Esportes Botafogo é alvo de cobrança milionária por casos Doria e Jadson

03:40  17 fevereiro  2020
03:40  17 fevereiro  2020 Fonte:   msn.com

Perto do Coritiba, Jadson já afirmou que não “trairia” o Athlético-PR

  Perto do Coritiba, Jadson já afirmou que não “trairia” o Athlético-PR Meia de 36 anos negocia transferência para o Coxa; em entrevista no passado, afirmou que não jogaria pelo clubeO fato curioso da negociação é que Jadson chegou a afirmar no passado, em entrevista ao Esporte Interativo, que nunca jogaria no Coxa. A declaração foi dada devido à grande rivalidade que o clube possui com o Athlético-PR, onde o meia de 36 anos foi revelado.

Doria foi grande alvo em debate para Governo de São Paulo - Продолжительность: 10:28 Morning Show 75 327 просмотров. Luiz Marinho e João Doria trocam acusações em embate de PT e PSDB - Продолжительность: 5:17 RedeTV 151 917 просмотров.

Jads e Jadson - Jeito Carinhoso (Letra e música para ouvir) - Como esquecer o beijo que Como eu quero De novo um beijo seu muito gostoso Do jeito que cê faz é carinhoso Por isso eu quero suas mãos em mim Como eu quero O cheiro de amor que vem chegando Trazendo o seu corpo só pra mim.

Doria e Jadson, respectivamente (Fotos: Satiro Sodre/SS Press; Divulgação)© Fornecido por LANCE! Doria e Jadson, respectivamente (Fotos: Satiro Sodre/SS Press; Divulgação)

A empresa "Buga Assessoria em Marketing Esportivo" está cobrando R$ 1.483.561,84 do Botafogo. A ação corre na 40ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) desde o fim do mês passado, por conta do Alvinegro, de acordo com a inicial, não ter cumprido um acordo com os empresários, que tinha sido homologado judicialmente em maio de 2019, envolvendo as negociações dos jogadores Doria e Jadson. O Bota ainda não foi notificado da nova ação. O LANCE! teve acesso a detalhes do caso, onde a empresa pede que o juízo determine o pagamento em 15 dias e, caso o clube não cumpra, que o montante seja penhorado. Ainda não teve manifestação da juíza Admara Falante Schneider.

Botafogo tem 48h para pagar dívida milionária a ex-preparador de goleiro

  Botafogo tem 48h para pagar dívida milionária a ex-preparador de goleiro Determinação foi da juíza Dalva Macedo, da 70ª Vara do Trabalho do Rio do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região. Condenação foi no valor de R$ 1.070.131,78O LANCE! teve acesso a detalhes do caso. A magistrada deu 48 horas para que o Botafogo efetue o pagamento, a partir do momento que receba a notificação. Caso não seja pago, a juíza já deixou determinada a execução da dívida milionária. O processo corria desde 2015 no TRT-1 e, dentre outros pedidos, o ex-funcionário do Alvinegro conseguiu anular contrato via pessoa jurídica ao longo do período, passando a receber as diferenças via pessoa física, além de equiparação salarial.

Candidato do PSDB ao governo de SP, João Doria concede entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã - Продолжительность: 24:32 Jovem Pan News 226 642 просмотра. Olha a quantia milionária que Amoêdo declarou!

Em termos gerais, a cobrança se refere à percepção ou recolhida de algo, geralmente dinheiro, em conceito da compra ou do pagamento pelo uso Por outro lado, a cobrança bancária é o serviço que um banco presta a seus clientes e correspondentes para processar de acordo com as instruções, a

  Botafogo é alvo de cobrança milionária por casos Doria e Jadson © Fornecido por LANCE!

No dia 22 de novembro de 2012, o Botafogo e a empresa assinaram um documento, onde o clube concedeu "os poderes necessários para iniciar, em favor do Botafogo, os devidos entendimentos para a negociação dos direitos federativos e econômicos referentes aos atletas Mateus Doria Macedo e Jadson Alves dos Santos”. Ficara estabelecido, à época, que se negociações com os dois jogadores fossem realizadas sem a intermediação da empresa, o Bota deveria pagar uma multa, em valor equivalente em reais, a 300 mil euros sobre Doria e 200 mil euros sobre Jadson.

Entretanto, sem a participação da empresa, o Botafogo transferiu Doria para o Olympique de Marselha, da França, por seis milhões de euros em 31 de agosto de 2014, e transferiu Jadson para a Udinese, da Itália, por 2,5 milhões de euros no ano anterior. As totalidades pelas negociações foram recebidas pelo Bota em dezembro de 2013, no caso de Jadson, e em julho de 2017, no caso de Doria. Entretanto, ambas os negócios não tiveram a intermediação da empresa. Devido a isto, por conta da cláusula compensatória do contrato, o Bota acabou acionado na Justiça em 2018.

PSG pretende fazer proposta milionária para segurar Mbappé

  PSG pretende fazer proposta milionária para segurar Mbappé Ideia é equiparar o salário do atleta com o de Messi e CR7De acordo com o jornal espanhol "As", a ideia do PSG é colocar o salário de Mbappé no mesmo patamar dos craques Lionel Messi, do Barcelona, e Cristiano Ronaldo, da Juventus. O time francês estaria disposto a oferecer cerca de 50 milhões de euros líquidos por temporada.

Demonstração. Versão: 18. Horário de Funcionamento.

Jads e Jadson . Eu poderia escrever mil canções só pra você, Poderia te falar meus motivos pra gostar tanto de você Me diz quando a gente vai se ver Pra eu poder te abraçar E tentar te explicar a falta que você me faz Eu não aguento mais ficar tão longe de você!

A cobrança inicial era de R$ 1.998.050,00. O Botafogo e a empresa chegaram a um acordo em 7 de maio de 2019, ficando estabelecido que o clube pagaria R$ 500 mil à vista, em 10 de maio de 2019, e mais 18 parcelas de R$ 70 mil, mensalmente, a partir de julho de 2019. Entretanto, de acordo com a empresa na inicial da nova ação, o Bota não efetuou o pagamento de nenhuma parcela das 18 que estavam estabelecidas. No acordo, um atraso superior a 60 dias resultaria no vencimento antecipado de todas as parcelas, com acréscimo de multas, motivo da cobrança de agora devido ao alegado inadimplemento.

Artilheiro de 2020, Pedro Raul deve desfalcar o Botafogo contra o Náutico .
Atacante de 23 anos, com três gols na temporada, se recupera de lesão na coxa direita sofrida na derrota do Alvinegro para o Fluminense, na despedida da Taça GuanabaraPedro Raul tem feito treinos à parte do restante do elenco para acelerar a recuperação. Ele ficou ausente das atividades da manhã desta segunda-feira e e ainda não foi confirmado na viagem para a capital pernambucana. A lesão ocorreu na derrota para o Fluminense, na última rodada da fase de grupos da Taça Guanabara. Caso não enfrente o Náutico, o jogador de 23 anos deve retornar na estreia do Glorioso na Taça Rio, dia 1º de março, contra o Boavista.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!