Esportes Engajamento e nova fonte de renda para os clubes de futebol: saiba o que são os fan tokens

15:07  13 outubro  2021
15:07  13 outubro  2021 Fonte:   lance.com.br

Renata Fan nega 'empurrão' em cabeleireira e reclama: 'Hoje as pessoas só querem inventar'

  Renata Fan nega 'empurrão' em cabeleireira e reclama: 'Hoje as pessoas só querem inventar' Imagem de apresentadora antes do início do 'Jogo Aberto' de quarta-feira viralizou com a especulação de uma agressão> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

O mercado dos criptoativos chegou ao futebol. Clubes poderosos da Europa, como Atlético de Madrid, Barcelona, Galatasaray, Juventus, Manchester City, Milan, Paris Saint-Germain e Roma são alguns que já aderiram a esse modelo de negócio.

Flamengo, Corinthians e outros clubes brasileiros aderiram aos fan tokens (FOTO: Montagem LANCE!) © Flamengo, Corinthians e outros clubes brasileiros aderiram aos fan tokens (FOTO: Montagem LANCE!) Flamengo, Corinthians e outros clubes brasileiros aderiram aos fan tokens (FOTO: Montagem LANCE!)

Saiba os valores pagos por 15 clubes que já foram vendidos

Rueda revela entrada de R$ 30 milhões com tokens no Santos

  Rueda revela entrada de R$ 30 milhões com tokens no Santos Presidente do Peixe informou que os dois contratos serão assinados nas próximas semanasNos próximos dias, os cofres do Santos terão uma entrada de cerca de R$ 30 milhões por meio de tokens. A expectativa é que o dinheiro seja utilizado para o pagamento de contas a curto prazo.

De olho nesse movimento e oportunidade de novas receitas, além da aproximação com o torcedor, clubes brasileiros começaram a apostar nos fan tokens, ativos digitais voltados para o futebol. Atlético Mineiro, Cruzeiro, Corinthians, São Paulo, Coritiba e Vasco são alguns que já lançaram suas moedas, enquanto o Flamengo vai lançar a sua na próxima terça-feira (19).

Os fan tokens (FTOs) são representações digitais de ativos reais, fracionadas e protegidas por criptografia. Dessa forma, qualquer ativo do clube pode ser tokenizado e vendido em partes para pessoas interessadas.

- É uma fonte de receita com muito pouco custo aos clubes, um modelo que está ligado ao engajamento da torcida, não têm outra coisa. É um sócio-torcedor com outras características - explicou ao LANCE! Flávio Sivieiro, que trabalha na UniProof, empresa de blockchain (empresa que presta serviços de criptomoedas).

Forbes 400: Conheça as mulheres mais ricas dos Estados Unidos

  Forbes 400: Conheça as mulheres mais ricas dos Estados Unidos Norte-americanas representam apenas 14% do ranking Forbes 400 deste ano; juntas, as 56 bilionárias somam fortuna de US$ 564 bilhões []Um total de 56 bilionárias integra a lista deste ano. Ainda que o número seja o mesmo de 2020, a fortuna somada de todas elas é US$ 100 bilhões maior que a do ano passado do que a de 2020, chegando à marca de US$ 564 bilhões.

Outro aspecto positivo dos fan tokens é que não há nenhuma validade estabelecida. Enquanto a pessoa estiver em posse de um ou mais, poderá usufruir de todos os benefícios que lhe convém.

Flávio Sivieiro explicou como funciona o mecanismo de compra e venda dos tokens:

- Quando tem a oferta primária, no momento que são distribuídos ao mercado, o clube que define o preço. Ele define não apenas o valor, como também a quantidade de tokens que serão emitidos. A partir daí, você têm a plataforma de bitcoin selecionada pelo clube, e você pode vender para quem você quiser, desde que esteja cadastrado na plataforma. E aí é oferta e procura, não tem nada que define o preço, a não ser a disposição da pessoa em pagar - apontou.

Vasco, pioneiro no Brasil

Em dezembro de 2020, o Vasco foi o primeiro clube brasileiro a apostar nas fan tokens para captar novos recursos. O Cruz-Maltino se filiou à empresa Mercado Bitcoin e passou a comercializar direitos de créditos que o Mecanismo de Solidariedade garante aos clubes sobre as transferências de atletas formados na base.

Vai pegar? Flamengo explica como funcionará o Fan Token

  Vai pegar? Flamengo explica como funcionará o Fan Token Uma das novidades prometidas pela diretoria do Flamengo aos torcedores se trata do Fan Token da Nação. E pelas redes sociais, o clube divulgou quando a estrutura irá começar a funcionar: 19 de outubro. E também pelo Twitter houve uma explicação de como funcionará este sistema que está sendo implementado em grandes clubes do Brasil e do mundo. Saiba tudo sobre o $MENGO, o fan token da Nação!#patrocínio #SociosFla @sociosdotcom pic.twitter.com/vxZe016cAh — Flamengo (@Flamengo) October 11, 2021 Um "fã token" é um ativo digital que permite que ao torcedor participar do dia a dia do clube.

