Esportes: Mesmo com diminuição de receita, F1 tem lucro em 2019; veja cifras - - PressFrom - Brasil

Esportes Mesmo com diminuição de receita, F1 tem lucro em 2019; veja cifras

23:30  11 novembro  2019
23:30  11 novembro  2019 Fonte:   msn.com

Conselheiros votam contra a redução de membros vitalícios no Palmeiras

  Conselheiros votam contra a redução de membros vitalícios no Palmeiras Conselheiros votam contra a redução de membros vitalícios no PalmeirasMudar a quantidade de conselheiros com mandato até o fim da vida (são 135 atualmente) tem sido um dos pontos de maior discussão na política do clube recentemente. Em 30 de setembro, quando dois novos foram eleitos conselheiros vitalícios, houve protesto com faixas em frente ao Allianz Parque.

John Malone, Chairman, Greg Maffei, Liberty Media, President and CEO, Liberty Media, and Chase Carey, Chairman, Formula One© Steven Tee / Motorsport Images John Malone, Chairman, Greg Maffei, Liberty Media, President and CEO, Liberty Media, and Chase Carey, Chairman, Formula One

Dona da Fórmula 1, a Liberty Media afirma, por meio de seu CEO Greg Maffei, que a categoria máxima do automobilismo está “no caminho certo” para cumprir suas metas financeiras em 2019. A ‘garantia’ vem após queda de receita no terceiro trimestre em relação ao ano passado.

A Liberty atribui os números ao fato de que houve apenas sete corridas realizadas no período julho-setembro deste ano em comparação a 2018, já que o GP da Áustria de 2019 foi realizado em junho. "A F1 continua mostrando grande impulso e está a caminho de atingir as metas de 2019, beneficiando-se dos últimos dois anos", observou Maffei ao divulgar os resultados financeiros trimestrais da Liberty.

Planos de saúde correm o risco de ficar mais caros com reforma tributária

  Planos de saúde correm o risco de ficar mais caros com reforma tributária Planos de saúde correm o risco de ficar mais caros com reforma tributáriaAs reformas administrativa e tributária são os temas mais espinhosos que o governo vai ter que tratar com o Congresso quando encaminhar a agenda econômica pós-reforma da Previdência ao Legislativo. Enquanto o ministro da Economia, Paulo Guedes, não entrega seu projeto de simplificação tributária, já que prioriza a reforma administrativa, o Parlamento trabalha com duas propostas na área de impostos, uma na Câmara, outra no Senado.

Leia também:

Schumacher "considerou seriamente se aposentar após morte de Senna" em 1994, diz BriatoreAlonso não descarta correr na Stock Car: "Não fecho as portas para nada"Nelsinho Piquet confirma disponibilidade para participar do Extreme E

A receita do terceiro trimestre caiu de US $ 647 milhões (cerca de R$ 2.688.479.100,00) para US $ 633 milhões (aproximadamente R$ 2.630.304.900,00), com a "receita primária" de hospedagem, transmissão e patrocínio caindo de US $ 560 milhões (perto de R$ 2.326.968.000,00) para US $ 553 milhões (cerca de R$ 2.297.880.900,00) e "outras receitas" caindo de US $ 87 milhões (aproximadamente R$ 361.511.100,00) para US $ 80 milhões (na casa dos R$ 332.424.000,00).

No entanto, devido aos custos reduzidos, o lucro operacional permaneceu estável, subindo ligeiramente de US $ 31 milhões (cerca de R$ 128.814.300,00) em 2018 para US $ 32 milhões (aproximadamente R$ 132.969.600,00) este ano, enquanto o EBITDA (lucro operacional antes da depreciação e amortização) caiu de US $ 156 milhões (perto dos R$ 648.226.800,00) para US $ 154 milhões (casa dos R$ 639.916.200,00).

Com problemas de adaptação na Europa, retorno de Wendel é provável em 2020

  Com problemas de adaptação na Europa, retorno de Wendel é provável em 2020 Com problemas de adaptação na Europa, retorno de Wendel é provável em 2020 Wendel despontou como grande promessa no Fluminense em 2017 e chegou ao Sporting, de Portugal, com grande expectativa no ano seguinte. Mas a passagem do volante pelo clube luso tem sido marcada por repetidos casos de indisciplina, e já se fala em um retorno ao Brasil em 2020. Convocado em setembro para a seleção olímpica, Wendel, de 22 anos, tem tido problemas para se firmar no Sporting, e não por conta de suas exibições em campo.

A receita trimestral da F1 depende muito de quantas corridas são realizadas no período, pois afeta não apenas a receita da taxa de corrida, mas também as outras fontes de receita divididas entre os períodos do relatório, bem como a distribuição dos custos.

Os pagamentos das equipes também são impactados pelo calendário, com a receita total compartilhada pelas 10 equipes caindo de US $ 344 milhões (cerca de R$ 1.429.423.200,00) para US $ 335 milhões (aproximadamente R$ 1.429.423.200,00).

Curiosamente, a F1 também confirmou que uma das sete corridas pagou menos do que anteriormente, nos termos de um novo contrato. A Liberty observou: “A receita de promoção da corrida diminuiu devido a uma corrida a menos realizada no terceiro trimestre de 2019 e ao impacto dos termos de renovação de um contrato”.

“A receita de transmissão aumentou principalmente devido aos aumentos nas taxas contratuais. A receita de publicidade e patrocínio aumentou devido à receita de novos contratos de patrocínio. Outras receitas da F1 diminuíram no terceiro trimestre principalmente devido a uma corrida a menos realizada no terceiro trimestre de 2019 e a taxas de produção de televisão não recorrentes no período do ano anterior. ”

Em relação aos custos, Liberty acrescentou: “A receita operacional e o EBITDA ajustado aumentaram no terceiro trimestre, uma vez que o declínio da receita foi mais do que compensado pela redução de custos”.

Quer ver Fórmula 2, Fórmula 3, Indy e Superbike de graça? Inscreva-se no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui.

Vídeo: Brasileirão: melhores momentos de São Paulo 0 x 1 Atlético-PR (Gazeta Esportiva)

Flamengo entra na briga por Bruno Guimarães, diz jornal; Atlético de Madrid tem prioridade .
Flamengo entra na briga por Bruno Guimarães, diz jornal; Atlético de Madrid tem prioridadeBruno Guimarães é uma das grandes promessas do momento no futebol brasileiro, e seu futebol já é muito requisitado na Europa. Segundo Bruno Andrade, jornalista da Goal, na negociação que levou Renan Lodi ao Atlético de Madrid, foi acordado uma preferência na compra de B. Guimarães à equipe espanhola, por 30 milhões de euros.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!