Esportes 'Um ano em 15 dias': a corrida para o deixar Monumental pronto para a final da Libertadores

00:13  20 novembro  2019
00:13  20 novembro  2019 Fonte:   lance.com.br

Por que a Amazônia é o pior lugar do Brasil para ser criança

  Por que a Amazônia é o pior lugar do Brasil para ser criança Por que a Amazônia é o pior lugar do Brasil para ser criança "Muita gente se importa com a Amazônia. O gringo se importa, o governo diz que se importa, mas será que eles sabem que a gente existe? Que aqui não é só mato e água doce?", questiona a assistente social Glinda Sousa Farias, de 25 anos. Ela nasceu e cresceu em Breves (PA), cidade de 92 mil habitantes considerada a "capital" da Ilha do Marajó. Essa região, cercada por praias e belezas naturais, tem um dos Índices de Desenvolvimento Humano (IDHs) mais baixos do país.

A quatro dias da decisão da Copa Libertadores, o Estádio Monumental passa por uma série de ajustes e instalações para estar em condições de receber Flamengo e River Plate e os mais de 60 mil torcedores que são aguardados. O LANCE! visitou o palco da decisão e pôde ouvir de funcionários o que é fácil de se ver: ainda há muito a ser feito até o próximo sábado, dia 23 de novembro.

A emocionante história dos estudantes que decidiram cavar um túnel sob o Muro de Berlim

  A emocionante história dos estudantes que decidiram cavar um túnel sob o Muro de Berlim Trinta anos depois da queda do Muro de Berlim, BBC reconta história de universitários que levaram adiante plano para ajudar fugitivos da Alemanha Oriental.À porta estavam dois estudantes italianos, que conhecia apenas de vista, em busca de ajuda. A dupla planejava resgatar amigos de Berlim Oriental, e para isso pretendia cavar um túnel.

Por conta disso, a Conmebol vetou qualquer tipo de visita e registro por parte da imprensa até a decisão. Porém, o L! teve acesso à imagens do interior do Monumental (veja na galeria acima), onde os trabalhos acontecem dia e noite.

- Há muito a ser feito, por isso estamos trabalhando dia e noite. Temos terça, quarta, quinta e sexta para deixar tudo pronto. Em 15 dias, precisamos fazer o que não foi feito em um ano em Santiago - disse um funcionário do estádio ao L!, referindo-se à preparação da Conmebol para a final enquanto seria no Chile.

Os ajustes no gramado e a limpeza das milhares de assentos dos Setores Oriente e Ocidente - como pode se ver nas fotos - não é motivo para preocupação. Os ajustes e as instalações das estruturas para organizar e receber torcedores e profissionais, contudo, liga o sinal de alerta. Todo o estádio, por exemplo, ainda precisa ser envelopado e receber a roupagem de palco da decisão da Libertadores. Nesta terça, apenas dois banners, na parte central do estádio, sinalizavam que o evento aconteceria lá no próximo sábado.

Ciro Gomes: “Meu pescoço já valia ouro, agora vale muito mais”

  Ciro Gomes: “Meu pescoço já valia ouro, agora vale muito mais” Ciro Gomes: “Meu pescoço já valia ouro, agora vale muito mais”Mas Ciro tem urgência para um momento de “combustão” brasileira. Em São Paulo, bate cartão de 15 em 15 dias. Nesta terça, esteve na redação do EL PAÍS para uma conversa de duas horas e meia. Quando a entrevista caminha para o final, o fotógrafo Fernando Cavalcanti, que acompanha o encontro, se atreve a provocar Ciro num momento de descontração: “O senhor tem inveja do Lula?”. “Eu? Nenhuma”, responde ele, sem titubear. “Por que teria inveja de um cara preso e condenado? Eles esculhambam o carteiro para não ler a carta”, diz Ciro.

OBRAS E POUCO COMÉRCIO NOS ARREDORES DO ESTÁDIO

As torcidas de Flamengo e River Plate darão todo clima especial que uma final de Libertadores merece, mas, ao passar pelo Monumental nesta terça era difícil de perceber que ali estava o palco da decisão da Libertadores 2019. Afinal, a Avenida Javier Prado Este, única via de acesso ao local, tem metade das faixas sendo utilizadas, uma vez que as mais distantes do estádio estão em obras.

Marko: Gasly "nunca teria se recuperado" se ficasse na Red Bull

  Marko: Gasly Consultor das escuderias do grupo de energéticos, dirigente austríaco comenta fase do piloto francês Rebaixado da Red Bull para a Toro Rosso nas férias de meio de ano da Fórmula 1, Pierre Gasly recuperou a boa forma e brilhou para chegar em segundo no GP do Brasil, disputado no último domingo, em Interlagos.O piloto francês teve atuação consistente e garantiu o segundo pódio da Toro Rosso na temporada 2019, calando os críticos e mostrando que ainda tem potencial para guiar em alto nível na categoria máxima do automobilismo.

Segundo locais, as obras de manutenção na pista são comuns, e não foram iniciadas por conta da partida. No dia, a via estará fechada para carros e os entulhos, ferramentas e tratores, por exemplo, não estarão mais no local, de acordo com funcionários que trabalhavam na obra nesta manhã de terça.

Aos pés do Cerro Puruchuco, no distrito de Ate, em Lima, o Monumental não tem em seus arredores grandes atrativos e comércios, além de contar com trânsito intenso como em quase toda capital peruana. Mesmo com a partida sendo sábado, é recomendável que os torcedores saiam com antecedência.

A viagem de Miraflores, parte mais turística de Lima e onde estão concentrados os torcedores, ao Estádio Monumental levou cerca de 45 minutos. O trajeto, feito por aplicativo de táxi, teve o custo de 21 sóis, aproximadamente R$ 27.

Levando tudo isso em consideração, torcedores do Flamengo estão se organizando para saírem juntos de Miraflores em ônibus alugados. Inicialmente, o grupo havia solicitado à empresa 10 ônibus, mas esse número aumentou nos últimos dias. A divulgação está sendo feita no boca a boca, nas próprias ruas de Lima, e também em grupos de Whatsapp de rubro-negros.

Flamengo e River fizeram a primeira edição da final única da Libertadores ser uma experiência memorável .
Apesar da mudança em cima da hora, Lima recebeu com êxito a decisão da Libertadores, mas há pontos a serem revistos pela Conmebol para o sucesso da final em partida únicaÉ claro que foram os rubro-negros a deixarem o Monumental mais felizes com o título após 38 anos. Mas, resultado à parte, todos participaram de uma primeira edição de decisão única da Copa Libertadores bem organizada. A operação no dia do jogo foi positiva. Sem incidentes ou confrontos entre as torcidas - dentro ou fora do estádio -, o Monumental deu condições para os times cumprirem seus papéis. Ao torcedor, restou encarar o trânsito intenso de Lima para chegar, algo já sabido na véspera e divulgado amplamente.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 1
Isto é interessante!