Esportes Vitória de Guimarães publica nota oficial sobre racismo da torcida

15:41  17 fevereiro  2020
15:41  17 fevereiro  2020 Fonte:   lance.com.br

Atacante do Porto comenta caso de racismo em jogo pela primeira vez

  Atacante do Porto comenta caso de racismo em jogo pela primeira vez Atacante do Porto comenta caso de racismo em jogo pela primeira vez- Estou melhor. Ontem foi muito difícil, foi uma grande humilhação. Fui para casa, o momento passou e consegui sorrir um pouco. Recebi muitas mensagens de apoio e agradeço a todos.

Marega repudiou atos racistas da torcida local e deixou campo de jogo no segundo tempo (AFP)© Fornecido por LANCE! Marega repudiou atos racistas da torcida local e deixou campo de jogo no segundo tempo (AFP)

O Vitória de Guimarães soltou um comunicado oficial em seu site sobre o caso de racismo no jogo do último domingo, contra o Porto. Marega, atacante dos Dragões, foi alvo de insultos da torcida local e deixou o campo aos 16 minutos do segundo tempo, após fazer o gol que deu a vitória da equipe azul e branca. Na nota, o clube alvinegro se comprometeu a estar ao lado das investigações, mas desvinculou a imagem da equipe aos atos preconceituosos.

- O Vitória não deixará de censurar qualquer manifestação de violência, racismo ou intolerância. O Vitória vai averiguar o sucedido após o jogo, agindo com firmeza e em cooperação plena com as entidades judiciais competentes. O Vitória é preto e branco, de pretos e de brancos. As vítimas são de todas as cores e de todos os clubes.

Polícia identifica torcedores que fizeram insultos racistas a Marega

  Polícia identifica torcedores que fizeram insultos racistas a Marega Presidente do Porto pede punição exemplar para que os atos não se repitamA Polícia de Segurança Pública (PSP) de Portugal já identificou parte dos torcedores suspeitos de proferirem insultos racistas contra o atacante malinês Moussa Marega, do Porto, no último domingo, contra o Vitória de Guimarães pelo Campeonato Português.

Apesar dos insultos racistas terem sido mais fortes durante a partida, Sérgio Conceição, técnico do Porto, declarou que os atos começaram ainda no aquecimento das equipes antes do jogo. Vídeos nas redes sociais atestam o ocorrido.

Vasco repudia racismo cometido pela torcida do Oriente Petrolero-BOL .
Torcedores do clube boliviano insultaram de maneira racista o goleiro Alexander, reserva do Cruz-Maltino. Clube usou o site oficial para repudiar os atos cometidos pelos bolivianosSegundo o clube, o volante Juninho foi o primeiro alvo de palavras e gestos ofensivos dos torcedores bolivianos que estavam atrás do banco de reservas. Depois, o goleiro Alexander e o zagueiro Ricardo tentaram alertar a arbitragem, mas acabaram ofendidos também. Ainda por cima, o árbitro advertiu com cartão amarelo o zagueiro Ricardo Graça.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!