes de recuperar as coisas pouco a pouco. Uma dessas coisas é o futebol.

E no futebol, o que tem que melhorar?- Tenho certeza, e ouvi o senhor dizer isso algumas vezes, que ele aprendeu coisas até o último treino de sua carreira. Eu tenho o mesmo sentimento. Estou certo de que tudo sempre pode ser melhorado. E o que eu quero é que todos os dias que eu saia de Valdebebas seja um pouco melhor em algo do que quando cheguei naquele dia.

O começo do clube foi muito difícil para você? Sua adaptação? Seu tempo fugaz em Castilla?

- Todas as mudanças são importantes, e uma mudança como essa foi enorme para mim e meu ambiente. Meu mundo inteiro mudou absolutamente e as pessoas queriam ver um grande jogador imediatamente, um garoto que não deveria ser afetado por nada. Mas eu sabia que todas as grandes mudanças precisam de grandes sacrifícios. Eu estava preparado para isso, trabalhar em silêncio, me sacrificar sem ver os grandes resultados imediatamente. Era muito importante ter uma mente calma.

Vinícius Jr. demonstra preocupação com pandemia no Brasil: 'Passando por um momento muito ruim'

  Vinícius Jr. demonstra preocupação com pandemia no Brasil: 'Passando por um momento muito ruim' Atacante do Real Madrid comparou o cenário atual com sua realidade em Madri anteriormente: 'Sofri muito pela Espanha e agora sofro muito pelo meu país'-Muitíssimo (Preocupado). Porque, além disso, eu ouvi explicações muito diferentes. Alguns disseram que era pouco e outros que era muito sério. Acho que todos nós aprendemos algo com toda essa catástrofe: dar mais valor às pessoas e coisas simples. Nas primeiras semanas, as notícias foram terríveis por causa do número de mortos. Terrível.

O que resta daquele garoto do Flamengo que hoje tem três anos quando sua transferência para o Real Madrid se tornou oficial?

- Minhas raízes permanecem, minhas memórias, meu povo com quem eu cresci. Mas trouxe para a Espanha o mesmo entusiasmo pelo futebol e a mesma fé em mim. Cresci sonhando com futebol e hoje continuo sonhando com futebol. Minha paixão não mudou. Essa paixão me fez muito forte em um mundo difícil; ainda é novo, intacto e isso me faz sentir muito forte.

Seu tempo em Castilla foi rápido, ele deixou coisas muito boas e logo ele subiu para o primeiro time, ainda mais pressão?

- Quando você fala sobre as virtudes de um jogador, fala sobre como ele joga, mas ele sempre se esquece de um fator muito importante que pode mudar uma carreira, torná-la um sucesso ou um fracasso. A contratação do melhor clube do mundo tem o que tem: você não só precisa ser bom, mas também todos os dias e cercado pelos melhores do mundo. Ou você aceita ou não chega a lugar nenhum.

Falou-se de fazer gols. Isso te incomodou?- Isso não me incomodou, é claro que não. Sou o primeiro a saber que tudo pode ser melhorado. Para sempre. Até o último dia da minha carreira. E então eu quero continuar toda a minha vida! Sempre convencido de que tenho que melhorar. Eu sou o primeiro nisso. No dia em que não acredito nisso, terei que deixar o futebol profissional. Porque me tornei um profissional de futebol por isso, respeitando minha profissão. Acreditar que não preciso mais melhorar algo é desrespeitar minha profissão. E eu já lhe digo que isso nunca vai acontecer comigo. Eu tenho que melhorar até o último dia da minha carreira.

Vinícius Jr. fala sobre criticas de objetividade e finalização: 'Sou o primeiro a saber que posso melhorar'

  Vinícius Jr. fala sobre criticas de objetividade e finalização: 'Sou o primeiro a saber que posso melhorar' Atacante do Real Madrid também comentou sobre seu ganho de massa muscular durante a paralisação da pandemia do novo coronavírus: 'Conseqüência de dois meses de trabalho'- Bem, é uma conseqüência desses dois meses de trabalho muito dedicado e muito constante. Sem competição, com todos os dias trabalhando regularmente e disciplinados, todos os músculos são exercitados de maneira cada vez mais concreta. Eu não acho que ganhei músculos. Isso me dá a sensação de que todos vencemos, porque trabalhamos muito e de uma maneira diferente da que fizemos todas as nossas vidas - disse.

