Meio Ambiente Manchas de óleo chegam a praias de Salvador

19:30  11 outubro  2019
19:30  11 outubro  2019 Fonte:   estadao.com.br

Ricardo Salles e Rui Costa trocam farpas no Twitter por manchas de óleo

  Ricardo Salles e Rui Costa trocam farpas no Twitter por manchas de óleo Ricardo Salles e Rui Costa trocam farpas no Twitter por manchas de óleo

Manchas de óleo chegam a praias de Porto Seguro. As manchas de óleo que atingem o litoral da Bahia chegaram à cidade de Porto Seguro, no sul da Bahia, nesta quinta-feira (31). As praias atingidas ficam nos distritos de Arraial D'Ajuda e Trancoso – dois dos destinos turísticos mais

Com a chegada das manchas ao litoral baiano, todos os Estados nordestinos estão afetados pela poluição, cuja origem ainda é investigada. Em Sergipe, uma imagem impressionante: uma praia de Aracaju amanheceu com uma espessa camada de óleo .

  Manchas de óleo chegam a praias de Salvador © Foto: Reprodução/TV Globo

O óleo que se espalha pelo litoral nordestino chegou na madrugada desta sexta-feira, 11, às praias em Salvador. De acordo com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), foram observados resquícios da substância, apontada como petróleo cru, nas praias de Piatã, uma das mais frequentadas por banhistas, na capital baiana, e de Vilas do Atântico, no município vizinho de Lauro de Freitas.

A Empresa de Limpeza Pública da cidade, a Limpurb, também observou manchas na Praia do Flamengo e Jardim dos Namorados, essa última localizada no bairro da Pituba.

A Limpurb informa que disponibilizou uma equipe de 75 agentes para realizar a limpeza dessas áreas. Eles estão trabalhando em regime de plantão de 24 horas para realizar o monitoramento de toda a orla da capital. Segundo o Inema, em todo o Estado, já são 19 as praias contaminadas pelo óleo.

Investigações identificam óleo venezuelano em praias do Nordeste

  Investigações identificam óleo venezuelano em praias do Nordeste Investigações identificam óleo venezuelano em praias do NordesteSegundo uma fonte da alta cúpula do governo ouvida pela Estado, trata-se do mesmo tipo de óleo extraído da Venezuela. A conclusão já foi comunicada ao Ibama, órgão ligado ao Ministério do Meio Ambiente. Não é possível dizer que todo o vazamento que atinge as praias do Nordeste tem a mesma origem, mas análises já realizadas em algumas manchas concluíram, com 100% de certeza, que se trata de material de origem venezuelana.

Pelo menos 22 toneladas de óleo foram retiradas pela Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) durante oito horas num trecho de pouco mais de um quilômetro, desde a praia da Pituba até a do Jardim dos Namorados. As manchas também chegaram até as praias de Jardim de Alá e

Desde o dia 7 de novembro, as manchas de óleo ultrapassaram a região Nordeste e chegaram ao Sudeste, sendo o Espírito Santo o primeiro estado afetado. O Ibama confirmou que os fragmentos são os mesmos encontrados nas praias nordestinas.

Um vazamento de petróleocru se espalha pelos nove Estados do Nordeste. O poluente foi identificado em uma faixa de mais de 2 mil quilômetros da costa brasileira. O governo federal afirma que análises já apontaram ser petróleo cru, de origem desconhecida e de tipo não produzido no Brasil.

Considerado o maior episódio de vazamento de óleo no Brasil em termos de extensão, o desastre ambiental que atingiu pelo menos 139 pontos nos nove Estados do Nordeste pode causar impacto na saúde humana, ainda que em escala pequena, quando comparada aos danos ao ecossistema local.

__________________

Sergipe declara situação de emergência por óleo nas praias .
Sergipe declara situação de emergência por óleo nas praiasEm Sergipe, as primeiras manchas de petróleo apareceram no dia 24 de setembro, segundo o governo do Estado. "A preocupação é que a situação vem se agravando com o aumento da quantidade de manchas, o que faz com que o governo tenha que definir novas ações", explica o governo de Sergipe. O governo informa que a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) vem atuando com outros órgãos na limpeza da areia e na coleta de amostras de água para serem analisadas e enviadas também para a Marinha do Brasil, que ajuda no caso.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 1
Isto é interessante!