Esportes Rossi lamenta chance perdida com erro na Catalunha: “Precisava prestar mais atenção”

15:46  28 setembro  2020
15:46  28 setembro  2020 Fonte:   grandepremio.com.br

Folger atropela pássaro no TL1 na Catalunha na estreia no Mundial de Superbike

  Folger atropela pássaro no TL1 na Catalunha na estreia no Mundial de Superbike Convidado para a rodada deste fim de semana do Mundial de Superbike, o alemão escapou ileso do incidenteEm busca de uma vaga permanente na série das motos de produção, o ex-MotoGP faz sua primeira corrida no Mundial neste fim de semana, defendendo as cores da MGM, a mesma equipe com que compete no Campeonato Alemão de Superbike. A estreia, aliás, chega em um momento em que a Yamaha está em busca de um substituto para Michael van der Mark, que vai partir para a BMW em 2021.

#DURecorder. Preciso prestar mais atenção . MLK DøIdø.

Vale lembrar que os clientes prestam mais atenção ao desempenho das organizações quando algo dá errado do que quando tudo funciona bem. O profissional precisa conhecer todos os tipos de cliente, e procurar sempre atendê- lo da melhor maneira possível, sempre o tratando com respeito e o

  Rossi lamenta chance perdida com erro na Catalunha: “Precisava prestar mais atenção” © Fornecido por Grande Prêmio

Valentino Rossi saiu frustrado do GP da Catalunha de MotoGP. Rápido ao longo de todo o fim de semana, o piloto da Yamaha brigava entre os ponteiros, mas com nove voltas para o fim, caiu na curva 2 de Barcelona e registrou o terceiro abandono da temporada 2020 ― o primeiro aconteceu por uma quebra da YZR-M1.

Rossi atribuiu o tombo à baixa temperatura do lado esquerdo do pneu dianteiro, uma circunstância que causou várias quedas no traçado de Montmeló ao longo do fim de semana. No domingo, aliás, a temperatura estava ainda mais baixa do que nos outros dias, com o asfalto atingido apenas 21°C.

Rossi cobra mais velocidade e diz não ser “competitivo o bastante” para lutar pelo título

  Rossi cobra mais velocidade e diz não ser “competitivo o bastante” para lutar pelo título Multicampeão considerou que a Yamaha precisa de mais velocidade. O italiano voltou a falar em problemas de aderência na traseira da YZR-M1O piloto de 41 anos se classificou na sétima colocação do grid, mas ainda na segunda volta, caiu na curva 4. Valentino levantou e seguiu na corrida, porém acabou abandonando na volta 15.

Olá Gente Linda! Tudo bem? Comecei mais um Perguntas e Respostas a pedido de vocês, mas para que o vídeo não fique muito longo eu dividi em dois vídeos. Antes de ensinar o comando para treinar o cachorro a deitar quero muito que vocês treinem os seus cachorros a prestarem atenção em vocês

Sinônimos de Prestar atenção no Dicionário de Sinônimos. Prestar atenção é sinônimo de: atentar 5 sinônimos de prestar atenção para 1 sentido da expressão prestar atenção : Ouvir e ver de forma atenta e Sobre nós · Encontrou um erro ? · Sugerir sinônimos · Sinônimos populares · Sinônimos

Valentino Rossi exibiu um bom ritmo ao longo de todo o fim de semana (Foto: Divulgação/MotoGP) © Fornecido por Grande Prêmio Valentino Rossi exibiu um bom ritmo ao longo de todo o fim de semana (Foto: Divulgação/MotoGP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“É uma grande pena, porque foi um bom fim de semana. Fui rápido desde sexta-feira e conseguimos melhorar a moto, então, eu era rápido”, disse Rossi. “Estava forçando, pois queria ficar perto de Fabio [Quartararo], mas hoje a temperatura estava muito baixa e a curva 2 é sempre perigosa, pois você tem menos temperatura no lado esquerdo do pneu dianteiro”, explanou.

“Talvez eu tenha forçado demais na entrada da curva e perdi a frente”, admitiu. “Olhando para os dados, é muito, muito similar à volta anterior, mas com essa temperatura, precisava ter prestado mais atenção com o lado esquerdo”, seguiu.

MotoGP: Equipe Petronas oficializa contratação de Rossi para 2021

  MotoGP: Equipe Petronas oficializa contratação de Rossi para 2021 Rossi entrará em sua nona temporada consecutiva com a Yamaha O que já era certo agora está confirmado: Valentino Rossi seguirá na MotoGP em 2021 como piloto da Petronas Yamaha SRT. A equipe malaia fez o anúncio na manhã deste sábado, pouco antes do treino classificatório para o GP da Catalunha no Circuito de Barcelona.

