Esportes Adílson Batista é anunciado é será o quarto técnico do Cruzeiro em 2019

19:28  29 novembro  2019
19:28  29 novembro  2019 Fonte:   lance.com.br

Felipe Baxola agradece sequência dada a ele por Adílson Batista

  Felipe Baxola agradece sequência dada a ele por Adílson Batista Meia do Ceará entende estar vivendo momento consistente na temporada coroado com gol que deu o empate na última rodada contra o São PauloConseguindo ter uma sequência de jogos onde seu futebol tem crescido, o jogador de 29 anos de idade dá boa parte dos méritos para conseguir retornar a sua melhor forma justamente ao comandante da equipe que lhe tem dado mais oportunidades: Adílson Batista.

Adílson Batista volta ao Cruzeiro quase dez anos depois da sua primeira passagem- (Acervo Lancepress!)© Fornecido por LANCE! Adílson Batista volta ao Cruzeiro quase dez anos depois da sua primeira passagem- (Acervo Lancepress!)

O Cruzeiro oficializou o seu quarto técnico no ano de 2019. Após Mano Menezes, Rogério Ceni e Abel Braga, Adilson Batista foi anunciado nesta sexta-feira como o novo comandante da equipe, pelo menos até o fim do Campeonato Brasileiro. Abel Braga se desligou da Raposa na manhã desta sexta-feira, 29 de novembro.

Adilson estava no Ceará, de onde foi demitido na última quarta-feira, 27, após goleada sofrida para o campeão Flamengo. Será a segunda passagem do treinador, de 51 anos, pelo clube celeste. A missão de Adílson Batista é, em três partidas para o fim da competição, tentar evitar um inédito rebaixamento da equipe celeste à Série B de 2020.

Com Adílson Batista, Série A chega a 27 trocas de técnicos em 2019

  Com Adílson Batista, Série A chega a 27 trocas de técnicos em 2019 Treinador foi demitido após goleada do Ceará para o Flamengo, nessa quarta-feira Adílson Batista não é mais técnico do Ceará. Com Adílson Batista, Série A chega a 27 trocas de técnicos em 2019 - Torcedores.com.

O novo comandante azul já vai para o campo com os jogadores ainda nesta sexta-feira, quando vai dirigir os trabalhos na Toca da Raposa II visando o duelo contra o Vasco da Gama, na segunda-feira, 2 de dezembro, em São Januário, no Rio de Janeiro.

Em coletiva, o gestor do futebol, Zezé Perrella, disse que a nova troca de treinador é dar um “choque” no elenco para salvar a Raposa da queda à segunda divisão.

-Todos vocês sabem a relação minha de amizade com Adilson, tenho absoluta confiança nele, nesse momento que ele precisa também dar a volta por cima. Vejam como são as coisas. Quando o Ceará mandou ele embora, comentei com meus amigos, ‘como tem coragem de mandar treinador embora faltando quatro rodadas’. Acabei fazendo o mesmo. A chance de Adilson dar a volta por cima é classificando o Cruzeiro, é um desafio grande. Nem, combinei salário com ele. Disse ‘venha, vamos tirar o Cruzeiro dessa, e depois a gente conversa’. Se conseguir sair ou não, a gente conversa sobre o que vai acontecer com você ano que vem. É um sacrifício. Espero que a gente possa causar um choque- disse.

Após mais um resultado negativo, Abel Braga deixa o Cruzeiro

  Após mais um resultado negativo, Abel Braga deixa o Cruzeiro Técnico teve apenas três vitórias em 14 partidas no comando da Raposa e não conseguiu evitar a derrocada cruzeirense no Campeonato Brasileiro e tirar o time do Z4Abel Braga comandou o Cruzeiro em 14 jogos, com 8 empates, três vitórias e três derrotas, totalizando dois meses no cargo. Com o treinador, a Raposa ficou 12 jogos sem perder, porém, com muitos empates. Adilson Batista será o novo técnico da Raposa até o fim do campeonato.

  Adílson Batista é anunciado é será o quarto técnico do Cruzeiro em 2019 © Fornecido por LANCE!

Adilson Batista vai pegar o Cruzeiro na 17ª posição, com 36 pontos, um a menos do que o seu ex-clube, o Ceará, 16º. Ele terá de melhorar os 40,7% de aproveitamento de Abel, que, em 14 jogos venceu três, perdeu três e empatou oito, não conseguindo três vitórias seguidas sob o seu comando.

Adilson Batista treinou o Cruzeiro pela primeira vez entre 2008 a 2010, conseguindo dois títulos mineiros (2008/2009) e vice da Libertadores, em 2009. No total, foram 169 partidas, com 97 vitórias, 34 empates e 39 derrotas. O vínculo do técnico com o clube mineiro também existe como jogador. Zagueiro, Adílson defendeu a Raposa entre 1989 e 1993, sendo campeão mineiro em 1990 e 1992, além de vencer duas Supercopas da Libertadores, nos anos de 1991 e 1992.

A reestreia de Adilson Batista no comando do Cruzeiro já será na segunda-feira, 2 de dezembro, às 20h, no Rio de Janeiro, contra o Vasco, 12º.

Cruzeiro terá de somar dois pontos a mais que o Ceará nas últimas três rodadas; veja os cálculos para a permanência na primeira divisão

  Cruzeiro terá de somar dois pontos a mais que o Ceará nas últimas três rodadas; veja os cálculos para a permanência na primeira divisão Time celeste enfrentará Vasco, Grêmio e Palmeiras no fim do BrasileiroNa classificação, o Cruzeiro é o 17º, com 36 pontos, e enfrentará Vasco (fora), Grêmio (fora) e Palmeiras (casa). O Ceará, 16º, com 37, pegará Athletico-PR (casa), Corinthians (casa) e Botafogo (fora). Embora a diferença na pontuação seja mínima, o time alvinegro, conforme ressaltado, terá dois compromissos em seu estádio. Além disso, detém vantagem em número de vitórias, principal critério de desempate da Série A: 10 a 7.

Adilson Batista não seguirá no Cruzeiro em 2020; Enderson Moreira é o mais cotado para assumir .
Adilson Batista não seguirá no Cruzeiro em 2020; Enderson Moreira é o mais cotado para assumirEm sua segunda passagem pelo clube, Adílson não conseguiu salvar o time mineiro do inédito rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. Foram três derrotas, nenhum gol marcado e cinco sofridos.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 3
Isto é interessante!