Mundo Menos de 100 mortes por COVID-19 no estado de Nova York em 24 horas

22:13  23 maio  2020
22:13  23 maio  2020 Fonte:   msn.com

França registra 351 mortos por coronavírus em 24 horas

  França registra 351 mortos por coronavírus em 24 horas A França registrou 351 mortes nas últimas 24 horas devido à pandemia de coronavírus, um aumento de mortes não registrada anteriormente, embora o número de pacientes em terapia intensiva continue diminuindo, de acordo com o balanço oficial desta quinta-feira. A COVID-19 causou pelo menos 27.425 mortes desde 1º de março, mas a pressão sobre os serviços de terapia intensiva continua a cair, com 2.299 casos e um saldo negativo de 129 pacientes em relação à quarta-feira, informou a Direção Geral de Saúde. O número de mortes registradas em casas de repouso ultrapassou o limite de 10.000, para 10.201, o que representa um aumento de 228 óbitos.

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, em foto de 27 de março de 2020 © Bryan R. Smith O governador de Nova York, Andrew Cuomo, em foto de 27 de março de 2020

O número de mortes por COVID-19 no estado de Nova York caiu para 84 nas últimas 24 horas, o número mais baixo desde 24 de março, anunciou neste sábado o governador Andrew Cuomo.

"São boas notícias", disse Cuomo durante sua entrevista coletiva diária.

Tanto o número de hospitalizações quanto as infecções e o número de pessoas nas unidades de tratamento intensivo continuam a diminuir, afirmou o governador.

"Eu sempre disse a mim mesmo que tinha que ficar abaixo de 100. Isso mostra que estamos progredindo", disse.

Na primeira quinzena de abril, quando o pico da pandemia foi atingido neste estado, o mais afetado no país, as autoridades registraram mais de mil mortes por dia.

Entre trocas de ministros, número de mortes por covid-19 avança 666% no país

  Entre trocas de ministros, número de mortes por covid-19 avança 666% no país Em 29 dias com Nelson Teich, foram mais 12.884 óbitos de infectados com o novo coronavírusNo dia em que Nelson Teich foi exonerado, menos de um mês após tomar posse, o Ministério da Saúde informou que foram registradas 824 mortes e 15.305 novos casos por covid-19 em 24 horas. É um novo recorde diário de ocorrências, superando os 13.944 casos relatados anteontem. No período de 29 dias da gestão Teich, foram mais 12.884 óbitos pelo coronavírus, um avanço de 666%.

Uma parte do estado em que o vírus mostra um nível mais baixo de atividade começou a sair do confinamento, mas as restrições permanecem em vigor na cidade de Nova York.

As praias da metrópole continuarão fechadas neste fim de semana prolongado, para o feriado do Memorial Day na segunda-feira, uma data que tradicionalmente marca o início da temporada de verão nos Estados Unidos.

Em outras áreas deste e de outros estados costeiros, as praias serão abertas, geralmente com cartazes indicando a obrigatoriedade da distância física.

Na noite de sexta-feira, após uma ação judicial, Cuomo autorizou as reuniões de até dez pessoas.

ico/iba/dg/gm/lca

Cidade de Nova York a caminho de gradual reabertura na semana de 8 de junho .
Nova York, a cidade mais atingida pela COVID-19 nos Estados Unidos, está "no caminho certo" para reabrir na semana que começa em 8 de junho, disse o governador Andrew Cuomo nesta sexta-feira. A cidade de Nova York é a última das dez regiões desse estado a começar a reabrir, e algumas devem entrar na segunda fase neste fim de semana. O Estado de Nova York concentra quase um terço das 102.000 mortes da covid-19 registradas nos Estados Unidos, com cerca de 30.000 óbitos.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!