Cada token corresponderá a 1/500.000 dos valores a serem recebidos pelo mecanismo de solidariedade dos jogadores*.

O Mercado Bitcoin comprou do Vasco 20% dos tokens pelo valor de R$10 milhões e receberá, adicionalmente, 5% dos tokens pela prestação dos serviços de operacionalização. O Cruz-Maltino ficará com os demais 75% dos tokens e poderá colocá-los à venda a qualquer momento após a negociação dos 20% adquiridos pelo empresa, remanescendo com uma participação mínima a todo tempo de 25%.

Dentre os 12 jogadores formados no Vasco dos quais é possível captar por meio do Mecanismo de Solidariedade estão Philippe Coutinho (Barcelona), Paulinho (Bayer Leverkusen), Allan (Everton), Alan Kardec (Chongqing Dangdai), Marrony (Midtjylland) e outros.

O Cruzeiro, com a Talentos da Toca (CRZ0), lançou um modelo parecido ao do Vasco, mas o criptoativo da Raposa é referente aos jogadores das categorias de base.

Corinthians e a interação com a Fiel Torcida

Ronaldo Fenômeno será imortalizado na sede social do Corinthians com um busto. Com 63,58% dos votos, ele superou Basílio e Gilmar dos Santos Neves na eleição, em que somente os portadores dos tokens do Timão ($SCCP) puderam participar.

Com maior oferta da América Latina, venda de fan tokens do Flamengo começa na terça

  Com maior oferta da América Latina, venda de fan tokens do Flamengo começa na terça Inicialmente, serão ofertados 1,5 milhão de fan tokens a preço inicial de 2 dólaresO preço dos Fan Tokens $MENGO será de US$2, sendo a única oportunidade de os torcedores comprarem os ativos por um preço fixo. O número de Fan Tokens que cada usuário poderá comprar será controlado, para garantir que o maior número de torcedores possa participar dessa oportunidade. A primeira leva, das 10h às 12h, terá o limite de 100 Fan Tokens $MENGO por usuário. Na segunda leva, a partir das 12h, o limite irá aumentar para 250.

Como cada unidade tem um peso. Assim, quem adquiriu mais, tem maior poder de decisão sobre o assunto colocado em votação na plataforma.

Esse é apenas um dos exemplos do que Corinthians, Atlético-MG, e futuramente Flamengo, apostam para atrair seus torcedores no mercado das fan tokens. Vale ressaltar que os três clubes citados estão filiados à empresa Sócios.com.

O clube paulista divulgou ao público o projeto em 1º de setembro, data que marcou os 111 anos de sua fundação. O primeiro dia de vendas do $SSCP foi considerado um sucesso. Em menos de duas horas, todas as 850 mil unidades disponibilizadas pela Sócios.com foram comercializadas, quebrando o recorde de vendas nacional. O sistema da empresa chegou a sair do ar por conta do tamanho da demanda.

- Venho aqui muito emocionado em nome do clube para dizer um sonoro e gigante muito obrigado. Vocês invadiram o aplicativo da Socios.com durante o lançamento da nossa FTO, o fan token do Corinthians, e o sistema ficou lento e atrasou o processo. Mesmo assim, foi um sucesso total! Toda a oferta inicial se esgotou rapidamente. Vocês mostraram mais uma vez para o mundo que, quando a Fiel se apresenta, a estrutura não aguenta - disse José Colagrossi Neto, superintendente de marketing do Corinthians, em vídeo divulgado nas redes sociais do clube.

Bombou! Flamengo anuncia mais de 1 milhão de fan tokens vendidos em tempo recorde no mundo

  Bombou! Flamengo anuncia mais de 1 milhão de fan tokens vendidos em tempo recorde no mundo Nova leva de vendas de Fan Tokens $MENGO ocorrerá no dia 26 de outubroA primeira leva, das 10h às 12h, teve o limite de 100 Fan Tokens $MENGO por usuário. Na segunda leva, programada para as 12h, o limite aumentou para 250. Cabe destacar que, por conta da elevada procura, o aplicativo da "Socios.com" apresentou instabilidade e não concluiu o processo de alguns interessados.

Conforme divulgado oficialmente pelo Timão, 50% dos fan tokens foram negociados no exterior, mais precisamente em 150 países diferentes. Cada unidade foi vendida a 2 dólares (aproximadamente R$ 10).

Dessa forma, a arrecadação na oferta inicial foi de 1,7 milhão de dólares (cerca de R$ 8,7 milhões). Embora os detalhes do acordo entre o Corinthians e a Socios.com não tenham sido revelados, a expectativa é que, assim como o Galo, o Timão fique com 50% do valor gerado pelas vendas dos FTOs. Atualmente, o $SCCP está sendo negociado por 2,71 dólares (cerca de R$ 15 reais), enquanto o $GALO está saindo 2 dólares (R$ 10 reais).

