Esportes F1 2021: Novos carros serão “desagradáveis de pilotar”

19:21  06 dezembro  2019
19:21  06 dezembro  2019 Fonte:   msn.com

Honda: custos serão decisivos para permanência ou não na Fórmula 1

  Honda: custos serão decisivos para permanência ou não na Fórmula 1 Dirigente da fabricante japonesa pondera se os gastos vão permitir a continuidade na categoria máxima do automobilismo Fornecedora das unidades de potência de Red Bull e Toro Rosso na Fórmula 1, a Honda ainda não definiu se seguirá na cat . Segundo a fabricante japonesa, o fator decisivo serão os custos de produção dos motores na F1. De acordo com a montadora, é necessário reduzir os gastos inerentes à fabricação das unidades motrizes para que valha a pena continuar na elite do esporte a motor mundial.

“ Será um carro desagradável de pilotar . Acho que é algo que poderíamos resolver, se eles permitissem um pouco mais de liberdade, desde Possíveis designs para os carros de 2021 : Ao ser questionado pelo Motorsport.com sobre como explicaria os conceitos envolvidos em sua declaração

De acordo com Adrew Green, os carros criarão turbulência aerodinâmica para si mesmos, o que os tornará instáveis de guiar

O diretor técnico da equipe de Fórmula 1 da Racing Point, Andrew Green, acredita que os carros de 2021 serão “desagradáveis de pilotar” devido ao fluxo de ar da asa dianteira, tornando-os imprevisíveis.

O conceito básico dos regulamentos de 2021 é que os pilotos deverão ter mais facilidade em seguir os carros à frente, graças ao design que criará o efeito de solo.

Leia também:

Vettel: "Sendo honesto, cometi erros que não devia cometer"Red Bull: Primeira temporada com a Honda foi "além das expectativas"Entenda 10 razões para acreditar que Hamilton pode trocar Mercedes por FerrariBaixe o novo aplicativo do Motorsport.com! As notícias do mundo da velocidade direto no seu dispositivo

O especialista diz que a pesquisa de sua e de outras equipes sobre as novas regras indica que, embora o piloto de trás seja realmente beneficiado, o ar sujo de suas próprias asas dianteiras criará dificuldades. Ele acredita que as equipes devem ter mais liberdade em termos do que podem fazer para resolver o problema.

GRID: primeira temporada chega em dezembro com novidades

  GRID: primeira temporada chega em dezembro com novidades A primeira temporada de GRID acrescenta novidades ao jogo; saiba o que chega de novidade em dezembro Foi anunciado pela GRID: primeira temporada chega em dezembro com novidades - Torcedores.com.

"Acho que há áreas que poderiam ser liberadas em torno da asa dianteira", explicou. "Na parte da frente, acho que serão incrivelmente restritivos ao ponto de realmente prejudicar o manuseio dos carros".

“Será um carro desagradável de pilotar. Acho que é algo que poderíamos resolver, se eles permitissem um pouco mais de liberdade, desde que ainda mantivéssemos a intenção de gerar o efeito de solo e reduzir o arrasto para os carros de trás”.

Possíveis designs para os carros de 2021:

2021 rules rendering© Motorsport.com 2021 rules rendering 2021 rules rendering© Motorsport.com 2021 rules rendering

Ao ser questionado pelo Motorsport.com sobre como explicaria os conceitos envolvidos em sua declaração, Green disse: "Aerodinamicamente, será bastante instável. Não acho que seja algo bom de se ter".

F1: Diretor técnico da Renault, Nick Chester deixa equipe

  F1: Diretor técnico da Renault, Nick Chester deixa equipe Saída faz parte de reestruturação de área técnica do time francês Nick Chester fez parte da equipe da Enstone desde o início da década passada, se juntando à Benetton como engenheiro de corridas e passando a ocupar vários papéis após Renault voltar como equipe oficial, depois na Lotus e na Renault novamente.Chester era parte essencial da área técnica da Renault, liderada pelo diretor executivo Marcin Budkowski, mas que agora iniciou um período de licença antes de seu início oficial.

"Você quer que os carros sejam um pouco mais previsíveis. Para que os pilotos possam atacar, precisam ter certeza do que têm embaixo deles. Se souberem o que vai acontecer, eles poderão pilotar o carro no limite, sabendo que é estável nessas condições. Mas pelo que vejo no momento, nada disso é verdadeira para 2021".

"É mais sobre o que vai acontecer na frente do carro e para onde o ar sujo vai. Atualmente, o carro está criando seu próprio ar sujo”.

Quer ver Fórmula 2, Fórmula 3, Indy e Superbike de graça? Inscreva-se no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui.

