Mundo: Brasileira eleita na Espanha: “Denunciarei as atrocidades de Bolsonaro” - PressFrom - Brasil

MundoBrasileira eleita na Espanha: “Denunciarei as atrocidades de Bolsonaro”

13:50  25 maio  2019
13:50  25 maio  2019 Fonte:   exame.abril.com.br

Bolsonaro erra e esquece Deus de seu slogan favorito

Bolsonaro erra e esquece Deus de seu slogan favorito Ao receber o prêmio “Personalidade do Ano” em Dallas, no Texas (EUA), nesta quinta-feira, 16, o presidente Jair Bolsonaro adaptou o seu slogan, incluiu os Estados Unidos, mas esqueceu Deus. “Brasil e Estados Unidos acima de tudo. Brasil acima de todos”, afirmou, ao final de seu discurso. O bordão original, que Bolsonaro utilizou na campanha eleitoral e que passou a usar também no seu governo, é “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”. Bolsonaro foi homenageado pela Câmara de Comércio Brasileira-Americana.

Brasileira eleita na Espanha: “Denunciarei as atrocidades de Bolsonaro” © Twitter/Reprodução A brasileira Maria Dantas: eleita ao Parlamento da Espanha diz que atuará contra a ascensão da extrema-direita

Maria Dantas, de 50 anos, é uma brasileira que há 25 anos mora em Barcelona, na Espanha. Natural de Aracaju, a advogada e militante, que trabalha no setor financeiro, foi eleita em abril deputada pelo partido Esquerda Republicana da Catalunha (ERC).

Em entrevista exclusiva a EXAME, em Barcelona, Maria Dantas conta os motivos que a levaram ao Congresso após anos de luta em movimentos sociais como Unidade Contra o Fascismo e o Racismo, Stop Mare Mortum e a plataforma Brasileiras contra o Fascismo de Barcelona.

Bolsonaro muda versão sobre Moro no STF: ‘Não teve nenhum acordo, nada’

Bolsonaro muda versão sobre Moro no STF: ‘Não teve nenhum acordo, nada’ Bolsonaro muda versão sobre Moro no STF: ‘Não teve nenhum acordo, nada’

Como a senhora pretende atuar como deputada na Espanha?

Maria Dantas: A Catalunha passa por um processo de repressão e maior violência policial do que antes. São fatos que me fazem ver um horrível paralelismo com a realidade brasileira. Pessoas da extrema direita e outras declaradamente neonazistas passaram a ganhar força com um discurso que dá medo, que é retrógrado e contra a direitos humanos básicos, como a lei do feminicídio.  Minha intenção é, justamente, ir contra esses retrocessos.

Sou a favor da eliminação do centro de internamento de estrangeiros e pretendo buscar vias legais para que as pessoas possam aqui chegar de modo seguro. É importante frisar que está meio caminho feito a partir de programas já montados nos anos de luta em movimentos sociais.

Polícia da Espanha desarticula rede de exploração sexual de brasileiras

Polícia da Espanha desarticula rede de exploração sexual de brasileiras Polícia da Espanha desarticula rede de exploração sexual de brasileiras em terras europeias. Em 2017, a polícia desarticulou uma rede comandada por brasileiros que explorava sexualmente jovens na Espanha e na Itália. Eles prenderam cinco pessoas, libertaram três vítimas e resgataram outras quatro mulheres ainda antes de elas serem obrigadas a se prostituir.

A senhora disse que pretende influenciar o atual momento político do Brasil. Como isso será possível?

Maria Dantas: Primeiro, há milhares de brasileiros indocumentados na Espanha. É preciso medidas administrativas para que esses brasileiros deixem de serem considerados ilegais. Em outro sentido, sou um alto falante que denunciará atrocidades do governo Jair Bolsonaro. Tenho eventos, conferências e participações políticas já programadas dentro e fora da Espanha nas quais irei expor qualquer atrocidade que houver contra os direitos humanos. Levamos muitos anos para conseguir direitos básicos e em cem dias esse governo já destruiu tanto as conquistas das pautas identitárias que de boca cheia direi quem ele é e o combaterei como puder.

Os movimentos sociais, no Brasil e na Espanha, estão mais ativos contra a extrema-direita?