Valorização dos ativos

A $SCCP possibilitou a maior contratação do Timão na temporada. Em entrevista do programa “Jogo Aberto”, da Band, Duílio Monteiro Alves, presidente do Timão, disse que a parceria com a Sócios.com ajudou na chegada de Willian.

Devido às ações envolvendo tanto o aniversário do clube quanto as chegadas de Willian e Róger Guedes, entre os dias 1º e 7 de setembro, o Corinthians foi o clube brasileiro com mais interações nas redes sociais, com 16, 9 milhões. Não à toa, durante esse período, o $SCCP registrou uma valorização superior a 100%.

Interações - Corinthians Setembro © Timão foi o clube com mais interações nas redes sociais na semana do seu aniversário (Foto: Divulgaç... Interações - Corinthians Setembro

Timão foi o clube com mais interações nas redes sociais na semana do seu aniversário (Foto: Divulgação/Samba Digital)

Uma das grandes dúvidas que um potencial comprador pode ter em relação aos fan tokens está no retorno financeiro.

Flamengo bate recorde e Fan Tokens esgotam em menos de três horas

  Flamengo bate recorde e Fan Tokens esgotam em menos de três horas A Fan Token $MENGO foi lançada na manhã desta terça-feira, 17, como a maior oferta dos ativos digitais do aplicativo Socios.com da América Latina, e a segunda maior do mundo, perdendo apenas para a do Arsenal, da Inglaterra. A oferta foi iniciada às 10h da manhã, com a primeira leva que foi até as 12h, uma nova foi lançada às 12h, antes das 13h a empresa responsável pela venda dos ativos informou que as Fan Tokens haviam esgotado. Em parceriaEm parceria com a Chiliz, fornecedora de blockchain para a indústria de esportes e entretenimento o clube disponibilizou um milhão e meio de Fan Tokens $MENGO e apesar de o aplicativo da Sócios.

Em entrevista ao "GE", Danilo Fratangelo, gerente de Inovação do Timão, explicou como o engajamento do público valoriza os fan tokens.

- O fan token é um passe para engajar em interações com o Corinthians que envolvem escolhas, e que acontecem exclusivamente dentro da plataforma do nosso parceiro. Como muitas pessoas ao redor do mundo querem ter esse passe e desfrutar dessas interações com o Corinthians, construiu-se o ecossistema com a lógica de que esse passe possa ser comprado e revendido. A oferta inicial é o único momento em que o preço de venda é definido (no caso, U$2 cada fan token). A partir do momento posterior à oferta inicial em que o ativo é listado (no nosso caso, dia 09/09), abre-se a livre comercialização entre todas as partes que o detêm naquele momento. E a partir daí o seu preço é determinado, a cada segundo, pela quantidade de pessoas que desejam comprar em relação a quantidade de pessoas que desejam vender - ponderou Danilo.

Um mar de possibilidades

Embora os modelos de fan tokens usadas por Vasco e Corinthians sejam lucrativos e benéficos aos torcedores, Flávio Sivieiro acredita que existam diversas formas de explorar as vantagens que essa criptomoeda pode oferecer.

- Há muitas outras opções para explorar com os fan tokens. Um exemplo seria: “Quem comprar token, têm direito a cadeira cativa no estádio do seu time”. São infinitas as possibilidades. A vantagem do token que é você poder passar para outra pessoa sem consultar o clube. Quando você quer vender o título da cadeira cativa, tem que ir na diretoria do clube, trocar documentos. Com o token, é possível comercializar com mais facilidade, além de transferir os direitos que o token lhe dá. É uma espécie de título ao portador - disse.

Para Flávio, como os FTOs ainda são novos no Brasil, os clubes que não lançaram suas moedas podem analisar e explorar diferentes estratégias.

*O mecanismo de solidariedade é um direito previsto no Regulamento de Transferências da FIFA e na Lei Pelé, que foi criado no início dos anos 2000 com o objetivo de incentivar os clubes a formar atletas.

Isso permite que até 5% do valor total de cada transferência internacional e nacional de um atleta seja dividido proporcionalmente a todos os clubes pelos quais aquele atleta passou até completar 23 anos para as transferências internacionais e 19 anos para transferências nacionais.

Flamengo vende 1 milhão de Fan Tokens em 12 minutos e bate recorde mundial .
O Flamengo iniciou na manhã desta terça-feira a venda de seus fan tokens, batizado de Fan Token $Mengo. O sucesso da iniciativa foi estrondoso e o clube bateu o recorde mundial de velocidade de vendas dessa modalidade. Os fan tokens são moedas digitais que os torcedores poderão trocar por uma série de produtos, participar mais ativamente da vida do clube, ter acesso a conteúdos exclusivos, além de muitas outras possibilidades. O sucesso desta iniciativa na Europa é grande e está agora chegando ao Brasil.A abertura das vendas se deu às 10 da manhã no horário de Brasília e alcançou 1 milhão de unidades em apenas 12 minutos.

usr: 5
Isto é interessante!