Esportes Presidente do Cruzeiro fala sobre reunião com atletas e nega que haja 6 meses de atrasos de funcionários

05:08  16 outubro  2021
05:08  16 outubro  2021 Fonte:   lance.com.br

Cruzeiro lança marca própria para outros esportes do clube

  Cruzeiro lança marca própria para outros esportes do clube A “Artiglio” (“garra” em italiano), marca própria de produtos do clube Celeste para os esportes especializados , que traz como logotipo a marca da pata de uma raposa, mascote oficial azul e branco, com a silhueta de uma estrela ao centro. Completam o símbolo garras que deixam arranhões, inclinadas a 42° em alusão ao ano de transição de Palestra Itália para Cruzeiro, dando sensação de movimento ao ícone.

O presidente do Cruzeiro não deu uma entrevista coletiva para falar sobre as novas e antigas dificuldades da Raposa, que tem seu elenco principal em greve, por salários atrasados, funcionários insatisfeitos e uma pressão enorme sobre sua gestão. Sérgio Santos Rodrigues fez um pronunciamento e apenas falou, tentando explicar o cenário do clube, porém, sem acrescentar muito do que já se sabe.

Ele comentou sobre a reunião com empresários para mostrar o caos financeiro e espera que na próxima segunda-feira, haja alguma novidade sobre soluções que amenizem mais uma crise da Raposa. Confira nos vídeos o que disse o dirigente, que também falou sobre suas viagens à Europa, alvos de críticas dos torcedores.

Pandora Papers: lista de celebridades e políticos ligados a paraísos fiscais

  Pandora Papers: lista de celebridades e políticos ligados a paraísos fiscais Pandora Papers: lista de celebridades e políticos ligados a paraísos fiscais

Sérgio tentou amenizar o ambiente tumultuado no Cruzeiro em seu pronunciamento © Sérgio tentou amenizar o ambiente tumultuado no Cruzeiro em seu pronunciamento-(Bruno Haddad/Cruzeir... Sérgio tentou amenizar o ambiente tumultuado no Cruzeiro em seu pronunciamento

Sérgio tentou amenizar o ambiente tumultuado no Cruzeiro em seu pronunciamento-(Bruno Haddad/Cruzeiro)

Diretoria do Cruzeiro pede que processos sejam julgados pelo mesmo juiz .
O Cruzeiro vive uma crise financeira e muitos processos judiciais contra o clube por causa de atrasos de pagamentos e outros débitos. E esses processos causam muitos prejuízos para o Cruzeiro, principalmente quando se tem penhora ou execução da dívida. Por isso os diretores do Departamento Jurídico do Cruzeiro foram até o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e se reuniram com o desembargador Gilson Soares Lemes, presidente do TJMG. Na conversa, pediram para que os processos do clube corram na mesma vara e sejam julgados por um mesmo juiz. O argumento jurídico para o pedido vem da Nova Lei da Sociedade Anônima de Futebol (Lei 14.193, de 6 de agosto de 2021).

usr: 1
Isto é interessante!