Meio Ambiente Brasil prepara nova expansão de energia eólica com turbinas no mar

14:20  21 fevereiro  2020
14:20  21 fevereiro  2020 Fonte:   revistaplaneta.com.br

Botafogo prepara anúncio do novo treinador

  Botafogo prepara anúncio do novo treinador Após a saída de Alberton Valentim, o Comitê Gestor do Fogão teve pressa para encontrar um novo comandante e, por isso, já espera anunciar a chegada do treinador até a tarde desta quarta-feira (12)O presidente botafoguense, Nelson Mufarrej, tem um acordo alinhado com Paulo Autuori e a cúpula do Fogão prepara o anúncio oficial para as próximas horas. O jornalista Gilmar Ferreira noticiou que o comandante revelou as pessoas mais próximas que faltavam pequenos detalhes para assinar com o clube carioca. Nos bastidores, a chegada do novo treinador já é dada como certa.

Embora a expansão do setor de energia eólica seja considerável nos últimos anos, os dados revelam que os valores ainda são incipientes para se dizer que há um processo de diversificação energética em curso no Brasil . Afinal, com a concretização de todos os projetos atualmente em curso, essa matriz

Particularmente a Energia Eólica é a fonte que mais se destaca e cresce no Brasil , uma energia limpa e inesgotável, tendo em mente que certas regiões do território nacional possuem mais ventos do que outras e expansão a meta da empresa é produzir até 2018, 200 unidades de turbinas por ano.

  Brasil prepara nova expansão de energia eólica com turbinas no mar © Fazenda eólica na costa da Dinamarca: o Brasil, em especial o litoral do Nordeste, deverá se acostum...

A energia eólica é um dos tópicos mais estudados no ecossistema de energia renovável. Nas últimas décadas, o foco foi em vários aspectos da modelagem e análise de turbinas eólicas em terra. Especialmente no Brasil, a energia eólica tem um enorme potencial que vem sendo pesquisado em estudos recentes.

Liderado pelo professor Alexandre Simos, do Departamento de Engenharia Naval e Oceânica da Escola Politécnica (Poli) da USP, e graças ao financiamento fornecido pelo Escritório de Pesquisa Naval Global (ONR Global), um grupo de pesquisadores está encontrando maneiras de aumentar a capacidade de geração de energia eólica do país, desempenhando um grande esforço para reduzir o peso estrutural em novos projetos de turbinas eólicas flutuantes offshore (conhecida também, em inglês, como Floating Offshore Wind Turbines – FOWTs).

Poluição custa US$ 8 bilhões por dia e mata 4 milhões de pessoas no ano

  Poluição custa US$ 8 bilhões por dia e mata 4 milhões de pessoas no ano Poluição custa US$ 8 bilhões por dia e mata 4 milhões de pessoas no anoO impacto econômico leva em consideração, principalmente, os custo com saúde. Esses componentes nocivos no ar são responsáveis por mais de 4 milhões de mortes em todo o mundo a cada ano. E a queima de gás, carvão e petróleo causa o triplo de mortes em relação aos acidentes de trânsito, segundo o site do jornal The Guardian.

Os produtores de energias eólicas dizem que 2019 foi o ano em que a Europa “realmente aderiu à produção de energia no mar ”. No ano passado foram postas a funcionar nas águas europeias mais 502 turbinas eólicas (offshore) e a potência instalada totalizou 3,6 Gigawatts (GW).

A Energia Eólica é uma das mais conhecidas entre as energias renováveis, e esse factor é responsável pelo rápido crescimento de que foi alvo O Brasil é o País que actualmente absorve toda a atenção dos fabricantes de Aerogeradores Europeus, e o anúncio de novos Parques Eólicos e

As FOWTs têm muitas oportunidades e obstáculos. Entre as vantagens, a disponibilidade de ventos constantes e uma velocidade adequada para o uso de turbinas em sua eficiência ideal. Entre as desvantagens estão os altos custos de instalação, as linhas de amarração e o grande comprimento de cabos necessários para a transmissão de energia. Nesse contexto, aliviar pesos estruturais no flutuador é certamente algo bem-vindo.

