Esportes: Clássico ucraniano tem ofensas racistas contra brasileiros do Shakhtar; Dentinho e Taison se revoltam e choram - - PressFrom - Brasil

Esportes Clássico ucraniano tem ofensas racistas contra brasileiros do Shakhtar; Dentinho e Taison se revoltam e choram

20:10  10 novembro  2019
20:10  10 novembro  2019 Fonte:   espn.com.br

Taison e Dentinho se pronunciam nas redes sociais após atos de racismo

  Taison e Dentinho se pronunciam nas redes sociais após atos de racismo Taison e Dentinho se pronunciam nas redes sociais após atos de racismoO clássico do Campeonato Ucraniano entre Shakhtar Donetsk e Dínamo de Kiev, no último domingo, foi marcado por casos de racismo endereçados aos brasileiros Dentinho e Taison. Os dois deixaram o gramado chorando e se pronunciaram em suas redes sociais após o ocorrido.

O clássico ucraniano entre Shakhtar Donetsk e Dínamo de Kiev foi marcado por mais um caso de racismo, desta vez por parte da torcida visitante contra os brasileiros Ofensas racistas da torcida do Dynamo de Kiev contra jogadores do Shakhtar , Taison e Dentinho . pic.twitter.com/WLM1hR462K.

Os xingamentos foram direcionados aos brasileiros , e Taison se revoltou em campo. O atacante deixou o campo chorando pelo ocorrido. Dentinho , seu companheiro de time, também demonstrou revolta com a O Shakhtar venceu por 1 a 0 e disparou ainda mais na liderança do Ucraniano .

Taison chora após ofensas racistas da torcida do Dynamo de Kiev© Reprodução Taison chora após ofensas racistas da torcida do Dynamo de Kiev

O clássico ucraniano entre Shakhtar Donetsk e Dínamo de Kiev foi marcado por mais um caso de racismo, desta vez por parte da torcida visitante contra os brasileiros Dentinho e Taison.

A partida acontecia no Metalist, estádio do Shakhtar, e a torcida visitante e rival estava em bem menor número.

Como resposta aos insultos, Taison mostrou o dedo do meio e chutou a bola em direção aos torcedores rivais. O árbitro da partida escutou o que estava acontecendo e chamou os jogadores para deixarem o campo.

Todos os jogadores do Shakhtar estavam deixando o campo, os brasileiros, inclusive, choravam com a situação após o estresse inicial.

Sindicato de jogadores tenta tirar cartão vermelho de Taison por reação a ofensas racistas

  Sindicato de jogadores tenta tirar cartão vermelho de Taison por reação a ofensas racistas Sindicato de jogadores tenta tirar cartão vermelho de Taison por reação a ofensas racistasOs torcedores visitantes ofenderam os brasileiros Taison e Dentinho e o ex-jogador do Internacional reagiu mostrando o dedo do meio e jogando a bola em direção à torcida. Por conta de suas atitudes, Taison foi expulso pela arbitragem.

© Reprodução Taison chora após ofensas racistas da torcida do Dynamo de Kiev. O clássico ucraniano entre Shakhtar Donetsk e Dínamo de Kiev foi marcado por mais um caso de racismo, desta vez por parte da torcida visitante contra os brasileiros Dentinho e Taison . A partida acontecia no

Dentinho e Taison se revoltam e choram em campo. O clássico ucraniano entre Shakhtar e Dínamo de Kiev foi marcado por mais um caso de racismo, desta vez por A partida acontecia no Metalist, estádio do Shakhtar em Kharkiv, e a torcida visitante e rival estava em bem menor número.

Jogadores do Dynamo se dirigiram à torcida para pedir que parassem e o jogo pudesse recomeçar.

No entanto, por ter mostrado o dedo para a torcida e jogado a bola em sua direção, Taison foi expulso pelo árbitro aos 82 minutos.

O jogo foi retomado dois minutos depois do brasileiro deixar o campo e terminou em vitória para o Shakhtar Donetsk por 1 a 0, com gol de Krystov, e uma vantagem de 13 pontos na liderança do campeonato.

Os jogadores comemoram muito a vitória que terminou com um clima tenso e pressão do Dynamo.

_______________________

Ucrânia diz que Taison tinha que ser responsabilizado por reação a ofensa .
Ucrânia diz que Taison tinha que ser responsabilizado por reação a ofensa(Reuters) - A federação ucraniana de futebol defendeu a decisão de aplicar uma suspensão de uma partida ao atacante Taison, do Shakhtar Donetsk, dizendo que o jogador brasileiro precisava ser responsabilizado por sua reação a insultos racistas do público.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 42
Isto é interessante!