Esportes “Estão tentando me parar”: Hamilton aponta dedo para FIA após punições na Rússia

19:22  27 setembro  2020
19:22  27 setembro  2020 Fonte:   grandepremio.com.br

“Não podemos ter brita em todos os lados”, enfatiza diretor de provas da FIA após Mugello

  “Não podemos ter brita em todos os lados”, enfatiza diretor de provas da FIA após Mugello O GP da Toscana levou os fãs da Fórmula 1 para uma volta ao passado por ter sido realizado em um circuito com as famosas caixas de brita. Foi lá, por exemplo, que Max Verstappen ficou após ter sido envolvido em incidente na primeira volta. Mas Michael Masi ressalta que nem toda pista pode contar com tal área de escapeNo entanto, a reação dos fãs e também de muitos pilotos do grid, favoráveis à caixa de brita, foi recebida de forma contida por Michael Masi. O diretor de provas da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) para a Fórmula 1 avisou que, apesar do sucesso que a brita fez em Mugello.

  “Estão tentando me parar”: Hamilton aponta dedo para FIA após punições na Rússia © Fornecido por Grande Prêmio

As duas punições dadas a Lewis Hamilton no começo do GP da Rússia deste domingo (27) por praticar largada em lugar perigoso não desceram bem no hexacampeão. O piloto da Mercedes terminou em terceiro e, durante a coletiva oficial da FIA, apontou o dedo: estão tentando freá-lo.

Perguntado se viu o que fez para merecer as punições - duas de 5s e mais dois pontos na carteira -, afirmou que não, ainda veria, mas já tem opinião formada sobre o que aconteceu.

Hamilton voa no Q3 e garante a pole para o GP da Rússia

  Hamilton voa no Q3 e garante a pole para o GP da Rússia Lewis Hamilton conquistou neste sábado (26) a pole position para o Grande Prêmio da Rússia, décima etapa da temporada 2020 da Fórmula 1. Depois de quase ficar de fora do Q3 no circuito do Parque Olímpico de Sochi, o piloto da Mercedes não deu chances aos rivais na fase final, marcou 1min31s304 e garantiu sua … Continued O post Hamilton voa no Q3 e garante a pole para o GP da Rússia apareceu primeiro em Racing Online.

"Na verdade, não [vi ainda]. Preciso ver que regras são essas e exatamente o que eu fiz errado. Estou certo de que ninguém recebeu duas punições de 5s por alguma coisa tão ridícula antes", disse.

"Não colocamos ninguém em perigo, já fiz isso em 1 milhão de pistas e nunca fui questionado. Mas é assim que funciona. Claro que é, estão tentando me parar. Preciso voltar ao trabalho e ver o que acontece", continuou.

Ainda sobre a ideia para a corrida, disse que o plano era ir ao pit-stop na volta 14, apontada pela Pirelli como a do limite dos pneus macios, mas acabou fazendo três giros a mais.

"O plano era parar nessa volta, mas quis ir adiante. Acho que andei bastante bem com os pneus macios, então, preciso me certificar de que não vou me colocar nessa posição novamente", finalizou.

Drama de Hamilton na classificação muda GP da Rússia e exige cabeça e estratégia

  Drama de Hamilton na classificação muda GP da Rússia e exige cabeça e estratégia A classificação do GP da Rússia começou como tantas outras neste ano e dentro do esperado. Ou seja, com a Mercedes na liderança. Mas Sebastian Vettel bateu e mudou decisivamente parte do roteiro. Não é que alterou o resultado imaginado, mas deixou a expectativa para uma corrida muito mais interessante neste domingoAinda na primeira fase do treino que definiu as posições de largada, o sinal: Lewis Hamilton teve sua melhor volta eliminada por exceder os limites de pista. Os comissários de prova estabeleceram regras mais rígidas para as escapadinhas no traçado russo, especialmente ali na curva final, que é surge como um bom apoio para a entrada da reta principal.

Além das punições, a FIA aproveitou a manhã da corrida para ordenar que os pilotos fossem ao pódio somente com o macacão. Maneira de evitar manifestações como a que Lewis fez na Toscana, quando vestiu blusa que dizia "prendam os policiais que mataram Breonna Taylor".

A próxima etapa da Fórmula 1, o GP do Eifel, em Nürburgring, está marcado para 11 de outubro.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Chefão da Ferrari enguiça carro na rua e ainda houve provocações sobre má fase da escuderia; vídeo .
Com um passado de glórias na Fórmula 1, a Ferrari anda mal das pernas nessa temporada e é apenas a sexta colocado no mundial de construtores . A escuderia ainda não venceu nenhuma corrida em 2020, tendo um segundo lugar com Charles Leclerc no GP da Áustria como melhor resultado.

usr: 3
Isto é interessante!