Esportes: R$ 58 milhões atrasam acordo com Caixa, que anima Corinthians até com naming rights da Arena - - PressFrom - Brasil

Esportes R$ 58 milhões atrasam acordo com Caixa, que anima Corinthians até com naming rights da Arena

16:01  12 novembro  2019
16:01  12 novembro  2019 Fonte:   espn.com.br

Corinthians e Caixa discutem acordo por dívida da Arena, e audiência é adiada

  Corinthians e Caixa discutem acordo por dívida da Arena, e audiência é adiada Clube e banco estatal teriam uma audiência de conciliação nesta terça-feira e pediram o adiamento

A Caixa Econômica Federal e o Corinthians avançaram nas conversas em torno da renegociação da dívida de R $ 536 milhões , cujo desfecho pode sair na semana que vem e incluir os “ naming rights ” da Arena Corinthians , em São Paulo.

A Caixa Econômica Federal e o Corinthians avançaram nas conversas em torno da renegociação da dívida de R $ 536 milhões , cujo desfecho pode sair na semana que vem e incluir os “ naming rights ” da Arena Corinthians , em São Paulo. A marca no estádio seria parte do reforço das garantias

Arena Corinthians antes de partida pelos Jogos Olímpicos de 2016© Getty Images Arena Corinthians antes de partida pelos Jogos Olímpicos de 2016

O acordo entre o Corinthians para equacionar a dívida com a Caixa Econômica Federal por conta da Arena ainda não está fechado. O banco cobra R$ 536 milhões, enquanto o clube alvinegro acredita que deve R$ 478 milhões, uma diferença de R$ 58 milhões.

Segundo informações publicadas por Jorge Nicola em seu blog no Yahoo!, o acerto com a Caixa permitirá ao Corinthians avançar em uma negociação para a venda do nome do estádio.

“Temos uma conversa bem adiantada, mas precisamos fechar acordo com a Caixa para que essa empresa bata o martelo com a gente”, explicou uma fonte.

Atlético-MG corre contra o tempo para negociar Cazares e se anima com Corinthians

  Atlético-MG corre contra o tempo para negociar Cazares e se anima com Corinthians Atlético-MG corre contra o tempo para negociar Cazares e se anima com CorinthiansCom o equatoriano acumulando problemas fora de campo e alternando mais baixos do que altos dentro dele, o Atlético prioriza uma negociação. Até por que se preocupa com o risco de perder o atleta sem receber nada em troca ao final do vínculo – no meio de 2020, pode assinar pré-contrato.

São Paulo, SP, 08 (AFI) - A Caixa Econômica Federal e o Corinthians avançaram nas conversas em torno da renegociação da dívida de R $ 536 milhões , cujo desfecho pode sair na semana que vem e incluir os " naming rights " da Arena Corinthians , em São Paulo. A marca no estádio seria parte do

A Caixa Econômica Federal e o Corinthians avançaram nas conversas em torno da renegociação da dívida de R $ 536 milhões , cujo desfecho pode sair na semana que vem e incluir os naming rights da Arena em Itaquera.

O time paulista alega cobrança de juros excessivos e valores ilegais a mais nas parcelas não pagas entre março de 2016 e setembro de 2017, além de multa.

Nicola afirma que os corintianos defendem que tal valor não seja cobrado e que seja feito um acordo com a Caixa, que não abre mão de receber o valor.

O Corinthians propõe que a dívida seja quitada em 12 anos - seriam pagos cerca de R$ 40 milhões por temporada, com prestações maiores entre março e novembro, e menores de dezembro a fevereiro.

A Caixa já pediu o bloqueio das contas da Arena, enquanto o Corinthians cobrou a suspensão da execução judicial e a retirada do nome do estádio do Serasa.

Corinthians: Caixa tem poder de veto com naming rights da Arena, diz jornal .
Corinthians: Caixa tem poder de veto com naming rights da Arena, diz jornalEm setembro, o banco estatal executou a dívida do time pela obra do estádio, mas este afirmou que a conta era R$58 milhões maior que o previsto. Desta forma, as partes ainda conversam para chegarem a uma conclusão.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 6
Isto é interessante!