Esportes Tyson Fury revela grave problema de saúde mental: “Me sinto suicida”

21:21  11 fevereiro  2020
21:21  11 fevereiro  2020 Fonte:   agfight.com.br

Sem filtro! Tyson Fury planeja festança com drogas após revanche com Wilder

  Sem filtro! Tyson Fury planeja festança com drogas após revanche com Wilder Tyson Fury está prestes a encarar possivelmente o maior duelo de sua carreira como pugilista. No entanto, apesar da iminente revanche diante de Deontqay Wilder, agendada para o dia 22 de fevereiro, e que colocará em jogo o título mundial do Conselho Mundial de Boxe (WBC), o boxeador britânico parece estar confiante. Afinal de contas, []Tyson Fury está prestes a encarar possivelmente o maior duelo de sua carreira como pugilista. No entanto, apesar da iminente revanche diante de Deontqay Wilder, agendada para o dia 22 de fevereiro, e que colocará em jogo o título mundial do Conselho Mundial de Boxe (WBC), o boxeador britânico parece estar confiante.

De acordo com o ator, o problema começou seis meses atrás, enquanto tentava retomar suas atividades físicas: - Tive um problema muito Em entrevista à colunista do jornal O Globo, Patrícia Kogut, Luciano Szafir relatou que perdeu seis quilos após um grave problema em seu nervo ciático.

Problema de saúde grave . Carlinhos vidente. Загрузка ESPECIAL: ANIVERSÁRIO DE 466 ANOS DE SÃO PAULO - Продолжительность: 59:20 Jovem Pan News Recommended for you.

Tyson Fury empatou com Deontay Wilder em duelo polêmico© Dan Wainer Tyson Fury empatou com Deontay Wilder em duelo polêmico Tyson Fury detém cartel de 29 vitórias e um empate como profissional de boxe - Dan Wainer

No próximo dia 22 de fevereiro, Tyson Fury terá pela frente uma de suas lutas mais importantes na carreira ao encarar uma revanche diante de Deontay Wilder – válida pelo título mundial dos pesos-pesados do Conselho Mundial de Boxe (WBC). No entanto, se engana quem pensa que, às vésperas do duelo, o atleta inglês está com a cabeça extremamente focada, muito pelo contrário. Em revelação bombástica, ‘The Gypsy King’, como é conhecido, admitiu que enfrenta graves problemas de saúde mental e que luta contra pensamentos suicidas.

Com direito a DJ, Tyson Fury tem recepção calorosa ao chegar na Inglaterra

  Com direito a DJ, Tyson Fury tem recepção calorosa ao chegar na Inglaterra Após aplicar um verdadeiro massacre sobre Deontay Wilder e conquistar o cinturão do Conselho Mundial de Boxe (WBC) no último sábado (22), em Las Vegas (EUA), Tyson Fury finalmente retornou para casa e teve a recepção que merece. O peso-pesado foi recebido por centenas de fãs no Aeroporto de Manchester, na Inglaterra, com direito até []Após aplicar um verdadeiro massacre sobre Deontay Wilder e conquistar o cinturão do Conselho Mundial de Boxe (WBC) no último sábado (22), em Las Vegas (EUA), Tyson Fury finalmente retornou para casa e teve a recepção que merece. O peso-pesado foi recebido por centenas de fãs no Aeroporto de Manchester, na Inglaterra, com direito até mesmo a um DJ, que animou os presentes com sua música.

Conhece algum jovem que sofre com um grave problema de saúde ? Você tem uma doença ou deficiência que o impede de fazer as coisas que Às vezes, sinto dores terríveis, como se fossem facadas, principalmente nas costas e no peito. Mas eu não fico pensando muito na minha situação.

A atriz contou que ficou um mês e meio sem conseguir andar por conta de uma inflamação na coluna e elencou tratamentos que fez para melhorar: "Dor que eu

Em entrevista ao canal do Youtube ‘Behind The Gloves’, Fury revelou que sua rotina de treinos é crucial para amenizar sua atual condição mental. De acordo com o pugilista inglês, ele estaria morto em um ano caso pendurasse as luvas neste momento. Desta forma, Tyson tenta se manter extremamente focado em suas obrigações como boxeador para que os pensamentos negativos que o perseguem fiquem em segundo plano.

“Fico muito ansioso pelos sábados. Faço uma corrida longa pela manhã e depois faço algo com meus filhos. Mas aí o domingo chega, e todo domingo me sinto suicida – todo santo domingo, nos treinos ou em casa. É como se o mundo tivesse acabado e eu não quisesse viver mais. Esse é o domingo para mim. Então vou para a cama no domingo de noite pensando: ‘Eh, segunda é amanhã, posso recomeçar minhas coisas de novo’. De volta à academia, a cafeteria, aos almoços, de volta aos meus filhos. Esse é o jeito que vivo. É a rotina que me mantém vivo e disposto a continuar. Se eu desistir dos treinos (carreira), estarei morto em menos de um ano com certeza”, revelou o peso-pesado.

Vale ressaltar que Fury já lutou contra a depressão em 2016, quando se envolveu com uso de drogas e bebidas. O pugilista ficou dois anos afastado dos octógonos para se recuperar completamente dos problemas pessoais e retomar a carreira nos ringues, em 2018.

O embate entre Fury e Wilder terá sede no ‘MGM’, em Las Vegas (EUA). Invictos, o americano e o britânico são apontados como os melhores boxeadores da atualidade entre os pesos-pesados. A única oportunidade em que Tyson e Deontay não saíram vitoriosos de um ringue foi justamente no primeiro confronto entre os dois, em dezembro de 2018, quando os juízes pontuaram a disputa como um empate.

Confusão! Deonaty Wilder e equipe discordam sobre decisão de jogar a toalha .
Confusão! Deonaty Wilder e equipe discordam sobre decisão de jogar a toalhaA interrupção do duelo envolvendo Deontay Wilder e Tyson Fury ainda deve dar o que falar. Apesar de levar a pior durante todo o combate e sofrer dois knockdowns ao longo dos sete rounds disputados, o americano, até então campeão invicto do Conselho Mundial de Boxe (WBC), viu seu corner jogar a toalha para interromper o massacre que ele sofria diante de Tyson Fury. No entanto, a medida de proteção foi usada de forma errada, ao menos na visão do peso-pesado.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 0
Isto é interessante!