Meio Ambiente: Abrolhos fica fora do radar dos leilões de petróleo após pressão de ambientalistas - - PressFrom - Brasil

Meio Ambiente Abrolhos fica fora do radar dos leilões de petróleo após pressão de ambientalistas

22:10  10 outubro  2019
22:10  10 outubro  2019 Fonte:   hardcore.com.br

Produção de petróleo e gás natural bate recorde em agosto, diz ANP

  Produção de petróleo e gás natural bate recorde em agosto, diz ANP Quase 3 milhões de barris de óleo por dia. Alta de 7,7% em relação a julhoOs dados fazem parte do “Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural”. O documento foi divulgado nesta 4ª feira (2.out.2019). Eis a íntegra.

  Abrolhos fica fora do radar dos leilões de petróleo após pressão de ambientalistas © Fornecido por Rocky Mountain Editorial Ltda.

Mais de 1 milhão de pessoas assinaram petiçoes online solicitando que os blocos de exploração de petróleo no Parque Nacional Marinho de Abrolhos não fossem leiloados

Por Redação HC

O Congresso decidiu hoje (10/10) o futuro dos blocos de exploração de petróleo que foram a leilão na na 16ª Rodada de Licitações de Blocos Exploratórios da Agência Nacional do Petróleo (ANP). O Parque Nacional Marinho de Abrolhos, no litoral sul da Bahia, um dos locais de maior biodiversidade da região, ficou fora dos lotes de venda após a forte pressão de ambientalistas que, por meio de petições online, engajaram a população a defender o território.

Bolsonaro diz que petróleo que atingiu praias do Nordeste não é do Brasil

  Bolsonaro diz que petróleo que atingiu praias do Nordeste não é do Brasil Bolsonaro diz que petróleo que atingiu praias do Nordeste não é do BrasilSegundo Bolsonaro, as manchas de óleo estão sendo “analisadas” desde 2 de setembro. Ele afirmou que trata-se de uma investigação “bastante complexa”.

  Abrolhos fica fora do radar dos leilões de petróleo após pressão de ambientalistas © Fornecido por Rocky Mountain Editorial Ltda.

Ambientalistas marcaram presença durante o leilão que definiu compra e venda de blocos de exploração de petróleo no BR (Foto: Adriano Machado/Reuters)

Foram mais de 1 milhão de assinaturas, a maioria delas movimentada pela ambientalista Tamires Felipe Alcantara, que conseguiu um total de 980 mil nomes: “Nosso objetivo com essa ação é fazer com que as empresas participantes da licitação coloquem o meio ambiente acima de qualquer outra questão e desistam de compras que podem afetar áreas de preservação”, ressaltou em entrevista.

Rafael Sampaio, diretor executivo da Change.org Brasil, plataforma que Tamires utilizou para realizar a petição, rebateu o argumento da ANP que justificava a venda do bloco afirmando que este se encontrava a 300km das áreas de preservação de Abrolhos: “a lama da tragédia de Mariana, em 2016, percorreu um total de 600km contaminando tudo por onde passava. Não podemos considerar segura a distância dos blocos de petróleo para as áreas de preservação”, afirma Sampaio.

Leilão de blocos de oléo e gás ignora alerta do Ibama e assombra Parque Nacional de Abrolhos

  Leilão de blocos de oléo e gás ignora alerta do Ibama e assombra Parque Nacional de Abrolhos Leilão de blocos de oléo e gás ignora alerta do Ibama e assombra Parque Nacional de AbrolhosO Governo brasileiro realiza nesta quinta-feira (10) um leilão para exploração de petróleo e gás que inclui quatro blocos em uma porção específica da bacia de Camuamu-Almada, a 130 quilômetros do banco de corais de Abrolhos. Eles deverão ser leiloados na contramão de um parecer técnico do Ibama feito em abril, no qual especialistas do órgão reforçam a necessidade de estudos ambientais antes dos blocos serem ofertados às empresas.

VEJA TAMBÉM:

TARTARUGA MARINHA BEBÊ MORRE APÓS INGERIR 104 PEDAÇOS DE PLÁSTICO

RELATÓRIO DA PETROBRAS APONTA QUE MANCHAS DE ÓLEO NO NE PODEM SER DA VENEZUELA

GOLFINHO COM MANCHAS DE ÓLEO É ENCONTRADO MORTO NO CEARÁ

The post Abrolhos fica fora do radar dos leilões de petróleo após pressão de ambientalistas appeared first on Hardcore.

O impacto do vazamento de petróleo no nordeste .
O impacto do vazamento de petróleo no nordeste

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 0
Isto é interessante!