Meio Ambiente: Mancha de petróleo avança no Nordeste e biólogos temem que afete reprodução de baleias - PressFrom - Brasil

Meio Ambiente Mancha de petróleo avança no Nordeste e biólogos temem que afete reprodução de baleias

14:25  08 outubro  2019
14:25  08 outubro  2019 Fonte:   bbc.com

Vazamento de petróleo no Nordeste 'veio de navio estrangeiro', diz Ricardo Salles

  Vazamento de petróleo no Nordeste 'veio de navio estrangeiro', diz Ricardo Salles Vazamento de petróleo no Nordeste 'veio de navio estrangeiro', diz Ricardo SallesO ministro participa de uma audiência pública na Câmara, para debater o desmatamento na região amazônica. “Esse óleo veio de um navio estrangeiro, ao que tudo indica”, disse Salles.

Jean Louis Rodolphe Agassiz, (1807-1873), zoólogo suiço. David Attenborough, (1926-), biólogo e antropólogo inglês. Joseph Banks, (1743-1820), botânico. Anton de Bary, (1831-1888), cirurgião, botânico, microbiólogo. Gaspard Bauhin, biólogo . Charles William Beebe, (1877-1962), biólogo .

Viajar pelo concelho de Nordeste é antes de mais penetrar no mais íntimo de uma terra feita de paz, tranquilidade e belezas inesquecíveis. PAEL – Programa de Apoio à Economia Local. PAM – Programa de Ajustamento Municipal.

Tartaruga é encontrada coberta de óleo de origem desconhecida no litoral do Maranhão© Reuters Tartaruga é encontrada coberta de óleo de origem desconhecida no litoral do Maranhão

Grandes manchas pretas e gosmentas arrastadas pelo mar chegam a todo momento às areias claras do litoral do Nordeste brasileiro.

Sua origem é desconhecida, mas seus efeitos já são devastadores. São mais de 132 pontos com registros de óleo em 61 cidades de nove Estados diferentes: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Ao menos oito animais morreram sufocados pelo material de origem ainda desconhecida.

  • O mistério das manchas de petróleo que surgiram em praias do Nordeste
  • Como o oceano pode se tornar um inimigo da humanidade

Biólogos temem que a poluição se espalhe ainda mais e chegue a prejudicar a reprodução de animais - entre eles, as baleias jubarte.

Chegada de óleo ameaça fauna, flora e sustento de famílias na foz do rio São Francisco

  Chegada de óleo ameaça fauna, flora e sustento de famílias na foz do rio São Francisco Chegada de óleo ameaça fauna, flora e sustento de famílias na foz do rio São FranciscoAutoridades, criadores e ambientalistas ouvidos pela BBC News Brasil contam que o óleo já é encontrado na parte final do rio, o que desperta uma grande preocupação com possíveis prejuízos ambientais, de abastecimento e econômicos na região.

- Controlar preços de venda de petróleo no mercado mundial. - Analisar e gerar conhecimentos para os países membros sobre o mercado de petróleo Muitos especialistas em petróleo defendem a entrada do Brasil na OPEP, após a descoberta de petróleo na camada pré-sal na Bacia de Santos.

A baleia -comum (Balaenoptera physalus), também chamada de baleia -fin e rorqual-comum, é um mamífero marinho que pertence à família dos balenopterídeos, da ordem dos cetáceos. É o segundo maior animal existente, depois da baleia -azul, podendo atingir um comprimento de até 25,9 metros

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) informou que tomou uma série de medidas, em parceria com os Corpos de Bombeiros dos Estados atingidos, para minimizar os danos desde o dia 2 de setembro, quando foram identificadas as primeiras manchas.

Junto com a Marinha e Petrobras, o grupo de técnicos também tenta identificar a origem e os responsáveis pelo despejo de petróleo cru no mar. O Instituto Tamar suspendeu a soltura de tartarugas marinhas por conta do problema.

O primeiro resultado dessa força-tarefa aponta que a substância encontrada nos litorais não é nenhum tipo de derivado de petróleo, como gasolina ou querosene, mas sim o produto em sua forma bruta, não processado.

