Meio Ambiente: Cabeça de lobo de 32.000 anos é encontrada na Sibéria - PressFrom - Brasil

Meio AmbienteCabeça de lobo de 32.000 anos é encontrada na Sibéria

21:10  14 junho  2019
21:10  14 junho  2019 Fonte:   msn.com

Embalagem de folha de bananeira começa a ser usada em supermercado de SP

Embalagem de folha de bananeira começa a ser usada em supermercado de SP A deterioração do meio ambiente é provocada principalmente pela alta incidência de plástico. Oceanos não nos deixam mentir. Por isso, iniciativas como o emprego de folhas de bananeira para a criação de embalagens são super bem-vindas. A novidade sustentável começou a ser aplicada na Casa Santa Luzia, em São Paulo. De acordo com o Huffington Post, as sacolas de folha de bananeira embalam alface, espinafre e escarola e estão à venda por R$ 6,70. O item se destaca pela facilidade, basta cortar, embalar e amarrar a folha com sisal.

Uma gigantesca cabeça de lobo de 32 mil anos de antiguidade, com o cérebro e os dentes intactos, foi descoberta na região russa da Sibéria - informou a Academia de Ciências local em um comunicado.

Uma gigantesca cabeça de lobo de 32 mil anos de antiguidade, com o cérebro e os dentes intactos, foi descoberta na região russa da Sibéria – informou a Academia de Ciências local em um comunicado. Coberta de pelagem e parecendo a cabeça de um mamute, ela foi encontrada por um

Cabeça de lobo de 32.000 anos é encontrada na Sibéria © HO Cabeça de lobo de 32.000 anos encontrada na Sibéria

Uma gigantesca cabeça de lobo de 32 mil anos de antiguidade, com o cérebro e os dentes intactos, foi descoberta na região russa da Sibéria - informou a Academia de Ciências local em um comunicado.

Coberta de pelagem e parecendo a cabeça de um mamute, ela foi encontrada por um habitante no verão passado em uma área de permafrost perto de um rio em Yakutia, no leste da Sibéria, relata o comunicado publicado na noite de quinta-feira (13).

Cabeça de lobo de 32.000 anos é encontrada na Sibéria © Suzane de Oliveira

Entregue à Academia de Ciências de Yakutia, paleontólogos russos e japoneses analisaram a peça e estabeleceram que se trata da cabeça de um lobo do Pleistoceno (Canis dirus), de 32.000 anos de idade.

Encefalite supostamente provocada por lichia mata 31 crianças na Índia

Encefalite supostamente provocada por lichia mata 31 crianças na Índia Encefalite supostamente provocada por lichia mata 31 crianças na Índia

A cabeça do lobo foi encontrada no ano passado na mesma região, no rio Tirekhtyakh, por caçadores locais O lobo encontrado na Sibéria tinha presas mais poderosas do que as espécies modernas e acredita-se que ele Enorme cabeça de lobo de 32 . 000 anos é encontrada na Sibéria .

Coberta de pelagem e parecendo a cabeça de um mamute, ela foi encontrada por um habitante no verão passado. (foto: Albert Protopopov). Uma gigantesca cabeça de lobo de 32 mil anos de antiguidade, com o cérebro e os dentes intactos, foi descoberta na região russa da Sibéria , informou

Sua dimensão, 41,5 centímetros de comprimento, corresponde à metade do corpo de um lobo atual, que mede entre 66 e 86 centímetros, descreve o documento.

"Isso nos permitiu concluir que o lobo do Pleistoceno era gigantesco", acrescenta.

A cabeça contém "um cérebro intacto, e todos os seus dentes estão preservados", disse o comunicado, que considerou a descoberta "sensacional".

Os tecidos e a pele também estão intactos, de acordo com a mesma fonte.

"É a primeira vez que encontramos restos de um lobo do Pleistoceno com tecidos preservados", disse Albert Protopopov, da Academia de Ciências, citado no comunicado.

O uso do celular está mudando o formato do crânio humano.
O uso do celular está mudando o formato do crânio humano

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 142
Isto é interessante!