Esportes Rússia é banida de Olimpíadas e Mundiais por manipular dados sobre doping

13:50  09 dezembro  2019
13:50  09 dezembro  2019 Fonte:   reuters.com

Rússia é banida de eventos esportivos mundiais por quatro anos

  Rússia é banida de eventos esportivos mundiais por quatro anos Decisão deixará o país de fora dos Jogos Olímpicos de 2020 e da Copa do Mundo de Futebol de 2022. Agência Mundial Antidoping (Wada) conclui que Moscou manipulou dados laboratoriais de seus atletas. © picture alliance/dpa/Keystone/J.C. Bott Provided by Deutsche Welle A Rússia está banida dos Jogos Olímpicos de 2020 e de todos os grandes eventos esportivos mundiais por um período de quatro anos, anunciou nesta segunda-feira (09/12) a Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês).

A Agência Mundial Antidoping (Wada) excluiu a Rússia de competições esportivas durante quatro anos por falsificação de dados dos controles entregues à

Além disso, está fora dos Mundiais de todas as modalidades, como a Copa do Qatar, em 2022. Apesar disso, a Rússia ainda pode recorrer da decisão Por muito tempo o doping russo prejudicou o esporte limpo. A violação flagrante pelas autoridades russas das condições de restabelecimento da

Prédio da Agência Antidoping da Rússia© Reuters/Maxim Shemetov Prédio da Agência Antidoping da Rússia

MOSCOU (Reuters) - A Rússia foi banida de disputar Jogos Olímpicos e campeonatos mundiais em diversos esportes por quatro anos, após a Agência Mundial Antidoping (Wada) punir o país por manipular dados laboratoriais, disse um porta-voz da organização nesta segunda-feira.

O comitê executivo da Wada concluiu que a Rússia adulterou dados de laboratório ao forjar evidências e deletar arquivos relacionados a testes positivos de doping que poderiam ter ajudado a identificar fraudes.

A decisão do comitê foi unânime, disse o porta-voz, e engloba o período da Olimpíada de Tóquio 2020, dos Jogos de Inverno de Pequim 2022 e da Copa do Mundo de 2022 no Catar.

Agência antidoping bane Rússia de competições por 4 anos

  Agência antidoping bane Rússia de competições por 4 anos País não poderá participar dos Jogos de Tóquio em 2020Com isso, o país não participará dos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, nem das Olimpíadas de Inverno de 2022, em Pequim, e da Copa do Mundo do Catar, no mesmo ano. Segundo o comitê-executivo da Wada, Moscou e a agência antidoping do país, a Rusada, manipularam dados de laboratórios e eliminaram arquivos ligados a exames positivos.

A Agência Mundial Anti- Doping (WADA, sigla em inglês) anunciou nesta segunda-feira a punição à Russia devido aos casos de doping e manipulação de resultados de exames. Em decisão unânime, foi definido o banimento do país de grandes eventos esportivos até 2023.

A Rússia foi banida das competições esportivas mundiais – incluindo a Olimpíada de 2020, em Tóquio, a Olimpíada de Inverno de 2022, em Pequim, e a Copa do Mundo de futebol de 2022, no Catar – por quatro anos em punição pelo escândalo de doping no país. A suspensão foi imposta

A Rússia, que tentou se impor ao mundo como um gigante dos esportes, está envolvida em escândalos sobre doping desde 2015, quando uma investigação da Wada encontrou evidências de um esquema de doping em massa no atletismo russo.

Os problemas com o doping cresceram desde então, com muitos de seus atletas afastados das duas últimas Olimpíadas e a proibição de utilizar a bandeira russa nos Jogos de Inverno de Pyeongchang do ano passado como punição por acobertamentos de um esquema de doping sistemático patrocinado pelo Estado nos Jogos de Sochi, em 2014.

As sanções desta segunda-feira foram recomendadas pelo comitê de revisão de conformidade da Wada em resposta aos dados laboratoriais fornecidos por Moscou no início deste ano.

Em novembro, o ministro do Esporte, Pavel Kolobkov, atribuiu as discrepâncias nos dados a questões técnicas.

(Por Gabrielle Tétrault-Farber)

Rússia é banida por doping, e Fifa não sabe o que fazer .
A Rússia está banida dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 e da Copa do Mundo do Qatar em 2022. A decisão foi anunciada pela Agência Mundial Antidoping (Wada) e será válida em todos os principais eventos esportivos do planeta pelos próximos quatro anos. A punição, inédita no esporte, deixou a Fifa sem saber o que fazer caso a seleção russa se classifique para o Mundial.LEIA MAIS: Rússia é banida da Olimpíada 2020 e da Copa 2022 por dopingNa punição mais severa já aplicada, a Wada definiu que os atletas que conseguirem provar que não têm nenhum tipo de ligação com o escândalo do doping russo poderão competir sob bandeira neutra.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!