Meio Ambiente Nasa: Terra está ‘mais verde’ do que há 20 anos. Mas não há o que celebrar

20:45  13 dezembro  2019
20:45  13 dezembro  2019 Fonte:   hypeness.com.br

China quer construir usina solar no espaço para ter energia limpa e ilimitada

  China quer construir usina solar no espaço para ter energia limpa e ilimitada Pesquisadores chineses estudam uma maneira de levar uma usina de 200 toneladas ao espaço em local que aproveitaria a energia solar que não vem para a Terra; Wang Li, um dos responsáveis pelo estudo, espera que construção seja feita até 2035A estrutura de 200 toneladas seria “instalada” no espaço para aproveitar os raios do Sol que não chegam à Terra. Um sistema sem fio enviaria a energia captada pela gigantesca usina solar espacial por meio de micro-ondas ou lasers; assim, seria possível enviar energia para regiões remotas e até áreas afetadas por desastres.

  Nasa: Terra está ‘mais verde’ do que há 20 anos. Mas não há o que celebrar © Kauê Vieira

Segundo a Nasa, o planeta Terra se tornou mais verde na comparação com 20 anos atrás. Mas como isso seria possível, considerando todo o desmatamento na Amazônia – e em outras grandes florestas, como na Indonésia, Congo e Rússia – que temos testemunhado nos últimos anos?

A própria Nasa explica: segundo relatório, este aumento nas áreas foliares globais se deve basicamente aos dois países mais populosos do mundo: China e Índia. Mas se deve, também, à expansão de áreas agrícolas “verdes”. Os pesquisadores notaram que, durante essas duas décadas, essa área foliar aumentou o equivalente a toda cobertura da Amazônia.

Palmeiras: Mancha fará homenagem a Fernando Prass e convoca a torcida

  Palmeiras: Mancha fará homenagem a Fernando Prass e convoca a torcida Maior Torcida Organizada do Palmeiras organiza uma homenagem para o ídolo Fernando Prass nesta terça-feira Um dos grandes ídolos do Palmeiras: Mancha fará homenagem a Fernando Prass e convoca a torcida - Torcedores.com.

  Nasa: Terra está ‘mais verde’ do que há 20 anos. Mas não há o que celebrar © Kauê Vieira

A China contribui para este cenário por meio de programas implementados para conservar e expandir suas florestas – uma estratégia para reduzir os efeitos da erosão do solo, a poluição do ar e as mudanças climáticas. Já a parte indiana cabe ao efeito inverso: a expansão do verde se deve mais à ampliação agrícola do que ao aumento das florestas em si.

O que ambos os países têm em comum é o aumento na produção de legumes, grãos e frutas – entre 35% e 40% desde 2000.

Mas nem todo verde é positivo, de acordo com os cientistas da Nasa. As áreas agrícolas na Índia acabam contribuindo para uma versão que não passa muito da imagética sobre a saúde do planeta.

O país ainda corre risco de entrar em uma crise por falta d’água: o aumento na produção de alimentos depende da irrigação das águas subterrâneas. Se essa água acabar, a tendência pode mudar.

Número de mortes de líderes indígenas em 2019 é o maior em 11 anos

  Número de mortes de líderes indígenas em 2019 é o maior em 11 anos Número de mortes de líderes indígenas em 2019 é o maior em 11 anosSegundo o órgão, 7 pessoas já foram mortas durante o ano, contra duas no anterior. Os dados de 2019 são preliminares. O balanço final só será divulgado em abril de 2020.

  Nasa: Terra está ‘mais verde’ do que há 20 anos. Mas não há o que celebrar © Foto: Getty Images

No entanto, os autores do estudo publicado pela Nasa destacam que, em geral, são boas notícias para o planeta. Em comunicado reproduzido pela  BBC, Rama Nemani, pesquisador do projeto da agência espacial norte-americana, ressalta que “nos anos 70 e 80, na Índia e na China, a situação da perda de vegetação não era boa, e hoje as coisas melhoraram”.

Os cientistas, entretanto, alerta para o risco do aumento da produção em países com alta densidade populacional, caso da Índia, que precisa dar conta de uma grande demanda. Na região Amazônica atingida por incêndios e desmatamento, os danos são irreversíveis, dizem eles.

“As consequências para a sustentabilidade e a biodiversidade desses ecossistemas permanecem.

Brasil fica com título mundial de surfe pela 4ª vez em 6 anos .
Essa é a quarta conquista da "Brazilian Storm", nome dado à onda verde-amarela no esporte. SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ainda está em andamento a etapa de Pipeline, no Havaí, que decide a Liga Mundial de Surfe (WSL), mas já se sabe que o campeão será novamente brasileiro. A disputa agora está restrita a Italo Ferreira, 25, e Gabriel Medina, 25. O vencedor vai ampliar o domínio recente do Brasil na modalidade.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 6
Isto é interessante!