Esportes Pliskova tem trabalho na estreia, mas vence egípcia e avança em Roland Garros

19:41  29 setembro  2020
19:41  29 setembro  2020 Fonte:   estadao.com.br

Thiago Wild é superado na estreia do qualifying de Roland Garros

  Thiago Wild é superado na estreia do qualifying de Roland Garros Brasileiro perde para o equatoriano Emilio Gomez por 2 sets a 0, com as parciais de 6/3 e 6/2 e dá adeus ao torneio francêsAtual 106.º colocado no ranking da ATP e número 2 do Brasil - somente atrás do cearense Thiago Monteiro -, Wild, que é tenista do Instituto Tennis Route, se preparava há uma semana em Paris para tentar entrar na chave principal do Grand Slam pela primeira vez na carreira. Mas não conseguiu.

Atual número 4 do ranking da WTA e segunda maior favorita ao título, a checa Karolina Pliskova teve trabalho nesta terça-feira em sua estreia em Roland Garros, que está sendo disputado em Paris, na França. Ela precisou de 2 horas e 15 minutos para superar de virada a egípcia Mayar Sherif, 172.ª colocada e primeira do país africano a jogar uma chave principal de Grand Slam, por 2 sets a 1 - com parciais de 6/7 (9/11), 6/2 e 6/4.

O próximo desafio de Pliskova promete ser ainda mais duro, uma vez que ela cruzará contra a campeã de 2017, a letã Jelena Ostapenko, que deu sinais de força em sua primeira partida na edição deste ano ao passar sem sustos pela americana Madison Brengle por 2 sets a 0 - com parciais de 6/2 e 6/1, em 1 hora e 2 minutos.

Em busca de recorde, Nadal derrota bielo-russo na estreia em Roland Garros

  Em busca de recorde, Nadal derrota bielo-russo na estreia em Roland Garros Tenista espanhol tenta conquistar 13º título do tradicional torneio em ParisAinda sem ritmo de ritmo, pois só jogou o Masters 1000 de Roma desde a retomada do circuito, Nadal foi impecável nos dois primeiros sets. Mas teve o saque sob ameaça e até sofreu uma quebra no início do terceiro. Nada que ameaçasse a vitória do favorito. Em seguida, Gerasimov recebeu atendimento médico em quadra por conta de dores no pé direito.

Pliskova e Ostapenko, hoje a número 43 do mundo, já se enfrentaram cinco vezes no circuito profissional, com três vitórias da checa e duas da letã, que embora já tenha um título de Roland Garros no currículo levou a pior na única vez que se cruzaram no saibro - foi em Stuttgart, em 2018.

Cabeça de chave número 4, a americana Sofia Kenin foi outra que sofreu na sua estreia. A atual sexta colocada do ranking derrotou a russa Liudmila Samsonova por 2 sets a 1 - com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3 - e agora terá pela frente a romena Ana Bogdan, que ganhou da búlgara Timea Babos por 6/4 e 6/2.

Outros jogos

Uma das principais surpresas no US Open - foi semifinalista no Grand Slam em Nova York -, a americana Jennifer Brady não conseguiu nem de perto repetir o desempenho no saibro francês. A atual número 25 do mundo foi derrotada logo na estreia pela dinamarquesa Clara Tauson, de apenas 17 anos e vinda do qualifying, por 2 sets a 1 - parciais de 6/4, 3/6 e 9/7.

Após eliminar a cabeça de chave 21, Tauson enfrentará mais uma americana. Desta vez será Danielle Collins, que conseguiu uma virada sobre a romena Monica Niculescu, outra jogadora vinda do qualifying, com o placar final de 2/6, 6/2 e 6/1.

Outras tenistas que venceram nesta terça-feira e avançaram à segunda rodada foram a casaque Elena Rybakina (cabeça 14), a japonesa Nao Hibino, a belga Alison van Uytvanck e a alemã Laura Siegemund.

Com apoio de Guga, Roland Garros faz parceria com Rio Open para promover o saibro .
Iniciativa envolve, além da competição brasileira, torneios de Buenos Aires, Barcelona, Lyon e EstrasburgoCom a parceria, o torneio brasileiro, de nível ATP 500, vai poder iniciar projetos diretamente com a organização de Roland Garros, obter maior know-how sobre grandes eventos e também sobre o saibro, organizar eventos em conjunto e produzir conteúdo exclusivo sobre tênis.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 0
Isto é interessante!