Esportes UFC: 'Viking Georgiano' vence, mas diz que não merecia resultado e questiona jurados: 'Não sei como marcaram'

03:15  18 outubro  2020
03:15  18 outubro  2020 Fonte:   espn.com.br

Lívia Andrade abre o jogo sobre sua saída do SBT

  Lívia Andrade abre o jogo sobre sua saída do SBT Nicola diz que contratação de Felipão é 'espetacular' para o Cruzeiro: 'Chega para ser mais do que um treinador'

Não se esqueça, você pode usar seu e-mail também! Salles reclama de visão "tendenciosa" e diz que Brasil é exemplo em proteção ambiental. GZH. Tradicional fábrica de chocolate de Gramado retoma atividade com resultado fantástico.

Agora da onde que tá vindo eu não sei . "Reviraram tudo", diz rei das serpentes sobre operação do IBAMA e polícia na sua residência - Продолжительность: 22:01 Vilabela FM Recommended for you.

  UFC: 'Viking Georgiano' vence, mas diz que não merecia resultado e questiona jurados: 'Não sei como marcaram' © Getty Images

A última luta do card preliminar do UFC deste sábado, em Abu Dhabi, foi polêmica e terminou com vitória por decisão dividida de Guram Kutateladze, o Viking Georgiano, sobre Mateusz Gamrot.

John Phillips e Park Jun-Yong se encaram no card preliminar desse sábado © Fornecido por ESPN John Phillips e Park Jun-Yong se encaram no card preliminar desse sábado

Kutateladze fez sua estreia no UFC, mas nem ele concordou com o resultado dado pelos juízes.


Video: Campeã de tudo, Cris Cyborg revela o que a motiva para seguir lutando e conta 'surpresa' para próximo combate (ESPN)

"Eu não sei como os árbitros marcaram. Eu não estou feliz porque isso não é o que estava esperando. Gamrot, você é um guerreiro, eu te disse que essa era sua luta", disse o georgiano, no octógono.

O combate foi equilibrado e com ambos os lutadores mostrando um bom arsenal. No entanto, vários especialistas nas redes sociais de fato apontaram vitória de Gamrot, mas ela não se concretizou.

Essa foi a 12ª vitória do Viking Georgiano em 14 lutas no MMA. Já Gamrot, que também fez sua estreia no UFC, perdeu pela primeira vez em 18 lutas na carreira.

Interesses políticos e descaso social alimentaram Revolta da Vacina em 1904 .
Vacinação forçada foi discutida no Congresso. Minoria tentou derrubar projeto. Sanção provocou insatisfação popularDocumentos históricos guardados no Arquivo do Senado mostram que interesses políticos não declarados se aproveitaram da questão de saúde pública e fustigaram os cariocas a partir com tudo para o quebra-quebra.

usr: 4
Isto é interessante!