LEIA TAMBÉM: Energias eólica e solar alimentarão quase 50% da rede mundial até 2050

  • Energia do carvão já está mais cara do que solar e eólica nos EUA
Viabilidade comprovada

“Na década passada, vimos muito esforço no campo da engenharia offshore para conceber, projetar e validar esse novo tipo de sistema flutuante. Atualmente, após muitos projetos de demonstração, a viabilidade do conceito é comprovada e, como resultado, estamos testemunhando os primeiros parques eólicos comerciais flutuantes”, afirma o professor Simos.

Gás sintético pode custar o mesmo que combustíveis fósseis em 2022. Será mesmo?

  Gás sintético pode custar o mesmo que combustíveis fósseis em 2022. Será mesmo? Especialista em extração de combustível por meio do ar garante que novo método pode reutilizar o CO² presente na água para gerar um gás sintético capaz de abastecer veículos a um custo tão baixo quando de combustíveis fósseisEsse artigo mostra Rob McGinnis, um especialista em extração de combustíveis por meio do ar, falando sobre um tipo de criação de energia renovável que usa essa técnica, que recebeu a sigla "DAC", ou, captura direta de ar, e destaca como essa alternativa poderia se encaixar na infraestrutura de combustível já existente.

Nova geração de turbina eólica produzida na Alemanha. A Alemanha está entrando numa nova era da energia eólica . A troca das velhas máquinas por novas começa a gerar um mercado de turbinas usadas. Muitas das turbinas desativadas nesse processo de "reequipamento" só têm dez

“Enquanto o Brasil explora menos de 1% de sua energia eólica , países como Alemanha, Espanha e Noruega utilizam por volta de 10%”, disse Martins, lembrando que a conversão da energia cinética dos ventos em energia mecânica é utilizada há mais de três mil anos. Em 2006, o Brasil contava com

Além disso, o projeto de FOWTs é uma tarefa complicada que deve considerar variáveis como respostas a ondas, cargas de correnteza e vento, estabilidade estática, dinâmica e comportamento estrutural das linhas de ancoragem. Portanto, vários projetos de pesquisa foram realizados por diferentes grupos, com o objetivo de desenvolver códigos numéricos e estabelecer as bases para a avaliação comparativa experimental de FOWTs.

Enquanto as turbinas eólicas offshore flutuantes fornecerão uma fonte alternativa de energia para a base marítima da frota, Paul Sundaram, diretor científico da ONR Global em São Paulo, observa que “o objetivo era entender, através da modelagem, como projetar e gerenciar estruturas complexas no ambiente dinâmico do oceano. Isso é muito importante para a Marinha dos Estados Unidos, a fim de criar e construir sistemas resilientes desenvolvidos em alto-mar”.

PSG prepara oferta irrecusável para Mbappé antes da Euro: quase R$ 20 milhões por mês

  PSG prepara oferta irrecusável para Mbappé antes da Euro: quase R$ 20 milhões por mês Paris planeja renovar com atacante antes da Eurocopa com proposta para equipará-lo a CR7 e Messi; enquanto isso não acontece Real segue de olhoE para que isso aconteça, o Paris prepara uma oferta irrecusável para renovar o contrato de sua jovem estrela, conforme informações do As, da Espanha. Ainda segundo o jornal, a ideia do clube seria equiparar o salário de Mbappé com o de Messi e Cristiano Ronaldo, oferecendo cerca de 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 240 milhões) líquidos por temporada.

Acidentes e Incêndios em Turbinas Eólicas - Energia Eólica More videos: www.portal- energia .com.

NBR NOTÍCIAS - 13.08.14: O Brasil vem apostando na expansão da energia eólica , que tem vantagens por ser renovável e limpa. Além disso, o custo dessa

O papel do Brasil

A tecnologia desempenhará um papel importante na futura expansão da energia eólica no Brasil. Tal crescimento está projetado para ocorrer em breve. A regulamentação para a instalação de parques eólicos offshore já está sendo discutida no Congresso brasileiro, e o setor está se preparando para novos desenvolvimentos, que de fato tem um enorme potencial, especialmente na costa nordeste do país.

