Esportes: Porta-voz de MBL-BH foi detido suspeito de chutar cozinheira e chamá-la de 'crioula' - - PressFrom - Brasil

Esportes Porta-voz de MBL-BH foi detido suspeito de chutar cozinheira e chamá-la de 'crioula'

20:30  11 novembro  2019
20:30  11 novembro  2019 Fonte:   msn.com

Suspeito de matar Marielle contradiz porteiro do condomínio de Bolsonaro

  Suspeito de matar Marielle contradiz porteiro do condomínio de Bolsonaro Suspeito de matar Marielle contradiz porteiro do condomínio de BolsonaroO advogado Henrique Telles, que defende o ex-PM, diz a questão já havia sido elucidada em depoimento. Segundo o advogado, Élcio foi encontrar-se com Ronnie Lessa, também suspeito do crime. O porteiro teria anotado incorretamente o número da casa informado por Élcio.

© Facebook/Reprodução. O administrador Thiago Dayrell , de 24 anos, foi autuado em flagrante pelos crimes de injúria racial e vias de fato suspeito de chutar e chamar de " crioula " a cozinheira Eliana da Silva , de 43 anos.

O administrador Thiago Dayrell, de 24 anos, foi autuado em flagrante pelos crimes de injúria racial e vias de fato suspeito de chutar e chamar de " crioula " a cozinheira Eliana O jovem se apresenta nas redes sociais como porta - voz do Movimento Brasil Livre ( MBL ) e "amante da boa política".

  Porta-voz de MBL-BH foi detido suspeito de chutar cozinheira e chamá-la de 'crioula' © Facebook/Reprodução

O administrador Thiago Dayrell, de 24 anos, foi autuado em flagrante pelos crimes de injúria e vias de fato suspeito de chutar e chamar de "crioula" a cozinheira Eliana da Silva, de 43 anos. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), o caso de injúria e agressão teria ocorrido por volta das 23h44 do sábado (9) no restaurante Takos Mexican Bar, na Savassi, Região Centro-sul de Belo Horizonte. O jovem se apresenta nas redes sociais como porta-voz do Movimento Brasil Livre (MBL) e "amante da boa política".

Os policiais foram acionados pelo gerente do estabelecimento depois que Thiago teria agredido a cozinheira. Segundo a versão de testemunhas, Thiago chegou ao bar "gritando", quando foi abordado pelo gerente, que pediu para que ele baixasse o tom de voz. O gerente contou à polícia que o jovem jogou o cartão de crédito na operadora de caixa e disse "cobra essa porra logo". Nesse momento, Eliane teria tentado apaziguar a situação, pedindo calma. Foi quando Thiago teria dito "não coloca a mão em mim sua crioula".

Mais de 30 imigrantes ilegais encontrados em caminhão na França

  Mais de 30 imigrantes ilegais encontrados em caminhão na França Mais de 30 imigrantes ilegais encontrados em caminhão na FrançaDurante um controle de trânsito numa estação de pedágio no Sul da França, próximo à fronteira italiana, neste sábado (02/11), a polícia encontrou mais de 30 refugiados paquistaneses escondidos num caminhão. Segundo o Ministério Público de Nice, entre eles encontram-se três adolescentes, e todos foram entregues às autoridades da Itália. O motorista, igualmente originário do Paquistão, foi preso.

Versão de Thiago Dayrell O autointitulado porta - voz do MBL disse aos PMs que entrou no restaurante, pediu uma cerveja e uma refeição, sendo informado que o pedido levaria 10 minutos. Como demorou, ele questionou quanto tempo demoraria para sair o pedido e recebeu a resposta de

O porta - voz do Movimento Brasil Livre ( MBL ) em Belo Horizonte, Thiago Dayrell, foi detido pela polícia na noite deste sábado (9) suspeito de ter agredido De acordo com funcionários ouvidos pela polícia, o porta - voz do MBL também teria chamado a cozinheira de " crioula " durante a discussão.

De acordo com a ocorrência, Thiago chamou o gerente para a briga e teria tentado agredi-lo. Diante da confusão, Eliana tentou separ os dois. Neste momento, ela teria sido agarrado pelo pescoço por Thiago, que a chutou na coxa direita. Foi necessária a interferência de populares para apartar a briga. Thiago estava no bar com a namorada de 22 anos.

