Mulheres Uma mulher latina, estudante de enfermagem, inventou o álcool gel

20:47  25 março  2020
20:47  25 março  2020 Fonte:   hypeness.com.br

Vídeo: Falcão mostra habilidade em desafio com frasco de álcool em gel

  Vídeo: Falcão mostra habilidade em desafio com frasco de álcool em gel Ex-jogador desafiou os brasileiros Vinícius Jr. e Rodrygo, do Real Madrid .

  Uma mulher latina, estudante de enfermagem, inventou o álcool gel © Kauê Vieira

Os mesmos motivos que o levaram a ser inventado fazem atualmente, durante a pandemia de coronavírus, do álcool gel um dos produtos mais procurados em todo o planeta: a mobilidade e a facilidade de desinfetar as mãos. Vale lembrar que o bom e velho sabão, lavando intensamente as mãos por ao menos 20 segundos, é mais eficaz para impedir a disseminação do vírus do que o álcool gel, mas para quem precisa sair de casa, trata-se de uma solução eficaz e importante quando se está sem acesso a uma pia. Poucos sabem, porém, que a invenção do álcool gel foi feita por uma mulher e de origem latina: a enfermeira Lupe Hernandez, então estudante de enfermagem em Bakersfield, nos EUA, em 1966.

Se vira nos 30? Bruno Henrique faz embaixadas enquanto passa álcool em gel: 'Vamos nos previnir'

  Se vira nos 30? Bruno Henrique faz embaixadas enquanto passa álcool em gel: 'Vamos nos previnir' Atacante do Flamengo repassa medidas de combate à transmissão do coronavírus . Na imagem, o jogador do rubro-negro controla a bola com embaixadinhas enquanto higieniza as mãos com álcool em gel. — Vamos todos nos prevenir e seguir as recomendações das autoridades da Saúde. Lave bem as mãos, passe o álcool em gel e se possível fique em casa. Vamos fazer nossa parte! — diz a publicação de Bruno Henrique no Twitter.Vamos todos nos prevenir e seguir as recomendações das autoridades da Saúde. Lave bem as mãos, passe o álcool em gel e se possível fique em casa. Vamos fazer nossa parte!Codiv-19 pic.twitter.

Acompanhe nossa cobertura sobre o coronavírus.
Últimas notícias, perguntas e respostas e como se cuidar.


  Uma mulher latina, estudante de enfermagem, inventou o álcool gel © Kauê Vieira

A enfermeira Lupe Hernandez

A preocupação de Hernandez era justamente sobre a disponibilidade de água e sabão para os profissionais de saúde, para todo o processo, antes e depois, de seus contatos com pacientes. Foi diante desse quadro que ela concluiu que uma versão em gel do álcool, que fosse portátil e eficaz, poderia ser uma solução para tal dilema – e que ainda poderia se tornar um sucesso comercial, como se tornou. O álcool mata germes e bactérias e evapora, facilitando a vida de quem os usa, em especial dos profissionais de saúde.

  Uma mulher latina, estudante de enfermagem, inventou o álcool gel © Kauê Vieira

Os efeitos do coronavírus nas prateleiras de álcool gel nos EUA (acima) e no Camboja (abaixo)

Prisões relacionadas ao coronavírus chegam a 32 no Estado de São Paulo

  Prisões relacionadas ao coronavírus chegam a 32 no Estado de São Paulo Prisões relacionadas ao coronavírus chegam a 32 no Estado de São Paulo

  Uma mulher latina, estudante de enfermagem, inventou o álcool gel © Kauê Vieira

Era impossível, 54 anos atrás, que Hernandez pudesse prever o próprio coronavírus, mas é evidente que ela previu a utilidade de sua invenção: em 2015 o mercado de álcool gel valia 250 milhões de dólares somente nos EUA – e hoje o valor deve ter bem mais do que dobrado. Curiosamente, pouco se sabe hoje sobre Lupe Hernandez, se ela lucrou em proporção ao sucesso de sua invenção, ou mesmo se ela continua viva – mas o fato é que sua invenção pode ajudar a manter muita gente com vida atualmente.

 

________________________________

Roberto Carlos cita atrito com Galvão na Copa de 2006: 'Inventou história' .
Ex-jogador recorda rusga com narrador da 'Globo' após derrota do Brasil por 1 a 0 para a França, nas quartas de final do Mundial da Alemanha: 'Mentiraiada danada' Na ocasião, o Galvão criticou o lateral-esquerdo por estar arrumando o meião no lance que culminou no gol de Thienry Henry e na eliminação brasileira. Questionado se fica chateado ao relembrar o episódio, Roberto Carlos não foi direto ao ponto, mas acabou por alfinetar o narrador.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!