Esportes Marcão volta ao cargo de auxiliar, mas é exaltado por Mário Bittencourt

01:01  15 dezembro  2019
01:01  15 dezembro  2019 Fonte:   lance.com.br

Ignorando má fase recente do atacante, Marcão exalta João Pedro: “Futuro brilhante pela frente”

  Ignorando má fase recente do atacante, Marcão exalta João Pedro: “Futuro brilhante pela frente” Mesmo em má fase, João Pedro recebeu elogios do técnico do Fluminense Um jogador foi muito elogiado por Marcão após Ignorando má fase recente do atacante, Marcão exalta João Pedro: “Futuro brilhante pela frente” - Torcedores.com.

O presidente Mário Bittencourt esteve na sede da CBF para conversar com o treinador, que participava de um A ecolha por Odair Hellmann mostra realmente que não há muita possibilidade de Celso Barros, afastado do cargo de vice-presidente de futebol no mês passado, voltar ao posto.

+ Fluminense avalia futuro de Marcão , e clássico contra o Vasco pode ser última chance do técnico. Um cenário que tem como pano de fundo divergência entre o presidente Mário Bittencourt , que Em caso de resultado negativo, há a possibilidade de Marcão voltar ao cargo de auxiliar técnico.

Marcão comandou o Tricolor na reta final do Campeonato Brasileiro (FOTO: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)© Fornecido por LANCE! Marcão comandou o Tricolor na reta final do Campeonato Brasileiro (FOTO: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)

Na temporada de 2019 o Fluminense teve três treinadores. Começou com Fernando Diniz (demitido pelo baixo aproveitamento no Campeonato Brasileiro), depois chegou Oswaldo de Oliveira (demitido pelo mesmo motivo) e, por fim, mas não menos importante, Marcão assumiu o comando do Tricolor na reta final.

Dos três comandantes, o último foi o que teve o melhor aproveitamento. Ao todo foram 18 jogos, sendo 17 pelo Brasileirão e uma partida pela Sul-Americana. Marcão obteve sete vitórias, sete empates e quatro derrotas. Para efeito de comparação, Diniz conseguiu apenas três vitórias em 14 jogos disputados no campeonato nacional e Oswaldo ganhou duas em seis partidas.

Marcão fala em “jogo grandioso” contra o Corinthians e fala sobre racismo: “Pessoas têm que ser punidas severamente”

  Marcão fala em “jogo grandioso” contra o Corinthians e fala sobre racismo: “Pessoas têm que ser punidas severamente” Corinthians x Fluminense teve duelo de técnicos negros: Dyego Coelho e Marcão Corinthians x Fluminense foi um dos jogos da Marcão fala em “jogo grandioso” contra o Corinthians e fala sobre racismo: “Pessoas têm que ser punidas severamente” - Torcedores.com.

O presidente Mário Bittencourt esteve na sede da CBF para conversar com o treinador, que participava de um A ecolha por Odair Hellmann mostra realmente que não há muita possibilidade de Celso Barros, afastado do cargo de vice-presidente de futebol no mês passado, voltar ao posto.

Marcão volta a ser auxiliar e comandará, também, o time de aspirantes que será formado para a próxima temporada. O treinador foi sondado em novembro, quando o presidente Mário Bittencourt e o vice Celso Barros pararam de falar a mesma língua e Marcão balançou no cargo .

  Marcão volta ao cargo de auxiliar, mas é exaltado por Mário Bittencourt © Fornecido por LANCE!

- O Marcão é um grande cara, um grande profissional e recebeu críticas injustas. Por ser simples, as pessoas criaram uma rejeição, talvez, pelo jeito dele, por não falar bravatas. Já tínhamos combinado essa situação antes. Conversamos novamente e a posição se manteve - afirmou o presidente tricolor em coletiva.

Com a chegada de Odair Hellmann para 2020, Marcão volta a ser auxiliar técnico. vale lembrar que junto do novo comandante, um outro auxiliar também chegou, Mauricio Dulac.

Nino acerta renovação com o Fluminense por três temporadas .
Em negociação que envolveu dívida antiga com o Corinthians, Tricolor conseguiu adquirir 60% dos direitos econômicos do zagueiro destaque na temporada junto ao Criciúma (SC)A transação envolveu o Corinthians. Por ter uma dívida antiga com o Flu, o clube paulista vai pagar R$3 milhões ao Criciúma. Os R$2 milhões restantes serão quitados de forma parcelada pelo Tricolor. O contrato de empréstimo previa a compra de 50% dos direitos de Nino pelo valor R$ 5 milhões, mas os dois clubes chegaram a um novo acordo, com o aumento do percentual em 10%.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 0
Isto é interessante!