Maria Dantas: Sim, a Espanha está passando por uma época sobretudo do movimento de pessoas racializadas, pois há um esforço para mudar as leis ligadas a nacionalidade. No Esquerda Republicana, por exemplo, tivemos um crescimento de migrantes e racionalizados nas listas de políticos. Percebo o crescimento dos movimentos, especialmente periféricos, também no Brasil. A juventude vem com força para tomar seus espaços e conquistar direitos.

Atos pró-Bolsonaro serão realizados em pelo menos 12 cidades do exterior

Atos pró-Bolsonaro serão realizados em pelo menos 12 cidades do exterior Maior parte dos protestos nos EUA. Presidente apoia as manifestações

O que te motivou a morar em Barcelona, na Espanha?

Maria Dantas: Há quase 25 anos, quando me mudei para Barcelona, estava formada em direito pela Universidade Federal de Sergipe — instituição muito mal falada pelo atual governo brasileiro — tinha emprego na delegacia local, mas fatores pessoais e econômicos, como a crise pré-plano real, dificultavam a vida. Era mais caro ir a São Paulo estudar do que a Barcelona. Vendi um carro simples que tinha e  encarei a vida de trabalhos informais junto a minha filha nascida no Brasil. Por aqui, tive mais dois filhos e enfrentei situações legais nos primeiros anos, que são, inclusive, parte da minha motivação nos movimentos sociais.

Qual tipo de situação?

Maria Dantas: A empresa de informática na qual eu trabalhava havia pedido ao governo a legalização da minha residência e do contrário eu poderia ter que deixar a Espanha, mas houve um embate. Uma decisão judicial não me permitia sair do país sem a autorização do pai dos meus filhos mais novos, enquanto que o poder legislativo ainda não aprovara minha permanência aqui.

‘Bolsonaro não é o que queríamos, mas foi o que Deus nos deu’

‘Bolsonaro não é o que queríamos, mas foi o que Deus nos deu’ A manifestação pró-Bolsonaro realizada neste domingo (26) em São Paulo teve até uma missa em frente ao Masp.

Na época, por ser um caso extraordinário, a imprensa local muito me ajudou até que, ao vivo, consegui agendar um horário com o governador civil. Durante aquela semana me tornei “A” imigrante da Catalunha por uma sequência de erros do poder.

E foi nesse momento que a senhora entrou na militância de movimentos sociais?

Maria Dantas: Na verdade começou na Associação de Pais e Alunos para promover melhorias educacionais e mais inclusão entre os diferentes imigrantes da região. Mas passei os últimos vinte anos em diferentes movimentos sociais e me tornei um rosto público. Sou anti racismo, islamofobia, LGBTfobia, fascismo, etc. O vínculo a um partido, porém, é muito mais recente.

Qual a diferença de atuar no movimento social e em um partido?

Maria Dantas: Há oito anos me tornei amiga de um partido no qual me mantive por três anos. É a possibilidade que tive de auxiliar a criação de programas políticos, mas sem me filiar de fato. Nos últimos cinco anos, porém, preferi me dedicar 100% aos movimentos sociais.

De início, acreditava que nos movimentos sociais haviam maior diversidade de pensamentos e mais clareza entre os interesses e pautas discutidas.  Foi só no fim do ano passado que fui convencida a participar do partido Esquerda Republicana da Catalunha.

E a sua candidatura teve influência de figuras brasileiras como Marielle Franco?

Manifestações pró-Bolsonaro ocorrem pelo país neste domingo

Manifestações pró-Bolsonaro ocorrem pelo país neste domingo Grupos pró-Bolsonaro defendem propostas como as reformas ministerial e da Previdência e pacote anticrime

Maria Dantas: No fim do ano passado eu tinha acabado de recusar um convite de candidatura, mas me pediram para que eu considerasse e entendesse que eu mesma reclamo da falta de representatividade de mulheres, imigrantes e outros tantos no congresso, mas que eu poderia ajudar a mudar esse cenário.

Muito pensei, pedi a opinião de amigos e me inspirei em um vídeo no qual Marielle dizia algo como: sempre fui ativista e quando me chamaram para a política disse que não ia, mas tem que ter mulher, sapatão, pretos e mais nas instituições. Foi assim que percebi que posso contribuir mais próxima das legislações a garantir e conquistar direitos.

_________________

Vídeo: Bolsonaro revisa decreto e proíbe porte de fuzil a civis (AFP)

Caetano processa guru de Bolsonaro, que é notificado nos EUA.
Caetano processa guru de Bolsonaro, que é notificado nos EUA

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!