Meio Ambiente Como os materiais magnéticos podem ajudar a remover o petróleo da água

20:10  06 dezembro  2019
20:10  06 dezembro  2019 Fonte:   hypeness.com.br

Cruzeiro: 5 jogadores que podem decidir contra o CSA no Brasileirão

  Cruzeiro: 5 jogadores que podem decidir contra o CSA no Brasileirão Raposa faz duelo direto contra os alagoanos nesta quinta-feira (28), às 21h30 (de Brasília), no Brasileirão A situação é bastante Cruzeiro: 5 jogadores que podem decidir contra o CSA no Brasileirão - Torcedores.com.

Compreenda a classificação dos materiais magnéticos e a definição de diamagnetismo, paramagnetismo Os materiais podem ser classificados em três tipos de acordo com o magnetismo: diamagnéticos Além disso, essas características permanecem mesmo após o ímã ser removido .

Isso pode ser mostrado através da imagem de um vetor, um ímã, que é representado pelo vetor B. As linhas de indução partem dos vetores de indução magnética e dirigem-se do polo norte para o polo sul. As linhas do campo magnético são tangentes, ou seja, elas não podem ser cortadas.

Pesquisadores da Univerisdade Federal de São Paulo (Unifesp) e da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) estão desenvolvendo um material magnético que possa auxiliar na remoção do petróleo da água. A solução seria de grande ajuda em casos de derramamento como o ocorrido no litoral brasileiro nos últimos meses.

Tratam-se de materiais híbridos compostos por magnetita e biomassa de levedura resultante de resíduos da fermentação na indústria de etanol. Essa junção dá origem aos chamados bionanocompósitos, que podem ser usados para remover petróleo cru e outros tipos de óleos da água.

Testes de laboratório apontaram que o método possui uma eficácia na remoção do petróleo e de óleo de motor novo em torno de 55% a 89% após dois minutos de contato com estas substâncias. Para a remoção de óleo de motor usado, a eficácia foi de 69%.

Deputados protocolam pedido de impeachment para Ricardo Salles

  Deputados protocolam pedido de impeachment para Ricardo Salles Deputados protocolam pedido de impeachment para Ricardo SallesOs deputados haviam pedido, formalmente, esclarecimentos aos  ministros do Meio Ambiente e da Defesa, em outubro, mas somente o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, respondeu aos questionamentos. As perguntas iam de medidas que foram tomadas para solucionar o problema e quais as estratégias para amenizar os impactos sobre a biodiversidade, até laudos técnicos e investigações sobre o material.

E vi que sim, a água pode ser classificada como diamagnética. Apesar disso, quis experimentar em casa qual seria a intensidade dessa força de O resultado foi este vídeo (longo, porém ilustrativo) de como diferentes materiais magnéticos se comportam na presença de um campo magnético externo.

Em situações de derramamento de petróleo , o produto se espalha rapidamente pelo mar, contaminando a água e ameaçando a vida de plantas e animais marinhos. Isso porque a poluição das águas pode causar graves problemas de saúde para a população, enquanto a morte de peixes

  Como os materiais magnéticos podem ajudar a remover o petróleo da água © Mari Dutra

O próximo passo será testar o material em situações reais. Para isso, será realizada uma prova no litoral do Ceará, quando será possível avaliar sua eficácia na remoção do óleo que afeta as praias do Nordeste.

Como são feitas de compostos encontrados na natureza, as partículas nanomagnéticas não oferecem mais riscos ao meio ambiente. Além disso, a expectativa dos pesquisadores é que o método de remoção seja usado após uma etapa inicial, em que óleo, água e detritos seriam coletados por skimmers, uma espécie de esteira especial que carrega estes materiais até o interior de uma embarcação. As informações são do Ciclo Vivo.

Veja o funcionamento no vídeo abaixo

Podem vir para o seu time? Veja como estão os contratos dos brasileiros que jogam no Japão .
Podem vir para o seu time? Veja como estão os contratos dos brasileiros que jogam no Japão

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 2
Isto é interessante!