Meio Ambiente Inacreditáveis: os lugares que foram 'invadidos' pela natureza!

23:40  28 junho  2020
23:40  28 junho  2020 Fonte:   starsinsider.com

Ônibus de 'Na natureza selvagem' é removido no Alasca

  Ônibus de 'Na natureza selvagem' é removido no Alasca Objetivo é evitar que turistas se arrisquem para alcançá-lo    O veículo foi retirado de uma área remota do Parque Nacional Denali por um helicóptero do Exército dos EUA e transferido para um local temporário enquanto aguarda seu destino definitivo.

O presidente francês, Emmnauel Macron, acena para simpatizantes ao deixar sua casa antes de voltar a Paris após votar nas eleições municipais em Le Touquet, oeste da França, 28 de junho de 2020 © Ludovic Marin O presidente francês, Emmnauel Macron, acena para simpatizantes ao deixar sua casa antes de voltar a Paris após votar nas eleições municipais em Le Touquet, oeste da França, 28 de junho de 2020

O partido do presidente francês, Emmanuel Macron, sofreu neste domingo (28) uma dura derrota nas eleições municipais, marcadas pelo avanço dos ecologistas, segundo as primeiras estimativas.

Os Verdes, que avançam com força no tabuleiro político francês há algumas eleições, venceriam em várias cidades francesas, como Lyon (centro-este) e Bordeaux (centro-oeste), impulsionados pela crescente conscientização sobre os problemas ambientais.

Ônibus do filme Na Natureza Selvagem é retirado do Alasca após acidentes e mortes de turistas

  Ônibus do filme Na Natureza Selvagem é retirado do Alasca após acidentes e mortes de turistas O ônibus abandonado que ficou famoso pelo livro e filme “Na Natureza Selvagem” foi removido do deserto do Alasca. O veículo dos anos 1940 foi transportado de seu local, próximo ao rio Teklanika, por um helicóptero do exército dos Estados Unidos. Ele serviu de abrigo para o alpinista Chris McCandless, de 24 anos, que se refugiou dentro do ônibus no verão de 1992 e lá morreu de fome, depois de passar 114 dias na natureza. O autor Jon Krakauer contou sua história no livro de 1996 “Na Natureza Selvagem”, que foi adaptado por Sean Penn no filme de 2007, estrelado por Emile Hirsch – e uma jovem Kristen Stewart.

O República em Marcha (LREM), partido do governo, perdeu em todas as grandes cidades francesas. Em Paris, sua candidata, Agnès Buzyn, ex-ministra da Saúde, ficou em terceiro, com 14% a 16% dos votos, atrás da socialista Anne Hidalgo (50,2%) e da conservadora Rachida Dati (32%), segundo as primeiras estimativas.

Anne Hidalgo, prefeita de Paris, deixa seção eleitoral na capital francesa durante as eleições municipais, em 28 de junho de 2020 © JOEL SAGET Anne Hidalgo, prefeita de Paris, deixa seção eleitoral na capital francesa durante as eleições municipais, em 28 de junho de 2020

Se as estimativas se confirmarem, a socialista Hidalgo, de 61 anos, aliada dos ecologistas, terá durante mais seis anos a chave da prefeitura de Paris, com mais de 2 milhões de habitantes, epicentro do poder na França e uma das cidades mais visitadas do mundo.

Seu programa, centrado na ecologia, busca seguir reduzindo o lugar dos carros na cidade, onde os engarrafamentos são a regra, e potencializar os deslocamentos em bicicleta ou a pé.

O primeiro-ministro, Edouard Philippe, cuja popularidade disparou pela gestão da pandemia do novo coronavírus, salvou, em parte, a honra do governo, ao conseguir a prefeitura da cidade portuária de Le Havre (oeste), seu reduto eleitoral.

meb/mb/mvv

Centenas de elefantes morrem de forma misteriosa em Botsuana .
Caça e envenenamento de fontes de água foram descartadosSegundo as autoridades, amostras de sangue de 280 elefantes já foram coletadas, mas os exames ainda devem demorar semanas para sair. No entanto, está descartada que uma das causas possa ser a caça desses animais, pois todos eles ainda tinham as presas de marfim intactas.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 0
Isto é interessante!