Se Você Prestar Atenção , São José do Rio Preto. Três dias sem dormir Sem mais sentidos Cego, sem vontade de seguir Sem forças pra desmentir Os erros na velocidade da luz E meus Outra tende a morrer Mais uma chance perdida De tentar enxergar Que tão profunda é a saída Pra Precisamos renascer. Se tudo continuar assim Não teremos mais passado E ninguém que se atreva a perguntar.

Este programa, por sua vez, vem reforçar as áreas científicas, tecnológicas e econômicas do país, dando chance às novas empresas de software e serviços de T.I a ganharem o mercado, gerando riqueza e desenvolvimento. Índice. 1 Empreendedorismo e o Desenvolvimento Sustentável.

“É uma grande, grande pena, pois precisávamos do pódio depois de um fim de semana como esse”, salientou.

Valentino explicou que, ciente de que o desgaste dos pneus aconteceria em meados da disputa, tentou manter contato com Quartararo e Franco Morbidelli ao mesmo tempo em que buscava conservar a borracha.

“No início, tínhamos um bom ritmo, mas tentei rodar muito suavemente pelos pneus dianteiro e traseiro, pois sabia, como todo mundo, que sofreríamos no final da corrida. Então fiquei na frente, mas sem forçar depois para estar lá”, explanou. “Fabio, Franco e eu éramos os mais rápidos na primeira parte da corrida. E estávamos muito próximos. Talvez Fabio fosse um pouco melhor, mas quando o pneu desgastou bastante, também Fabio perdeu muito nas últimas voltas”, apontou.

“Nunca saberemos, pois eu caí, mas se conseguisse diminuir [o ritmo] menos do que ele, pois talvez fosse um pouco melhor nas últimas voltas, também poderia vencer”, ponderou.

MotoGP: Chefe da Yamaha diz que contrato de Rossi levou seis meses para ser finalizado

  MotoGP: Chefe da Yamaha diz que contrato de Rossi levou seis meses para ser finalizado Lin Jarvis falou sobre o contrato de Rossi para a próxima temporada e afirmou que o acordo demorou “porque ele não é um piloto normal” Neste sábado, saiu o anúncio que muitos esperavam: Valentino Rossi é oficialmente o novo piloto da Petronas em 2021 na MotoGP. Mas segundo o chefão da Yamaha, Lin Jarvis, disse que a demora pela oficialização se deu pelo contrato com o fabricante e a Petronas, que demorou seis meses para ser finalizado, já que o italiano “não é um piloto normal”.

👀 Preste atenção a estes sinais | #quebrandoosilêncio 2019. Adventistas Brasil.

Os docentes precisam de qualificação tanto na área pedagógica como nos campos específicos do conhecimento. A formação inicial deve passar por reformulação profundas .Isso implica em garantir ao profissional um conhecimento básico para a sua atuação no âmbito escolar, pois a aprendizagem

O piloto de 41 anos contou, também, que tentou apertar o passo pensando na aproximação de rivais como Suzuki e Ducati na parte final da corrida.

“Depois que Franco cometeu um erro na curva 1, eu forcei, porque não queria ter muita desvantagem para Fabio. Queria tentar ficar próximo dele, também porque sabia que as motos que normalmente são rápidas no fim da corrida, como Suzuki e Ducati, não estavam longe”, falou. “Com certeza, eu poderia ter estado no pódio e não sei o que teria acontecido nas últimas voltas, pois todo mundo ― especialmente Quartararo ― diminuiu muito”, encerrou.

LEIA TAMBÉM

+ Quartararo retoma ponta e Mir ganha terreno na briga pelo título. Confira classificação

+ Fernández pula de moto em chamas no warm-up da Moto2 na Catalunha

+ Rossi assina contrato de um ano com Yamaha e corre pela SRT na temporada 2021


Video: Forte acidente encerra corrida 2 da Fórmula 2 em Sóchi após 7 voltas. Zhou vence (Grande Prêmio)

Peter Pan, Rossi ainda tem espaço na MotoGP. Mesmo aos 41 anos .
Eternamente jovem, o italiano ainda não perdeu o amor pela classe rainha, mesmo com 21 temporadas, sete títulos, 89 vitórias, 199 pódios e 55 poles. E uma fortuna para chamar de sua tambémNo último sábado (26), a Yamaha anunciou um contrato de um ano com Rossi, que vai migrar para a escuderia satélite SRT com suporte total de fábrica. Assim, o piloto que já conquistou sete títulos entre 500cc e MotoGP ― nove considerando as taças de 125cc e 250cc ― estará no grid em 2021, aos 42 anos. Mas esse pode nem ser o fim da linha.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!