Esportes Vela: Martine e Kahena sobem para terceira posição, mas Scheidt cai para sexto na classificação geral

16:27  30 julho  2021
16:27  30 julho  2021 Fonte:   lance.com.br

Semana de Vela de Ilhabela ganha destaque na Porsche Cup

  Semana de Vela de Ilhabela ganha destaque na Porsche Cup Piloto Gustavo Farah adesivou logomarca do maior evento de vela da América do Sul no capô para correr etapa de Interlagos neste fim de semana. Neste sábado, ele ficou em terceiroQuem levou o tradicional evento para o automobilismo foi Gustavo Farah, piloto de competição e sócio do Yacht Club de Ilhabela (YCI), que promoverá a divulgação na terceira etapa da Porsche Cup. O carro é um 911 GT3 Cup 3.8 type 991 e integra a categoria GT3 Cup 3.8 Trophy.

O dia foi bom para as velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze, que subiram para a terceira posição na classe 49er FX nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O bicampeão olímpico Robert Scheidt, da Laser, caiu do quarto para o sexto lugar, mas segue entre os melhores. As regatas aconteceram na madrugada desta sexta-feira (30) e seguem no sábado. As classes competem em dez regatas, e os 10 melhores barcos de classificam pra a medal race, a regata da medalha.

Martine e Kahena ao lado de Torben Grael. Detalhes podem fazer a diferença em Tóquio (Foto: World Sailing) © Martine e Kahena ao lado de Torben Grael. Detalhes podem fazer a diferença em Tóquio (Foto: World Sa... Martine e Kahena ao lado de Torben Grael. Detalhes podem fazer a diferença em Tóquio (Foto: World Sailing)

470

Velejadores brasileiros mantêm bons resultados nos Jogos Olímpicos em meio a condições imprevisíveis

  Velejadores brasileiros mantêm bons resultados nos Jogos Olímpicos em meio a condições imprevisíveis Campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze se recuperam em Enoshima e o bicampeão olímpico Robert Scheidt mostra que está pronto para sua sexta medalhaO bicampeão olímpico Robert Scheidt, que tenta seu sexto pódio olímpico e sete edições, é o terceiro colocado na classificação geral. O atleta paulista teve o seu melhor desempenho até aqui terminando com 33 pontos, 15 a mais que o primeiro colocado Pavlos Kontides do Chipre que acumulou 18.

No feminino, Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan ficaram em sétimo e sexto lugar nas regatas de hoje. Na classificação geral, elas caíram para a sexta posição após seis regatas disputadas.

Já no masculino, Henrique Haddad e Bruno Bethlem ficaram em 13º e 14ª posição nas quintas e sextas regatas. E estão provisoriamente em 14ª lugar na classificação geral.

LASER


Video: Grande Prêmio de F1 da Hungria (AFP)

Jogos Olímpicos de Tóquio têm cenário parecido com da Rio-2016 nas regatas de 49erFX

  Jogos Olímpicos de Tóquio têm cenário parecido com da Rio-2016 nas regatas de 49erFX Martine Grael e Kahena Kunze podem confirmar vaga na medal race neste sábado; Robert Scheidt ainda tem chances de pódio no Japão+ Torcem para quem? Saiba o time do coração de diversos atletas brasileiros dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Robert Scheidt chegou apenas na 24ª colocação em sua nona regata. Já na sua décima regata, o brasileiro chegou em 16ª lugar. Essa piora no desempenho fez o iatista cair para sexto na classificação geral.

49er FX

Representando o Brasil com um excelente desempenho, a dupla Martine Grael e Kahena Kunze ficou em terceiro em todas as três regatas do dia. E por isso subiram para o terceiro lugar na classificação geral.

49er

Marco Grael e Gabriel Borges caíram para 16º na classificação geral, após ficar na 16º posição nas três regatas do dia.

CONFIRA ABAIXO O QUADRO DE MEDALHAS ATUALIZADO

Grael x Rezende: Famílias brigam medalha por medalha pelo topo nos Jogos Olímpicos .
Irmãos Grael veem o legado da família continuar com o bicampeonato de Martine; Bernardinho saiu do comando do vôlei masculino, mas tem Bruninho em Tóquio buscando a segunda medalha de ouro olímpica na carreiraA família Grael tem história na vela e também em Olimpíadas. No total, são nove medalhas olímpicas, contando as façanhas dos irmãos Torben e Lars, além de Martine, bicampeã da categoria 49er FX em Tóquio. Quem também sabe o que é vencer em Jogos Olímpicos é Bernardinho, ex-técnico da seleção brasileira de vôlei (feminina e masculina) e próximo comandante da França, visando a Olimpíada de 2024, em Paris.

usr: 1
Isto é interessante!