Esportes: Jon Jones defenderá cinturão contra Dominick Reyes - - PressFrom - Brasil

Esportes Jon Jones defenderá cinturão contra Dominick Reyes

01:00  23 novembro  2019
01:00  23 novembro  2019 Fonte:   espn.com.br

Jones defende cinturão dos meio-pesados contra Reyes no UFC 247 em fevereiro, diz site

  Jones defende cinturão dos meio-pesados contra Reyes no UFC 247 em fevereiro, diz site A espera para ver Jon Jones em ação novamente no Ultimate está perto de chegar ao fim. A organização planeja escalar o campeão dos meio-pesados (93 kg) contra Dominick Reyes para a luta principal do UFC 247, marcado para o dia 8 de fevereiro, em Houston (EUA). A informação foi divulgada primeiramente pelo site 'Bjpenn.com'. []A espera para ver Jon Jones em ação novamente no Ultimate está perto de chegar ao fim. A organização planeja escalar o campeão dos meio-pesados (93 kg) contra Dominick Reyes para a luta principal do UFC 247, marcado para o dia 8 de fevereiro, em Houston (EUA). A informação foi divulgada primeiramente pelo site 'Bjpenn.com'.

No que depender de Jon Jones , Dominick Reyes será o próximo desafiante ao seu cinturão meio-pesado (93 kg) do UFC. Recentemente, Jones demonstrava irritação com a falta de um rival expressivo para defender seu cinturão . Ao que tudo indica, a última vitória de Reyes em outubro

Já Jon Jones - que defendeu seu cinturão pela última vez em julho deste ano, quando derrotou por decisão dividida o brasileiro Thiago 'Marreta' - ainda Jon Jones sugere luta contra Dominick Reyes em "algumas semanas". O retorno de Jon Jones aos octógonos pode estar mais próximo do que os

Jon Jones com seu cinturão do UFC © Getty Images Jon Jones com seu cinturão do UFC

Jon Jones já tem a próxima luta definida. O campeão colocará seu cinturão em jogo contra Dominick Reyes, em Houston, Texas, no dia 8 de fevereiro de 2020, conforme disse à ESPN o presidente do UFC, Dana White.

Os dois se enfrentarão no evento que ainda não tem um número oficial, dentro do Toyota Center, pela categoria dos meio-pesados, No evento co-principal, a campeã peso-mosca feminina Valentina Shevchenko (18-3) enfrentará Katlyn Chookagian (13-2).

Para Jones (25-1), essa será a sua 15ª participação em uma luta pelo título do UFC. Considerado o maior lutador de todos os tempos, Jones defendeu seu título duas vezes em 2019, através de vitórias decisivas sobre Thiago Marreta, em julho, e Anthony Smith. A única perda da carreira de Jones ocorreu por desqualificação em 2009, o que significa que ele nunca foi derrotado legitimamente em competição.

Dana White confirma luta de Jon Jones para fevereiro de 2020

  Dana White confirma luta de Jon Jones para fevereiro de 2020 ‘Bones’ defenderá cinturão dos meio-pesados contra Dominick Reyes em Houston (EUA) Jon Jones terá um começo de 2020 de defesa Dana White confirma luta de Jon Jones para fevereiro de 2020 - Torcedores.com.

Depois de defender pela sétima vez o cinturão dos meio-pesados, Jon Jones era esperado para realizar a revanche contra Alexander Gustafsson no UFC 178 no Campeão: Jon Jones . 1º Daniel Cormier • 2º Thiago de Lima Santos • 3º Anthony Smith • 4º Dominick Reyes • 5º Corey Anderson.

O MMA Alterosa deste sábado começa repercutindo mais uma polêmica envolvendo o gigante Jon Jones , que agora está em situação complicada. Após causar um

Dana se sentou ao lado de lenda do boxe na partida entre Clippers e Celtics © Fornecido por ESPN do Brasil Eventos Esportivos LTDA Dana se sentou ao lado de lenda do boxe na partida entre Clippers e Celtics

Reyes (12-0) é um candidato invicto. Ele ganhou uma disputa de título ao fazer um recorde de 6-0 no UFC, incluindo um nocaute na primeiro round sobre o ex-campeão dos médios Chris Weidman, em outubro.

Reyes, 29 anos, luta profissionalmente desde 2014. Ele já finalizou em nove de suas 12 vitórias, incluindo sete nocautes.

Judô: Brasil fica sem medalha no segundo dia de Grand Slam em Osaka .
Leandro Guilheiro e Maria Portela foram eliminados nas oitavas de final; Victor Penalber perdeu na segunda rodada, e Eduardo Katsuhiro caiu na luta de estreia . O experiente Leandro Guilheiro, de 36 anos, foi o único brasileiro a ganhar duas lutas neste sábado no Grand Slam de Osaka. Na estreia, ele derrotou Adrian Gandia, de Porto Rico, com um wazari. Na segunda rodada, bateu Vladimir Zoloev, do Quirguistão após aplicar o ippon. Nas oitavas, o brasileiro foi vítima das punições e foi derrotado pelo russo Abas Azivov. © Fornecido por Areté Editorial S.A.Além dele, Maria Portela também parou nas oitavas de final.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!