A Petrobras anunciou que suas análises indicam que o material que está poluindo as praias não é produzido no Brasil. Na tarde desta segunda-feira (07/10), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governo federal identificou um possível responsável pelo vazamento.

Investigação sobre óleo no Nordeste mira 23 navios suspeitos

  Investigação sobre óleo no Nordeste mira 23 navios suspeitos Investigação sobre óleo no Nordeste mira 23 navios suspeitosO cruzamento de informações, conforme apurou a reportagem, apontam que, na região investigada, havia embarcações de diversas origens. O trabalho se concentra em cruzar rotas mais usadas no transporte de petróleo e a direção que as toneladas de óleo tomaram até chegar às praias do Brasil.

Processo de extração: Depois de identificar, através de estudos geológicos, a presença de uma rocha rica em petróleo , o local é isolado e começam as escavações. Ao atravessar a rocha sedimentar, a sonda usada para escavar chega à camada petrolífera, neste momento o petróleo é jorrado para

Esse fato está relacionado à recente tendência de migração de indústrias, antes localizadas no Sudeste, para o Nordeste , uma prática cada vez mais recorrente. Na sub-região do Meio Norte, que abrange todo o estado do Maranhão e a porção oeste do Piauí, a atividade econômica predominante

"Pode ser algo criminoso, pode ser um vazamento acidental. Pode ser um navio que naufragou também. Agora, é complexo. Temos no radar um país que pode ser o da origem do petróleo e continuamos trabalhando da melhor maneira possível", disse o presidente.

A Petrobras contratou moradores das regiões afetadas pelo óleo para trabalhar na limpeza das praias. O número de contratados, porém, vai depender da quantidade de pessoas treinadas para atuar em situações desse tipo em cada região atingida.

Avanço rumo ao sul

O presidente do Instituto Biota de Conservação, Bruno Estefanis Santos Pereira de Oliveira, que atua em Alagoas, disse que a mancha está avançando de maneira significativa em direção ao sul do país.

"A gente não tem ideia do que está boiando por aí, de onde vem, nem a proporção que tomará. A previsão é aumentar. O que a gente sabe é que as manchas começaram no norte e hoje estão no Estado todo, e cada vez maiores", disse Oliveira.

Inquérito sobre óleo no Nordeste ainda é inconclusivo, diz ministro da Defesa

  Inquérito sobre óleo no Nordeste ainda é inconclusivo, diz ministro da Defesa Inquérito sobre óleo no Nordeste ainda é inconclusivo, diz ministro da Defesa“Estamos levantando os navios e bandeiras. Pode ter sido acidente ou incidente, ainda não chegamos a essa conclusão”, disse o ministro nesta quinta-feira, 10, durante o Fórum de Investimentos Brasil 2019, realizado em São Paulo e organizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos. . Conforme apurou o Estado, as investigações da Marinha e da Polícia Federal miram 23 navios suspeitos que passaram pela região.

O serviço gratuito do Google traduz instantaneamente palavras, frases e páginas da Web entre o inglês e mais de 100 outros idiomas.

Viaje com a empresa de ônibus mais moderna do Brasil. Seleção das viagens de ônibus em destaque pela Viação Nordeste .

Ele conta que nos primeiros dias os moradores observavam apenas pequenas manchas e que neste domingo foi vista a maior quantidade de óleo. No mesmo dia, membros do instituto resgataram uma tartaruga com metade do corpo coberto pelo material.

"Fizemos o primeiro socorro e acionamos o Ibama para que a tartaruga recebesse os próximos atendimentos. Quando isso acontece, uma equipe de veterinários faz uma cuidadosa lavagem manual com detergente e água morna, e uma bateria de exames para saber se o animal está bem fisicamente. Depois de limpas, são analisadas todas as cavidades do animal, como boca e narinas, para saber se alguma delas está bloqueada pelo óleo", explicou Oliveira.

O coordenador de pesquisa do Instituto Baleia Jubarte teme que a expansão das áreas atingidas pelo petróleo prejudique até a reprodução das baleias no litoral da Bahia e do Espírito Santo.

"Não tivemos o registro de nenhuma baleia ou golfinho atingido pelo óleo, mas pode acontecer, pois o que a gente vê é um avanço constante do óleo", afirmou.