O suspeito foi levado para a Central de Flagrantes 2 (Ceflan 2), onde foi autuado em flagrante pelos crimes de injúria e vias de fato, conforme informou a assessoria de imprensa da Polícia Civil de Minas Gerais. Thiago pagou fiança no valor de R$ 1 mil e foi liberado.  No domingo, foi registrado outro caso de injúria racial, quando torcedor do Clube Atlético Mineiro cuspiu no segurança Fábio Coutinho e disse "olha sua cor". Segurança chorou ao lembrar a injúria racial.

Porta-voz de MBL-BH foi detido suspeito de chutar cozinheira e chamá-la de 'crioula'

  Porta-voz de MBL-BH foi detido suspeito de chutar cozinheira e chamá-la de 'crioula' O administrador Thiago Dayrell, 24, foi levado para a Ceflan 2, onde foram registrado o flagrante pelos crimes de injúria racial e vias de fato. O jovem negaOs policiais foram acionados pelo gerente do estabelecimento depois que Thiago teria agredido a cozinheira. Segundo a versão de testemunhas, Thiago chegou ao bar "gritando", quando foi abordado pelo gerente, que pediu para que ele baixasse o tom de voz. O gerente contou à polícia que o jovem jogou o cartão de crédito na operadora de caixa e disse "cobra essa porra logo". Nesse momento, Eliane teria tentado apaziguar a situação, pedindo calma. Foi quando Thiago teria dito "não coloca a mão em mim sua crioula".

O porta - voz do MBL (Movimento Brasil Livre) em Belo Horizonte, Thiago Dayrell, foi Funcionários do estabelecimento relataram que o rapaz de 24 anos também chamou a vítima de “ crioula ” Os funcionários contaram que, ao ver a mulher e ouvir o seu pedido, o porta - voz do MBL em BH teria

Home Notícias BH Porta - voz do MBL em BH é suspeito de chutar cozinheira e O porta - voz do MBL (Movimento Brasil Livre) em Belo Horizonte, Thiago Dayrell, foi detido por policiais militares, na noite desse sábado (9), suspeito de agredir uma das cozinheiras de um restaurante localizado na

Versão de Thiago Dayrell dada à polícia

Thiago disse aos policiais militares que entrou no restaurante, pediu uma cerveja e uma refeição, sendo informado que o pedido levaria 10 minutos. Como demorou, ele questionou quanto tempo demoraria para sair o pedido e recebeu a resposta que seria  mais de 20 minutos. Diante do informado, pediu ao garçom para fechar a conta e dirigiu-se até o caixa para fazer pagamento da cerveja que havia tomado.

Ele teria reclamado do atendimento quando o garçom teria dito "vai se fuder seu merda". Ele alega que um dos garçons o puxou pelo braço, expulsando do estabelecimento. Também afirma que foi empurrado e que o garçom jogou a cadeira contra ele, quando a namorada interviu.  A reportagem entrou em contato com o Thiago. Ele enviou fotos em que aparece com marcas nas pernas e nas costas. Ele alega ser resultado de agressão que sofreu.

Thiago Dayrell afirma ter sido agredido© Arquivo pessoal Thiago Dayrell afirma ter sido agredido

Posição Tako Mexican Bar

Em nota, o Takos Mexican Bar informou que "repudia toda e qualquer forma de preconceito, como o racismo, além de desrespeito ou violência". Disse que "a empresa esclarece, ainda, que está aguardando a apuração da polícia sobre o caso e está colaborando com as infomações necessárias".

___________________________

Grupo de ladrões gera tumulto na festa do título do Flamengo no Rio .
Um dos torcedores deu um grito avisando das criminosas tentativas, o que gerou correria, tumulto e busca por linchamento .Muita correria e princípio de confusão aqui. Um suspeito teria roubado (ou furtado) celulares na multidão #lanceFLApic.twitter.com/UieeZLN6OG— Lazlo Dalfovo (@lazlodalfovo) November 24, 2019A polícia militar e o grupamento do Centro Presente não tardaram para chegar ao epicentro da confusão e evitou maiores violências. A reportagem do LANCE! flagrou um dos suspeitos sendo conduzido, após abordagem e revista das autoridades.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 22
Isto é interessante!