Meio Ambiente Desmatamento na Amazônia avança mais de 200% em outubro

14:52  09 dezembro  2019
14:52  09 dezembro  2019 Fonte:   istoedinheiro.com.br

A 3 dias da Conferência do Clima, governo publica 2 decretos ambientais

  A 3 dias da Conferência do Clima, governo publica 2 decretos ambientais Redução dos gases do efeito estufa. Controle do desmatamento ilegal. COP-25 começa nesta 2ª feiraO decreto nº 10.144 reinstitui a REDD+, uma comissão nacional para reduzir a emissão de gases que causam o efeito estufa. O grupo havia sido extinto em abril deste ano por Bolsonaro.

  Desmatamento na Amazônia avança mais de 200% em outubro © Istock

  Desmatamento na Amazônia avança mais de 200% em outubro © Fornecido por IstoÉ Dinheiro O apetite das motosserras na floresta amazônica segue insaciável. Segundo dados do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), outubro foi mais um mês de avanço expressivo no número da área desmatada na Amazônia Legal, região composta por nove estados do País – Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. No período retratado, houve desmatamento de 583 km² na região, índice 212% superior em relação ao mesmo período de 2018, quando o sistema de alertas do instituto identificou 187 km² de floresta derrubada. O Pará concentra a maior taxa de desmatamento (59%) dentre os estados da região, com 342 km². É seguido por Mato Grosso (14%) e Rondônia (10%). Se levado em consideração a proporção de desmatamento e degradação por estado, no entanto, o quadro é um pouco diferente. Dessa forma, o Mato Grosso é quem lidera, com 74% de área proporcional degradada. Em outubro, a maioria do desmatamento (54%) ocorreu em áreas privadas ou sob diversos estágios de posse. O restante foi registrado em assentamentos (32%), unidades de conservação (7%) e terras indígenas (7%).

(Nota publicada na Edição 1150 da Revista Dinheiro)

Número de multas do Ibama em 2019 é o menor em 15 anos, aponta relatório .
Número de multas do Ibama em 2019 é o menor em 15 anos, aponta relatórioNo período, foram registradas 10.270 multas. O número é 25% menor se comparado ao mesmo período de 2018, quando foram aplicadas 13.776.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 4
Isto é interessante!