O intervalo chegou no seu melhor momento da temporada ...- Eu me senti muito apegado e notei que muitas das coisas que tentei na grama saíam com alguma facilidade. Ele estava conseguindo um bom equilíbrio entre o que estava tentando e o que estava recebendo.

Você já teve dúvidas quando não estava jogando?- Não tive dúvidas. Todos nós que treinamos pensamos que merecemos um lugar. A posição do treinador é muito complicada. Posso culpar a má sorte, outras coisas, mas sou muito exigente comigo mesma. Quando não jogo, acho que tenho um dia a menos para trabalhar e mostrar que tenho um lugar. Isso é respeitar o futebol.

Quantas vezes você já viu o gol contra o Barcelona?- Foi um gol muito bom, um passe muito bom de Toni (Kroos). Eu já vi isso algumas vezes, é claro, porque é uma vitória para nossos fãs que foi muito importante. Nós realmente queríamos fazer algo assim.

Você acha que o Real Madrid foi melhor que o Barcelona nos dois jogos da liga?- Eu vi os jogos novamente e ainda acho que sim. Eu acho que éramos melhores que eles em mais coisas. Até agora fizemos jogos muito bons e temos que recuperar nossos melhores sentimentos. Nós realmente queremos voltar, vencer. E queremos ganhar esta liga para nossos fãs. As pessoas sofreram muito e queremos alegrar os torcedores do Madri em meio a essa situação. Sabemos que uma vitória na Liga não resolverá grandes tragédias, mas seria um sorriso, alguma felicidade.

Onze jogos, onze finais e com um futebol totalmente diferente ...- O resultado contra o Betis foi uma grande penalidade. Agora temos diante de nós a missão de não falhar. Não podemos falhar e não vamos falhar.

Auxiliar do Palmeiras cita Vinicius Jr para elogiar Rony e Luxemburgo

  Auxiliar do Palmeiras cita Vinicius Jr para elogiar Rony e Luxemburgo Maurício Copertino destacou que treinadores brasileiros, como o técnico do Verdão, têm tanta condição de ensinar tática quanto na Europa e elogiou o principal reforço do ano- Vocês sabem qual é a diferença entre o Rony e o Vinicius Junior? A diferença é que rotularam que jogador brasileiro precisa sair para aprender tática na Europa. Mas as noções táticas são faladas e executadas no Brasil. Só que, no Real Madrid, se o Vinicius Junior não faz o que o Zidane pede, vem o Bale e o Vinicius vai para o banco - comentou Copertino.

Você tem que começar do topo, está pronto?- Cara, é verdade que só se passaram 11 dias desde que voltamos, mas o ritmo de todos parece bom. Ainda temos muito trabalho em grupo, porque ainda não o podemos fazer, mas estou vendo todos os meus colegas muito fortes e muito bem. Ainda há muito trabalho a fazer, mas as sensações são muito boas.

E sobre a Liga dos Campeões...

- Se a Liga dos Campeões voltar, será uma ótima notícia, não apenas para o futebol, mas para o mundo. Ser capaz de jogar partidas em outros países será um sinal muito positivo, porque estaremos mais perto do que o normal. É verdade que o resultado da primeira mão foi ruim, mas somos o Real Madrid. Nossa obrigação é se preparar bem e, se esse jogo chegar, que, quando terminar, todos os torcedores do Madrid possam dizer: deram tudo, estamos orgulhosos.

Robozinho? Vinícius Jr. segue exemplo de Cristiano Ronaldo em treinos e alimentação .
Receita usada por CR7 é seguida pelo jovem ex-Flamengo, que espera se tornar um dos grandes jogadores do Real Madrid e do mundoDurante o período de confinamento, os parceiros do brasileiro são uma cozinheira e um personal trainer. A primeira é responsável por cuidar da nova dieta do jogador, muito mais regrada e equilibrada, e o segundo, Tiago Lobo, está cuidando de perto da preparação física do atacante, para torná-lo ainda mais rápido e forte.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!