Dimensões incertas

Questionados pela reportagem da BBC News Brasil, o Ibama e o governo federal não souberam informar o tamanho da mancha de óleo próxima ao litoral brasileiro. Também não disseram se tomarão medidas emergenciais para conter o avanço do petróleo em direção à costa ou para que ele se espalhe pelo oceano.

Manchas de óleo chegam a praias de Salvador

  Manchas de óleo chegam a praias de Salvador Manchas de óleo chegam a praias de SalvadorA Empresa de Limpeza Pública da cidade, a Limpurb, também observou manchas na Praia do Flamengo e Jardim dos Namorados, essa última localizada no bairro da Pituba.

Baleias jubarte migram mais de 25 mil quilômetros a cada ano das áreas de alimentação para as de reprodução . Elas só se alimentam no verão em águas polares Alguns biólogos acreditam que isso deve ser considerado como subespécies separadas[14] e que elas evoluíram independentemente.[15].

Cerca de 1003 poemas do Nordeste . Brisa. Vamos viver no Nordeste , Anarina. O NORDESTE NÃO SE CALA O nordeste nao se cala A ideia é a prova de bala Representando nossa origem O vento seco que corre pela seca que avança e o jumento que socorre é bicho que não descança aqui

O Instituto Biota, porém, conta com um "exército" de moradores para se manter informado.

A ONG especializada em pesquisa científica e conservação da fauna e ecossistemas marinhos criou uma rede de informações por meio da ajuda de moradores para monitorar a costa alagoana.

Dessa forma, eles monitoram desde as praias mais movimentadas até as mais desertas e pouco urbanizadas sem a necessidade de estar presente fisicamente em todas elas.

Por meio do aplicativo Biota FMA Conservação Marinha, os moradores podem registrar ocorrências por meio de fotos e solicitar apoio especializado.

"Isso nos ajuda a monitorar uma faixa muito maior do que poderíamos normalmente. Os moradores estão na praia quase 24 horas por dia e a gente conta com eles para alertar os órgãos ambientais e fazer os resgates no menor tempo possível. A população é o nosso maior parceiro", disse Bruno Oliveira, da ONG que desenvolveu o aplicativo.

Para especialistas, o mais importante é cuidar para evitar que o óleo se espalhe e cause mais danos. A intenção é evitar que animais e pessoas tenham contato com o óleo para que as pessoas não se contaminem. Uma pessoa relatou ter passado mal após ter comido um peixe que ingeriu óleo.

"Nossa intenção é evitar qualquer contato. É mais fácil identificar e evitar ingerir animais maiores porque são mais evidentes, mas os menores podem ser ingeridos e entrar na cadeia alimentar sem ser percebidos", disse Oliveira

O Estado de Alagoas decretou situação de emergência e pediu para que nenhum morador use as praias e não entre em contato com o óleo, mesmo que tenha a intenção de ajudar. Em caso de emergência, a recomendação é acionar os órgãos responsáveis.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sobrevoou o litoral sergipano durante cerca de 30 minutos nesta segunda-feira para avaliar a extensão das manchas.

Sem entender a dimensão da mancha de óleo, os especialistas ouvidos pela reportagem dizem que é difícil prever o que pode acontecer no Brasil.

"Se ocorreu algo com a dimensão da explosão da plataforma Deepwater Horizon, que deixou 11 trabalhadores mortos e derramou milhões de barris de petróleo no Golfo do México, com certeza tem um potencial maior de afetar esses bichos. Lá morreram diversas baleias e golfinhos", afirmou o coordenador do Instituto Baleia Jubarte.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!


200 toneladas de óleo foram recolhidas nas praias do Nordeste .
200 toneladas de óleo foram recolhidas nas praias do NordesteJá são 43 dias desde a primeira detecção do material. A preocupação neste momento é saber quanto do óleo ainda chegará às praias. Simplesmente não se sabe, neste momento, se a situação já está controlada ou quanto do petróleo ainda chegará ao litoral, dado que se trata de uma matéria pesada, que avança no fundo do mar.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 48
Isto é interessante!