Novas regras de 2021 impactam no design dos carros

Em novembro, a categoria máxima do automobilismo divulgou os regulamentos técnicos de 2021, que impactarão na aerodinâmica - e no design - dos carros. Estes ficarão mais simples e terão o retorno do efeito solo, que 'gruda' o monoposto ao chão e facilita as ultrapassagens. Tendo isso em vista, a própria F1, além de McLaren, Williams e Renault, lançaram esboços das versões de suas máquinas para 2021. Confira na galeria abaixo:

Com presença de Bolsonaros, Rio triplica oferta de São Paulo por F1 e mostra projeto a Hamilton

  Com presença de Bolsonaros, Rio triplica oferta de São Paulo por F1 e mostra projeto a Hamilton Com presença de Bolsonaros, Rio triplica oferta de São Paulo por F1 e mostra projeto a HamiltonA publicação afirma ainda que além de JR Pereira, CEO da empresa, participou das reuniões acompanhado do senador Flávio Bolsonaro (sem partido) e do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Um dos resultados da reunião, teria sido uma extensão na exclusividade das negociações com a Liberty Media até março de 2020, ano em que se encerra o contrato de Interlagos com a F1.

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1© McLaren McLaren 2021 F1

McLaren

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1© McLaren McLaren 2021 F1

McLaren

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1 car© McLaren McLaren 2021 F1 car

McLaren

McLaren 2021 F1

McLaren 2021 F1© McLaren McLaren 2021 F1

McLaren

Williams 2021

2021 F1 car of Williams© Williams 2021 F1 car of Williams

Williams

Williams 2021

Williams 2021© Williams Williams 2021

Williams

Williams 2021

Williams 2021© Williams Williams 2021

Williams

Renault 2021

Renault 2021© Renault F1 Renault 2021

Renault F1

Renault 2021

Renault 2021© Renault F1 Renault 2021

Renault F1

Renault 2021

Renault 2021© Renault F1 Renault 2021

Renault F1

F1 2021

F1 2021 rules© Formula 1 F1 2021 rules

Formula 1

Hamilton pode pilotar Ferrari na temporada 2021, diz site

  Hamilton pode pilotar Ferrari na temporada 2021, diz site Lewis Hamilton pode trocar Mercedes pela equipe Ferrari a partir da temporada 2021 Lewis Hamilton, hexacampeão mundial de Fórmula 1, Hamilton pode pilotar Ferrari na temporada 2021, diz site - Torcedores.com.

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

Ferrari considera Mick Schumacher para o futuro, mas não para 2021

  Ferrari considera Mick Schumacher para o futuro, mas não para 2021 O chefe da Ferrari, Mattia Binotto, disse que Mick Schumacher poderia ser um bom candidato para a Fórmula 1, mas acha que 2021 ainda será muito cedo. Schumacher terá outra temporada na Fórmula 2 e espera que uma equipe menor de F1 o leve depois disso. “Ele será um bom candidato para a Ferrari?”, disse Binotto em um encontro de final de temporada com jornalistas. “É muito cedo para dizer isso. Para 2021, será importante ter pilotos com experiência, porque os carros serão completamente novos. Mas tenho certeza de que ele é um bom candidato à Fórmula 1”.

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

Filho de Schumacher já é especulado para pilotar Ferrari no futuro

  Filho de Schumacher já é especulado para pilotar Ferrari no futuro Com apenas 20 anos de idade, Mick Schumacher já é especulado para fazer parte da equipe da Ferrari, escuderia em Filho de Schumacher já é especulado para pilotar Ferrari no futuro - Torcedores.com.

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

Todt diz que F1 não será elétrica por décadas: "Híbridos são escolha certa"

  Todt diz que F1 não será elétrica por décadas: Para presidente da FIA e especialista, solução para manter velocidade e atingir metas de sustentabilidade está nos biocombustíveis O presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt, afirmou que a Fórmula 1 não será elétrica por décadas. Mandatário duvida que tecnologia permita carros tão velozes quanto os F1 atuais e indica uso de biocombustíveis como solução sustentável.Enquanto a Fórmula E está crescendo e atraindo o interesse de fãs e fabricantes, Todt manteve-se cético quanto à tecnologia a bateria ser capaz de atender às demandas de velocidade e distância da F1 por muitos anos.

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021 rules© Formula 1 F1 2021 rules

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

F1 2021© Formula 1 F1 2021

Formula 1

F1 2021

2021 F1 rules model© Motorsport.com 2021 F1 rules model

Giorgio Piola

F1 2021

F1 2021© Scott Mitchell F1 2021

Scott Mitchell

Siga o Motorsport.com no Twitter, Facebook, Instagram e Youtube.

Todt diz que F1 não será elétrica por décadas: "Híbridos são escolha certa" .
Para presidente da FIA e especialista, solução para manter velocidade e atingir metas de sustentabilidade está nos biocombustíveis O presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt, afirmou que a Fórmula 1 não será elétrica por décadas. Mandatário duvida que tecnologia permita carros tão velozes quanto os F1 atuais e indica uso de biocombustíveis como solução sustentável.Enquanto a Fórmula E está crescendo e atraindo o interesse de fãs e fabricantes, Todt manteve-se cético quanto à tecnologia a bateria ser capaz de atender às demandas de velocidade e distância da F1 por muitos anos.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!