Esportes Chapecoense é condenada a pagar R$ 14 milhões para família do ex-zagueiro Thiego

03:26  28 outubro  2021
03:26  28 outubro  2021 Fonte:   lance.com.br

Fora de casa, Chapecoense mais venceu do que perdeu para o Bahia na história

  Fora de casa, Chapecoense mais venceu do que perdeu para o Bahia na história Adversários da próxima rodada do Campeonato Brasileiro se encontraram nessas condições em quatro oportunidades>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Thiego fazia parte da dupla de zaga da Chapecoense que chegou a final da Copa Sul-Americana em 2016 e faleceu em acidente do voo que levava a delegação para a decisão da competição (Foto: Divulgação) © Thiego fazia parte da dupla de zaga da Chapecoense que chegou a final da Copa Sul-Americana em 2016 ... Thiego fazia parte da dupla de zaga da Chapecoense que chegou a final da Copa Sul-Americana em 2016 e faleceu em acidente do voo que levava a delegação para a decisão da competição (Foto: Divulgação)

A Justiça do Trabalho decidiu que a Chapecoense deverá pagar cerca de R$ 14 milhões para a família do ex-zagueiro Thiego. De acordo com o jornal 'O Globo', o valor representa danos morais, materiais e 'outras pendências financeiras' da viúva e duas filhas do ex-atleta que morreu no acidente aéreo do voo LaMia 2933 - que vitimou quase toda a delegação do clube a caminho da disputa da final da Copa Sul-Americana.

Bahia vence a Chapecoense por 3 x 0 e coloca Santos na zona do rebaixamento no Brasileirão

  Bahia vence a Chapecoense por 3 x 0 e coloca Santos na zona do rebaixamento no Brasileirão Bahia atropela a Chapecoense neste domingo, na Fonte Nova, pelo Campeonato Brasileiro, faz 3 x 0 e coloca o Santos na zona do rebaixamento. Os donos da casa massacram a já rebaixada Chape e ficam a dois pontos, do primeiro colocado no Z-4 da competição. O placar foi aberto rapidamente na Fonte Nova, Gilberto aproveitou cruzamento de Nino e colocou a bola na rede. O segundo tento veio aos 19 minutos, ainda da primeira etapa, com Raí Nascimento, que acertou um belo chute. E no segundo tempo, Luiz Otávio faz valer a lei do ex e marca de cabeça, fazendo 3 x 0 Bahia.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

Em decisão unânime, os desembargadores da 6ª turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª região condenaram a Chapecoense a indenizar a viúva e as duas filhas do ex-zagueiro Thiego. Os magistrados rejeitaram o recurso do clube que pretendia reverter a decisão em primeira instância.

De acordo com o jornal 'O Globo', o valor é referente aos direitos de imagem, aos prejuízos inerentes ao acidente do avião, e à diferenças no seguro de vida e de acidentes pessoais de Thiego.

+ Árbitro agredido reclama de punição ao atleta e mais do Fora de Campo!

VOO LAMIA 2933

Souza usa luta contra as drogas para atacar Casagrande em caso de homofobia no vôlei: 'Se faz de vítima'

  Souza usa luta contra as drogas para atacar Casagrande em caso de homofobia no vôlei: 'Se faz de vítima' Comentarista da Globo fez duras críticas ao jogador de vôlei Maurício Souza: 'Homofóbico, covarde e mau-caráter'> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

​Em 28 de novembro de 2016, o voo 2933 da companhia LaMia saindo do Aeroporto Internacional Viru Viru, na Bolívia, com destino ao Aeroporto José María Córdova, na Colômbia, caiu e deixou 71 mortos. O avião transportava a delegação da Chapecoense que iria enfrentar o Atlético Nacional (COL) pela final da Copa Sul-Americana, além de jornalistas e convidados.

Apenas 6 pessoas sobreviveram à queda que aconteceu na Colômbia. Entre elas, os atletas Alan Ruschel, Jakson Follman e Neto, o jornalista Rafael Henzel, a comissária de bordo Ximena Suárez e o técnico de voo Erwin Tumiri.

A controladora de voo Celia Castedo Monasterio aprovou o plano descrito pelo piloto da aeronave, onde mostrava que o avião não tinha combustível para uma situação de emergência.

Renato Gaúcho não poupa arbitragem após empate com a Chapecoense e se revolta: "É o beabá de uma criança de cinco anos" .
O Flamengo apenas empatou nesta noite com a Chapecoense fora de casa e deixou de encostar ainda mais no líder do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG. Renato Gaúcho comentou sobre os erros de arbitragem na entrevista coletiva após a partida. O treinador não poupou às críticas sobre a arbitragem no jogo desta noite: "Amanhã todo mundo vai falar que o Renato está dando desculpa porque não conseguiu vencer a partida. Concordo que cometemos erros contra uma equipe praticamente rebaixada, mas que sempre teve nosso respeito. Não gosto de falar de arbitragem, mas não dá para não falar mais. Os dois erros que aconteceram foram inacreditáveis.

usr: 1
Isto é interessante!