Esportes Krejcikova sofre com o calor e perde nas quartas do Australian Open

10:01  25 janeiro  2022
10:01  25 janeiro  2022 Fonte:   lance.com.br

Calor dos oceanos bate recordes em 2021, alerta estudo

  Calor dos oceanos bate recordes em 2021, alerta estudo Segundo a pesquisa, o padrão de aquecimento dos oceanos é resultado de mudanças na composição atmosférica relacionadas com a atividade humana O post Calor dos oceanos bate recordes em 2021, alerta estudo aparece primeiro no Go Outside.

Campeã de Roland Garros e atual quarta do mundo, a tcheca Barbora Krejcikova foi mais uma vítima do forte calor em Melbourne, na Austrália, primeiro Grand Slam do ano, ao ser eliminada nesta terça-feira nas quartas de final.

Tennis Australia © Tennis Australia Tennis Australia

Krejcikova caiu diante da americana Madison Keys, 51ª colocada, por 2 sets a 0 com fáceis 6/3 6/2 após 1h25min. Krejcikova pediu atendimento pouco antes do fim do primeiro set com pressão baixa e sofrendo muito com a temperatura acima dos 30º C em Melbourne. Em algumas bolas ela nem ia. Chegou a lutar no segundo set, mas a rival aproveitou as oportunidades, quebrou duas vezes e fechou.

Caso Djokovic: autoridades sérvias ajudaram o tenista a falsificar teste, diz investigação

  Caso Djokovic: autoridades sérvias ajudaram o tenista a falsificar teste, diz investigação A novela envolvendo o tenista Novak Djokovic aparenta estar longe do fim. Nesta terça-feira (11), jornalistas alemães da revista Der Spiegel revelaram uma investigação provando que o número 1 do mundo recebeu ajuda das autoridades sérvias para falsificar um teste positivo de Covid-19. De acordo com a publicação, o selo virtual do teste realizado no dia 16 de dezembro, na verdade entrou no sistema sérvio somente no dia 26, às 14h21, quatro dias posteriores ao exame ter dado negativo no período da tarde do dia 22. A informação rebate o que os advogados de Djokovic afirmaram, na qual se mostrou que o tenista fez o teste numa data antes do que alegaram, e não depois.


Video: Quarta dose para imunossuprimidos (AFP)

Keys, que vem de título no WTA 250 de Adelaide, na Austrália, alcança sua quinta semifinal de Grand Slam. Ela tem final do US Open em 2017, atinge pela segunda vez a semi na Austrália repetindo 2015, fez semi em Roland Garros em 2018 e no mesmo ano alcançou as semis em Nova York.

Sua rival em busca de final inédita na Austrália sai do duelo entre a australiana Ashleigh Barty, número 1 do mundo, e a americana Jessica Pegula, 21ª favorita.

Bia Maia segue fazendo história e vai à semi de duplas do Australian Open .
Brasileira busca igualar feito de Maria Esther Bueno que fez sua última final de Slam em 1968A dupla da paulistana virou contra a sueca Rebeca Petterson e a russa Anastasia Potapova com parciais de 4/6 7/5 6/3 após 2h03min de duração na quadra Kia Arena.

usr: 1
Isto é interessante!