Meio Ambiente Galápagos repatria 36 tartarugas ameaçadas de extinção nascidas em cativeiro

02:21  29 setembro  2020
02:21  29 setembro  2020 Fonte:   istoe.com.br

Chile: ativistas estão indignados porque ilha sagrada está à venda por R$ 100 milhões

  Chile: ativistas estão indignados porque ilha sagrada está à venda por R$ 100 milhões A ilha de Guafo fica na rota das baleias azuis rumo aos fiordes da Patagônia chilena. É um ponto importante para a biodiversidade marinha, lar de uma flora rara e The post Chile: ativistas estão indignados porque ilha sagrada está à venda por R$ 100 milhões appeared first on Desejo Luxo | Consumo, grifes, moda, veículos, imóveis, viagens e experiências de luxo.

A tartaruga -das- galápagos ou tartaruga -gigante- de - galápagos (Chelonoidis nigra) (Quoy & Gaimard, 1824), é uma espécie de tartaruga da família Testudinidae, endêmica do arquipélago de Galápagos , no Equador.

"Inspirando pessoas, promovemos mudanças!" Em novembro de 2016 houve uma situação atípica do clima no litoral do ES. Estávamos em uma expedição do projeto

Um grupo de 36 tartarugas gigantes nascidas em cativeiro, que são de uma espécie em extinção, foram repatriadas em seu habitat na Ilha de São Cristóvão, uma das principais ilhas do arquipélago equatoriano de Galápagos, informou nesta segunda-feira (28) o Parque Nacional Galápagos (PNG).

Os répteis da espécie Chelonoidis chathamensis foram introduzidos em seu habitat natural na parte noroeste da ilha, onde há uma população estimada de 6.700 desses animais, segundo comunicado da reserva.

12 animais que você só encontra na Floresta Amazônica

  12 animais que você só encontra na Floresta Amazônica A biodiversidade da Amazônia é uma de nossas maiores riquezas. Milhões de espécies animais vivem na região. Confira alguns!Este pássaro, que pode chegar até 28 cm de altura, vive nas florestas tropicais da Colômbia, Venezuela e Brasil. Eles têm um distintivo meio círculo na cabeça. Os machos são laranja-brilhante e as fêmeas são cinza-oliva. Caleb Compton, biocientista americano, descreve o curioso ritual de acasalamento desses pássaros: as fêmeas assistem enquanto cerca de 40 machos exibem um cortejo elaborado, na espera de receber um selinho nas costas de uma delas – o sinal de suas escolhas.

Sucuri de 5 metros é capturada em cachoeira - Продолжительность: 5:34 Tvco Sbt 4 279 695 просмотров. Hipopótamos que adoram escovar os dentes se tornam atração em zoológico no interior de São Paulo - Продолжительность: 5:26 Domingo Espetacular 780 190 просмотров.

Então, 14 que nasceram em cativeiro , no interior de São Paulo, foram transferidas para um viveiro, em Belém. SBT PARÁ (31.01.18) De volta à natureza: Ararajubas são soltas no Parque do Utinga - Продолжительность: 2: 36 SBT Pará 2 664 просмотра.

“As informações científicas que temos sobre essas tartarugas confirmam que elas permanecem saudáveis, com uma boa estrutura populacional que garante sua sobrevivência”, disse o diretor do PNG, Danny Rueda.

No entanto, a espécie está em risco de extinção de acordo com a União Internacional para Conservação da Natureza. As tartarugas, entre seis e oito anos de idade e pesando entre três e cinco quilos, “passaram por um rigoroso processo de quarentena antes de serem soltas”, acrescentou a estatal PNG.

De acordo com o parque, a quarentena inclui medição de oxigenação, temperatura e frequência cardíaca, além de exames de sangue e fezes para descartar qualquer doença ou parasita, tudo realizado com o apoio do Centro de Ciências de Galápagos, da Universidade San Francisco de Quito.

Nos últimos oito anos, foram repatriadas um total de 75 tartarugas Chelonoidis chathamensis criadas em cativeiro em um centro de criação da PNG localizado no sul da Ilha de São Cristóvão.

As Ilhas Galápagos, a 1.000 km da costa do Equador, possuem flora e fauna únicas no mundo e fazem parte da reserva da biosfera. O arquipélago, que serviu de laboratório natural para o cientista inglês Charles Darwin na elaboração de sua teoria sobre a evolução das espécies, leva o nome das tartarugas gigantes que vivem lá.

Ameaçada, onça-pintada é monitorada na Mata Atlântica .
Entidades propõem pesquisa, conscientização e ecoturismo relacionados ao animal em SPO projeto desenvolvido pela organização não governamental Onçafari e pela reserva Legado das Águas, no Vale do Ribeira, no interior de São Paulo, reúne pesquisadores das duas entidades para identificar, monitorar e depois estudar esses raros indivíduos no local.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!