Esportes "Casamento é união de um homem com uma mulher", diz Putin

20:01  14 fevereiro  2020
20:01  14 fevereiro  2020 Fonte:   dw.com

‘Casamento é união de um homem com uma mulher’, diz Putin

  ‘Casamento é união de um homem com uma mulher’, diz Putin Não quer legalizar união homossexual. Restrição será incluída na Constituição“Casamento é uma união de um homem com uma mulher”, disse o presidente russo em uma reunião com um comitê nomeado pelo Kremlin para discutir novas emendas à Constituição russa.

Presidente russo diz que não permitirá legalização de casamento entre pessoas do mesmo sexo e que restrição deve ser incluída na Constituição do país. "Enquanto eu estiver no poder, é papai e mamãe", afirma.

Presidente russo, Vladimir Putin, quer reformar a Constituição russa© Reuters/Sputnik Presidente russo, Vladimir Putin, quer reformar a Constituição russa

O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta quinta-feira (13/02) que não permitirá a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo enquanto estiver no poder e que o matrimônio deve permanecer uma união heterossexual. Além disso, ele apoiou a ideia de consagrar essa noção na Constituição do país.

"Casamento é uma união de um homem com uma mulher", disse ele em uma reunião com um comitê nomeado pelo Kremlin para discutir novas emendas à Constituição russa.

Grávida de 8 meses é morta a facadas no meio da rua na zona leste de SP

  Grávida de 8 meses é morta a facadas no meio da rua na zona leste de SP Grávida de 8 meses é morta a facadas no meio da rua na zona leste de SPEste é o segundo feminicídio (quando a vítima é morta por ser mulher) registrado na capital paulista em pouco mais de 24 horas.

"Essa é a ideia certa e deve ser apoiada. Precisamos apenas pensar em como formulá-la e onde", observou, após a parlamentar conservadora Olga Batalina dizer que a Constituição da Rússia deve defender "os valores tradicionais da família".

Ela alegou que a família está sendo atacada por tentativas de introduzir novos termos como "progenitor número um" e "progenitor número dois".

"Isso não é fantasia, é realidade em alguns países", disse Batalina, parlamentar do partido Rússia Unida, que fez lobby na Rússia pela proibição de adoções por estrangeiros e por uma lei contra "propaganda gay", que na prática proíbe o ativismo LGBT no país.

"Sobre progenitor número um e progenitor número dois, eu já falei antes publicamente sobre isso e vou repetir de novo: enquanto eu for presidente, isso não acontecerá. Vai ser papai e mamãe", disse Putin.

Coronavírus tem 2 casos de infectados que não estiveram na China

  Coronavírus tem 2 casos de infectados que não estiveram na China Casos na Alemanha e Japão. Primeiras ocorrências do tipoNa Alemanha, 1 funcionário da multinacional Webasto teve o diagnóstico confirmado na noite dessa 2ª feira (27.jan). Ele participou de 1 treinamento ministrado por uma colega chinesa em 21 de janeiro. A mulher visitara os pais em Wuhan antes de embarcar para a Europa, mas só começou a se sentir mal ao voltar para sua casa em Xangai, no dia 23.

O presidente russo afirmou em janeiro que a Rússia precisa de mudanças na Constituição promulgada em 1993 e nomeou um comitê com dezenas de legisladores e celebridades para apresentar ideias.

Na reunião televisionada na quinta-feira, os membros do grêmio propuseram colocar na Constituição frases sobre a Rússia ser um "Estado de paz" para a humanidade e um país que venceu a Segunda Guerra Mundial, entre uma enorme variedade de outras ideias.

Membro do comitê, Yelena Isinbayeva, que detém o recorde mundial no salto com vara, admitiu que nunca havia lido a Constituição antes de ser chamada por Putin para se juntar ao grupo. "Obrigada pela oportunidade, finalmente li a Constituição. Antes não havia necessidade. Agora entendo que é um livro muito importante", disse a atleta.

Revisão do equilíbrio de poder

Há especulações de que Putin queira uma revisão no equilíbrio de poder do país, embora o líder russo, cuja presidência vai até 2024, afirme que as reformas não pretendem ampliar seus próprios poderes.

Homem mata namorada e depois passeia com a ex e os filhos em Goiás

  Homem mata namorada e depois passeia com a ex e os filhos em Goiás Homem mata namorada e depois passeia com a ex e os filhos em Goiás'Ligue 180' recebe denúncias sobre assédio e violência contra a mulher

Em outros comentários durante a reunião, Putin também disse que apoia uma ideia de tornar inconstitucional a Rússia se desfazer de qualquer parte de seu território, algo que provavelmente irritará o Japão e Ucrânia, que têm disputas territoriais com Moscou.

A Rússia anexou a península da Crimeia da Ucrânia em 2014 e está em uma disputa há décadas com Tóquio sobre a propriedade de uma cadeia de ilhas no Pacífico que Moscou tomou do Japão no final da Segunda Guerra Mundial. Rússia e Japão mantêm conversações sobre essa disputa, que impediu os países de assinarem formalmente um tratado de paz após a Segunda Guerra Mundial.

"Temos conversas em andamento com nossos parceiros sobre certas questões, mas eu gosto da ideia em si", sublinhou Putin." Então, vamos instruir os advogados, peça-lhes para formularem isso da maneira certa."

MD/afp/rtr

__________________________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | App | Instagram | Newsletter

Homem que estava trabalhando na casa de turistas é acusado de matar lituano e estuprar a mulher dele .
Homem que estava trabalhando na casa de turistas é acusado de matar lituano e estuprar a mulher deleA mulher de Zindul, uma paulistana de 35 anos, foi estuprada pela mesma pessoa que matou o lituano. Ainda no hospital, onde está em observação, ela prestou depoimento nesta quinta-feira, 6, e afirmou que o acusado estava trabalhando na casa - cortando o mato - e já a havia assediado nos dois dias anteriores.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!