“Nos últimos anos, o Brasil expandiu muito rapidamente sua capacidade de geração de energia eólica, hoje superior a 13 GW, cerca de 8% da capacidade total do país. Esses números fazem da energia eólica a segunda fonte de energia elétrica da rede brasileira. Toda essa produção é feita em terra, em muitos parques eólicos espalhados por todo o país, mas principalmente concentrada no Nordeste, onde o potencial eólico é excelente”, destaca o professor Simos.

A Poli também possui um grupo de pesquisa que trabalha em sistemas offshore para a exploração e produção de petróleo e gás, que é uma atividade econômica muito importante no Brasil. Sendo assim, a ideia inicial dos pesquisadores foi se beneficiar da experiência em sistemas flutuantes de petróleo e gás para adaptar e desenvolver novas ferramentas computacionais destinadas à análise de FOWTs. Essas ferramentas são utilizadas para prever a resposta das estruturas em ondas e vento e para estimar as tensões nas linhas de amarração, cargas estruturais e vibrações.

Governo indica pela 1ª vez no Plano Decenal de Energia possíveis novas usinas nucleares no Brasil

  Governo indica pela 1ª vez no Plano Decenal de Energia possíveis novas usinas nucleares no Brasil De acordo com o PDE 2029, a energia nuclear é 'uma opção natural' para garantir a expansão da geração das energias renováveis no Brasil . No total, a expansão da geração térmica prevista no estudo é da ordem de 21 mil megawatts (MW), que serão distribuídos entre as fontes de gás natural nacional e importado; carvão mineral e urânio. O Brasil tem a sexta maior reserva de urânio do mundo e pretende aumentar essa marca nos próximos anos, com a volta da prospecção do mineral no País.

Aplicabilidade futura

Também é importante mencionar que, além do objetivo principal de gerar energia limpa para a rede elétrica, outras aplicações para FOWTs estão sendo projetadas. Por exemplo, existem projetos em andamento para usá-las como energia auxiliar para equipamentos submarinos nos campos de petróleo e gás. Isso levará a tecnologia a águas profundas e, portanto, novos desafios poderão ser enfrentados.

“Ainda estamos desenvolvendo parte dos modelos hidrodinâmicos para prever as forças das ondas nos flutuadores. Efeitos não lineares envolvidos nas derivas do flutuador e que podem ser importantes para o projeto das amarras, são difíceis de prever com precisão para esse tipo de estrutura. Estamos testando diferentes alternativas e realizando testes em nosso tanque de ondas para verificar o desempenho dos modelos numéricos”, diz o professor Simos.

Como as FOWTs são dispositivos relativamente novos, ainda existe espaço para otimização do design. Por exemplo, novos conceitos de cascos flutuantes com o objetivo de reduzir os movimentos da turbina ainda estão sendo projetados e propostos. Além disso, para tornar economicamente viável o uso de FOWTs em águas profundas (maiores que 1.000 metros), o projeto de sistemas de ancoragem otimizados, feitos de materiais leves, também será um desafio.

“Tais estruturas serão estratégicas para o transporte marítimo como fonte de energia renovável. As FOWTs geralmente estão em águas mais profundas, onde as velocidades do vento são mais altas e os ventos são mais constantes. Pequenos aumentos na velocidade do vento podem levar a uma produção de energia muito maior”, observa Sundaram.

* Assessoria de Comunicação da Poli/Office of Naval Research Global

Em reunião, jogadores do Vasco cobram a diretoria por atraso salarial .
Durante o treino desta sexta-feira, atletas conversaram com André Mazzuco, diretor executivo de futebol do clube, e revelaram a possibilidade de pararem de dar entrevistasO estopim para a reclamção dos jogadores se deu pelo fato de que, na última quinta-feira, apenas a primeira parcela do 13º salário referente a 2019 foi paga, enquanto a expectativa era de que ele seria pago integralmente. Além da segunda metade do 13º, os Vasco ainda deve os salários de dezembro, janeiro, férias e direitos de imagem - este último apenas para alguns atletas do elenco cruz-maltino.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 6
Isto é interessante!